sexta-feira, janeiro 28, 2011

CRÔNICA CRÔNICA

Gosto das coisas de caráter visivelmente evolutivo. Gostaria de transformar tudo que vejo, leio, ouço, aprendo, penso, em uma obra única – talvez seja justamente eu esta obra única; afinal, cada pessoa trás em si o resultado das próprias experiências vividas. Ou não é? Diria mais. Diria que cada pessoa é resultante de suas experiências. Sendo assim, cada pessoa é única. E isso não é novidade alguma. Então, onde quero chegar com essa prosa? Eu direi:
É que hoje sinto estar muito próximo de encontrar a fórmula para o texto que melhor me satisfará em tê-lo feito. Será o “meu” modelo de texto ideal para um blog. Penso que a crônica seja o molde perfeito para a prosa escrita em tempo real. Ela abrange todas às outras formas de texto. Aceita tudo, contanto que não infrinja os limites do contexto.
Por exemplo: se você escreve hoje uma crônica que fale sobre pássaros, amanhã você pode perfeitamente escrever uma que fale sobre futebol. Você não possui obrigação alguma de continuar em um mesmo assunto por mais de um texto. Sem falar que você pode perfeitamente misturar os dois assuntos em um mesmo contexto. Afinal, são tantos os jogadores com apelido de pássaro e os pássaros mascotes dos clubes.
“Felizes são os cronistas que voam com a escrita feito pássaros e jogam futebol para relaxar após escrever!”

Crônica que te quero Crônica!
Segundo o Aurélio, crônica seria uma narração histórica, por ordem cronológica. Ou um pequeno conto de enredo indeterminado. Podendo ser também um texto jornalístico redigido de forma livre e pessoal. Ou simplesmente uma seção de revista ou de jornal. E por último, porém não menos importante, pode ser um conjunto de notícias sobre alguém ou algum assunto.
Não é tudo de bom! este modelo de texto? Pois bem, não abandonarei os contos que me servem como território para emendar verdades com inverdades e arquitetar o mundo conforme me venha à cabeça. Não abandonarei os poemas que me servem para dizer tudo que não consigo dizer formalmente. Mas hoje, assumo que, a crônica é minha formula ideal para o blog.

Obrigado por sua atenção! Continuarei este papo, se assim quiser, nos comentários desta postagem. Abraço!

44 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Pedro você quer me levar? eu vou! Pare aqui em frente pra tu saber bem direitinho se eu num vou!
Agora eu não sei de nada! Não entendo esses sinais, pra quer celular, porque não liga pro celular. Pedro será que você duvida de mim? Eu vou te dar tanto beijo! Tanto abraço! Vou te apertar tanto! Eu te amo meu filho! Meu namorado! Meu charmoso! Eu sinto tua presença toda hora!

28 de janeiro de 2011 17:59  
Anonymous Anônimo disse...

Chega mamãe dar beijo! Vamos? Beijo na boca! Vamos! Sinta meu amor! Sinta!Sinta eu tambem! Sinto! Sinta! Vamos! Beijo no rosto! sinta! Sinta! Eu sinto com você! Vamos? Beijo nos olhos! Sinta! Sinta! Sinta meu amor! sinta! Sinta! Sentiu? Beijo no nariz aceso! sinta! sinta! sinta meu amor! Sentiu? Te amo!!!

28 de janeiro de 2011 18:08  
OpenID dizcorra disse...

Concordo.

Cresci lendo aquela coleção do "Para Gostar de Ler " e o livro "100 Crônicas" de Mario Prata.

Melhor leitura que fiz na infância.

Gosto da ideia.
Crônica é uma delícia escrever.

28 de janeiro de 2011 22:32  
Blogger Khmer guy disse...

hi ! friend could we exchange link together?,hope it will be good if we can do here is mine:

http://cambodiantoday.blogspot.com/
thank for your kindness

29 de janeiro de 2011 01:39  
Blogger Mirze Souza disse...

Jeftcardoso!

Pessoalmente aprecio tanto a crônica como a poesia. A crônica dá margens à muitos textos que a poesia suprime. Acredito, no entanto que devam ser relativamente curtas, como esta que você fez. Nesse corre-corre, nem todos conseguem assimilar grandes crônicas.

Valeu a idéia!

Abração!

Mirze

29 de janeiro de 2011 04:33  
Blogger * verinha * disse...

É como sempre disse e volto a dizer.. entrar aqui em seu cantinho é como viajar em uma bela leitura.. tem o dom de nos entreter e deixar sempre ao final um gostinho de "quero mais" [:)]

Uma super beijoquinha em seu coração!!!
*verinha*

29 de janeiro de 2011 05:05  
Blogger Josy Antunes disse...

Lindas crônicas!Estava visitando outro blog e ví o seu,resolvi dar uma olhadinha.Amei! adoro ler,Parabéns pelo blog vou segui-lo.Abraço.

29 de janeiro de 2011 16:42  
Blogger Solange disse...

e eu não abandonarei vc!

afinal, com esta crônica, vc me inspira a escrever um conto..
já tentei, algumas vezes, mas desisti no meio do caminho..
tinha uma pedra..rsrs

bjs.Sol

30 de janeiro de 2011 02:45  
Blogger Nise Crizol disse...

oláa, vim agradecer a visita em meu blog e dizer que já estou seguindo o seu. As fotos que postareido spfw não foram tiradas por mim, até por que, por mais que seja o meu sonho ir na spfw, os ingressos para assistir aos desfiles são apenas para a imprensa e para convidados. Mas um dia ainda estarei lá, hahah!
Um abraço ...

30 de janeiro de 2011 04:44  
Blogger Fernanda Zamboni disse...

Realmente encontrar o seu modelo de texto que lhe agrade não é uma tarefa fácil, muito menos encontrar um texto que agrade os leitores do blog. Concordo com você, crônica é um estilo maravilhoso, é uma maneira muito bela de expressar o que se pensa com palavras. Apesar de ser nova no meio do blog, creio que caminharei para esse estilo também.

30 de janeiro de 2011 08:11  
Blogger Diego Ruas disse...

Hey Brother... valeu pela visita no meu blog Subir Quadrado!

Só vi seu comentário esses dias, mas mesmo bem atrasado também desejo que 2011 seja um ano especial pra ti.

Curti seu Blog, vou passar aqui mais vezes..

Um abraçãoo

30 de janeiro de 2011 18:56  
Blogger Deca Ferraz disse...

Obrigada pela sua visita,concordo com você as coisas devem realmente ter um caráter evolutivo, a vida é dinâmica e muito rápida, muitas vezes, mesmo se quiséssemos não poderíamos ficar muito tempo no mesmo assunto, absorvemos tudo que vemos, ouvimos, sentimos e vivenciamos, isto é crescer e aprender, compartilhar este conhecimento é viver intensamente.

31 de janeiro de 2011 10:46  
Blogger Juliana Gonçalves dos Santos disse...

Olá, muito obrigada, muito sucesso ao seu blog também, nossa fiquei admirada quantos seguidores você tem, sinal do quanto seu talento é admirado, parabéns !...
Abraço: Jú.

31 de janeiro de 2011 21:08  
Blogger Nana Piacente disse...

Muito bom o texto, parabéns!! Sucesso para o blog tbm!! :)

1 de fevereiro de 2011 04:42  
Blogger Menos é Mais disse...

Muito legal!:)

Virei sempre por aqui, a partir de agora. Bons conteúdos devem sempre ser visitados!

Abraços,

Jackie

1 de fevereiro de 2011 07:02  
Blogger JA1 disse...

Apesar de não contar novidade nenhuma você despertou um pensar interessante sobre essa forma tão bonita e livre que é a crônica. Gostei do texto, voltarei mais vezes, parabéns.

1 de fevereiro de 2011 07:12  
Blogger De Tudo de Helena disse...

Obrigada pela visitinha, Jefh, adorei seu blog, voltarei mais vezes para comentar os textos especificamente falando..hehehe..Beijos..:*

1 de fevereiro de 2011 16:22  
Blogger Grasiela Welter disse...

Queria eu escrever bem como você. Muito legal.

1 de fevereiro de 2011 16:28  
Blogger Mi reabilite disse...

Jef,
Fico feliz q vc tenha encontrado seu gênero de escrita perfeito. Lendo esse post, percebi q vc escreve com mta coerência, gostei do modo como abordou o tema achei bastante original. Lembrando que que ainda dentro de cada gênero cada um possui um estilo próprio de comunicação escrita, e pelo q eu li seu estilo é rebuscado, porém sem ser careta. O que torna o blog bem interessante, mas é só um palpite ainda não passeie mto por aki rsrsrs.

Bjoss
Mi

1 de fevereiro de 2011 17:11  
Blogger Pingos do ser disse...

Sua crónica é envolvente, e tem o resultado pedagógico de contagiar outros. Vai nessa!

1 de fevereiro de 2011 17:30  
Blogger Paulinha disse...

Adorei... irei vltar mais vezes para ler mais.

2 de fevereiro de 2011 03:12  
Blogger Anna Flávia Schmitt Wyse Baranski disse...

Não existe uma fórmula ideal para um blog. O ideal mesmo: é que sejas sempre você. Obrigada por postar no meu blog. Conto que você se alie a causa e graça de ser também Dono do Senado Federal.

http://adonadosenadofederal.blogspot.com

2 de fevereiro de 2011 04:22  
Blogger José Vasconcelos Paiva disse...

Jefh Cardoso, agradeço muito a felicidade de poder desfrutar de suas obras literárias. Há uma perfeição em tudo que escreves. Comentar é pouco, achei melhor me tornar seu seguidor e continuar desfrutando deste vinho de palavras e idéias. Um abraço.

2 de fevereiro de 2011 05:27  
Blogger Mari Rossi disse...

Boa Tarde, Jefferson, tudo bem?!?!?

Obrigada pela postagem... Claro que não incomoda!!!! Como assim ninguém possui tempo para desperdiçar?!?!? Vamos mudar isso?!?!?! Então... Sou novata nesta história de blog...Gostaria de ajuda, será que pode me ajudar?!?!?!? E vamos combinar que irei ler seus posts sempre que me conectar a internet......
Bjooooo

Se Cuidaaaa

2 de fevereiro de 2011 06:19  
Blogger Deusa disse...

Olaaaaa
Um brinde à liberdade da escrita !!
tim tim

2 de fevereiro de 2011 07:11  
Blogger Jefhcardoso disse...

Anônimo que enviou um comentário para o Pedro da Pedra, pare Pedro, Pedro pare. Não sou de confusão nem de armação. Admirei esta singular construção. Parabéns Anônimo! Parabéns Pedrão!

Dizcorra, legal! Maria Prata é show! Lembrei-me também dos tempos de ginásio. Valeu demais. Abração! Obrigado!

Khmer Guy, hugs!

Mirze, a idéia foi essa. Você curtiu então? Que bom! Continuemos tentando em nossas buscas. Abraço e muito obrigado por seu apoio constante!

Verinha, eu estou tentando. Que bom que gostou. Muito obrigado! Grande abraço!

Josy Antunes, que bons são os ventos que lhe trouxeram, linda! Obrigado pelo carinho! Grande abraço!

Solange, pois não chute essa pedra. Ela pode ser o fundamento de uma enorme construção. Escrever é tropeçar, enroscar-se nas palavras, e, no final, dizer o que não havia meio de dizer. Não é? Abraço!

Nise Crizol, legal! Obrigado pela atenção e pelo esclarecimento. Grande abraço!

Fernanda Zamboni, você é uma simpatia. Espero que seu caminho pelas crônicas seja de muita felicidade e satisfação. Carpe Diem!

Diego Ruas, venha sim, amigo. A sua presença será sempre muito festejada. Grande abraço e obrigado!

Deca Ferraz, concordo muito com você também. Obrigado por sua atenção! Grande abraço!

Juliana Gonçalves, a verdade é que muita gente é generosa e simpática para comigo. Obrigado por sua atenção. Grande abraço!

Nana Piacente, obrigado por sua atenção! Grande abraço!

Jackie, obrigado por sua generosa atenção. Você foi muito gentil. Conto contigo. Abraço!

JA1, obrigado! Grande abraço!

DeTudoDeHelena, obrigado por sua atenção e aguardo seu retorno. Abraço!

Grasiela Welter, você é muito gentil. O seu comentário muito me honra. Muito obrigado e um grande abraço!

Mi reabilite, nossa! Então passeia. Por favor. Pois quero que comente mais. Pode ser? [sorrio]. Obrigado! Abraço!

PingosdoSer, obrigado pela força! Grande abraço!

Paulinha, que bom que gostou! Conto com você. Grande abraço!

Anna Flávia Schimitt, muito nobre a causa. Obrigado por sua atenção! Um grande abraço!

JoséVasconcelosPaiva, você é muito generoso. Fiquei muito grato e emocionado com seu comentário. Conto com você, amigo. Grande abraço!

Mari Rossi, muito bom, linda! Conto com sua gentil atenção. É uma honra receber suas leituras a cada conexão. Grande abraço!

Deusa, tim tim! [sorrio]. Obrigado! Abraço!

2 de fevereiro de 2011 12:45  
Blogger Messias Daniel disse...

nossa mt bom seu blog
queria aprender a fazer crônicas tbm
rsrs bem agora eu estou seguindo vc
há a Danielle já esta acabada
ate +

3 de fevereiro de 2011 05:05  
Blogger Franck disse...

Aqui, agradecendo sua visita e comentário... Sigo-o, para voltar sempre!
Abçs*

3 de fevereiro de 2011 13:13  
Blogger Claudia Pires disse...

Agradeço a visita e parabenizo pelo teu blog, encontrar um homem c sensibilidade p escrever é como agulha no palheiro. Q Deus continue te iluminando e alegrando coraçoes. Abçs!

3 de fevereiro de 2011 16:28  
Blogger @JuniorAd disse...

Obrigado pelo comentário no Poses!

Sobre o post, bom, eu sou fã de crônicas (mais ler do que escrever) e é uma ótima forma de expressão principalmente para blogueiros, pois se trata de reflexões inteiramente ligadas ao cotidiano de cada um.

Grande abraço, e continue contribuindo no Poses e Neuroses.

^^

4 de fevereiro de 2011 04:11  
Blogger Monique disse...

Obg pela visita, sucesso tb!

ohfashionmodel.com

4 de fevereiro de 2011 12:55  
Blogger Eliana Romeu Trevizani disse...

Oi Jefh, saudades!!!! Que venham as crônicas, mas como vc disse, sem abandonar os contos ok???? Gosto de crônicas por serem textos rapidos. Vc tem q registrar os textos de sua autoria????? Tenho uma idéia para um história mas não sei se conto em pequenas crônicas ou em um livro completo, o que vc acha?!?!?!??!?!?!?

4 de fevereiro de 2011 15:30  
Blogger Livia Schneider disse...

Olá Jefh Cardoso, gostei da sua escrita, tem bastante personalidade, parabéns pelo blog! Agradeço pela visita e pelo comentário no pontodomapa!

Quando quiser visitar-nos será sempre muito bom vindo no http://pontodomapa.blogspot.com!

Abraços!

4 de fevereiro de 2011 17:43  
Blogger Marcus Galvão disse...

Caro Jefhcardoso,
Um abraço agradecendo sua visita ao EmDia.
Sensacional seu Blog, mais ainda sua crônica.
Tanto é que vou postar no emdianoticias.blogspot.com, com seu aval claro, e passarei a tê-lo como seguidor. Ok?

EmDia/Marcus Galvão.

5 de fevereiro de 2011 19:11  
Blogger ACACIO ARAUJO disse...

bom jefh... gostei de suas cronicas pois uma delas me mostrou algo sensacional, todo mundo pode fazer cronicas mas as suas estão em primero lugar e com certeza esse dom que você tem é perfeito. so um outor da sensibilidade pode escrever algo fantastico. obrigado pela visita..

6 de fevereiro de 2011 10:09  
Blogger Amαndα Luizα. disse...

você escreve muito bem! Parabéns pelo seu blog
obrigada por ter visitado o meu, é uma honra te seguir... um beijo!

15 de fevereiro de 2011 18:36  
Anonymous Anônimo disse...

gostei muito do seu blog, parabéns pelo talento! vou passar por aqui mais vezes.
e obrigada pelo comentário! eu adoro escrever poesias, poemas [...] to seguindo e se quiser seguir ficaria feliz também! sucesso pra ti (:
www.alemdoinfiniito.blospot.com

20 de fevereiro de 2011 17:13  
Blogger Profª Norielem disse...

ótimo texto, você tem um humor natural!! Além deste blog tenho outro de reflexões minhas, quando quiser visitar esteja a vontade: apensadoraserenissima.blogspot.com

21 de fevereiro de 2011 04:55  
Blogger Dani Moraes ;* disse...

Jef, obrigada pelas visitas em meu blog... adorei o seu também, e podes ter certeza, que darei sempre uma espiadinha.. hihi incrivelmente perfeito esse texto, amei o modo como voce passa sentimento em suas palavras, show de bola...
Conto sempre com suas leituras em meu blog, e conte sempre comigo..
Obrigada querido.
Forte abraço.

25 de fevereiro de 2011 13:59  
Blogger Elvin disse...

Kara, sei lá, fiquei sem ter o que dizer agora, mas acho que o inicio explicou algo como se explica o teorema fundamental do cálculo(rsrs sou aluno de engenharia) procuramos fazer o melhor possivel, como obra, mas nós somos a coisa mais perfeita que podemos fazer, sei lá, é isso mesmo, te mais abraço!!

25 de fevereiro de 2011 17:43  
Blogger Jefhcardoso disse...

Messias, irei conferir. Grande abraço! Obrigado por vir!

Franck, muito obrigado por sua atenção e apoio. Grande abraço, amigo!

Claudia Pires, obrigado por seu generoso comentário. Deus contigo também!

@JuniorAd, continuarei. Obrigado por sua atenção e comentário! Abraço!

Monique, obrigado! Sucesso! Abraço!

Eliana Romeu, penso que seja prudente registrar seus textos antes de qualquer publicação. Quanto ao projeto de um livro, isso é algo muito pessoal. Se você tem este objetivo é importante que concentre suas energias nele. Ao meu vem, escrever um livro é dos projetos mais lindos que alguém pode ter.

Livia Schneider, muito obrigado! Visitarei sim. Você é muito gentil. Grande abraço!

Marcus Galvão, é uma honra figurar em seu blog. Muito obrigado, amigo! Conto com seu apoio. Grande abraço!

Acácio Araújo, você é muito gentil, amigo. Muito obrigado por seu generoso comentário! Abraço!

Amanda Luiza, honra minha lhe receber, linda! Um grande abraço e obrigado pelo carinho!

Milla, sou eu quem agradece por sua delicada atenção. Estarei lhe acompanhando. Mantenhamos o contato. Abraço e ótima semana pra você!

Profª Norielem, obrigado! Estou indo conferir. Até!

Dani Moraes, estamos juntos nessa, linda! Conte comigo que eu conto contigo. Um grande abraço! Obrigado!

Elvin, o teorema fundamental do cálculo? Ai de mim! , que sou assim, tão simples! Achei incrível seu comentário, gostei muito. Te mais e abraço!

26 de fevereiro de 2011 10:44  
Blogger ORNÉLIO JOSÉ WIEDEMANN disse...

OLÁ JEH CARDOSO, O SEU PEDIDO FOI ATENDIDO E SEU BLOG ESTA ACESSÍVEL ATRAVEZ DO MEU PELA SUA SOLICITAÇÃO, OK?
VEJA EM:
http://corneliojosewiedemann.blogspot.com/
E
http://corneliocjwiedemann.blogspot.com/

25 de março de 2011 18:22  
Blogger Raquel disse...

A crônica permite o "bater de asas das ideias" e a liberdade de expressão. A falta de forma fixa é um alento, pelo menos pra mim, que não sou, como você, poetisa e contista.
Parabéns por ser tudo isso, cronista, poeta e contista.
Abçs,
Raquel

1 de abril de 2011 10:20  
Blogger Ma Ferreira disse...

Jefh..
Conto, cronica, poesia....Que bom que vc se encontrou. Todo caminho tem ida e volta. Pra mim, sua leitora é indiferente o que vc escreve. Lerei do mesmo jeito. Pq vc tem muito talento
em toda forma de escrita. Não fico me peocupando, isso é cronica, isso é poesia..
Eu na ceramica vou e volto. Gosto de experimentar.
Eu te faço falar e você me faz escrever...(rindo)
Obrigada pelos comentários sempre acolhedores em meu blog.
Um dia de inspiração e paz a vc!!
Abraço,
Ma Ferreira

15 de abril de 2011 05:54  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial