quinta-feira, setembro 23, 2010

É Primavera

Era uma manhã de setembro quando o velho Alincourt chegou diante do belo lago de minha cidade, estacou sobre um terreno baldio sito à margem direita, ergueu ao alto os dois braços com ambos os punhos cerrados e vibrou de modo indescritível.
No punho esquerdo o velho trouxe uma porção de terra em pó, poeira formada por noventa dias de estiagem. Ao abrir aquela mão, os vigorosos ventos de setembro levaram consigo a terra, que se desprendia e esvaía pelos ares, formando uma fina nuvem de poeira vermelha a andar no ar. O céu tornara-se vermelho, assim como a própria terra do lugar. Da mesma mão desprenderam-se folhas secas. Incontáveis folhas em tonalidades marrons, beges, amarelas. Um enorme urubu, atraído por um odor propagado pelo vento, passou a oferecer uma sombra circular sobre a cabeça do velho. Após a primeira ave, vieram outras da mesma espécie. Em pouco tempo eram seis, vinte e duas, trinta e cinco, cinqüenta e uma, mais de cento e três. Os ventos anunciaram uma carcaça canina em estado deplorável. Podre e inchada, a carcaça serviu de alimento para as aves, que disputavam tenazmente um naco da carniça vindoura. Curvadas a devorar os restos do animal, formavam uma imensa capa preta sobre o solo. Após despejar noventa dias de poeira sobre os ventos, o velho baixou a mão esquerda junto a sua coxa. Os urubus alçaram vôo, deixando a mostra apenas o esqueleto do animal.
Agora o velho tinha somente o punho direito erguido ao céu. Sentiu grandes gotas de chuva arrebentarem em sua face. Sua mão e seu braço tornaram-se trêmulos. Uma semente esforçava-se para germinar envolta em uma pequena porção de terra dentro do punho do velho. Mais gotas. Logo a mão do velho estava encharcada. Foi possível ver um pequeno broto superar o vão dos dedos indicador e médio de sua mão ossuda. Em seguida, longas raízes surgiram e se esforçaram para alcançar o solo agora úmido pela água da chuva, enquanto folhas rompiam pelos vãos de todos os dedos. Sorrindo, baixou-se e depositou a planta no solo. Esta sorvia voluptuosamente toda água que alcançava, e fincava na terra as suas raízes cada vez mais profundas e grossas. No ar agitavam-se suas folhas numerosas e verdejantes. Cresceu, cresceu, cresceu e logo desprendeu flores e mais flores amarelas. A chuva cessou. O sol brilhou novamente em tons de dourado. E o ipê amarelo apresentou-se majestoso diante dos olhos embevecidos do velho. Um sanhaço azul veio para contrastar com as flores da bela árvore. E o velho Alincourt, no instante seguinte, deitou-se sobre o manto de terra vermelha, forrado por flores amarelas, e com ambas as mãos espalmadas sobre o peito, suspirou, secou, petrificou, esfarelou, juntou-se ao solo e sucumbiu com a chegada daquela primavera.

*A primeira referência à cidade de Ituverava S.P, minha cidade, aparecida em obra impressa, é a de Luiz D’ Alincourt (nome que dei ao personagem do conto como singela homenagem), em sua “Memória”. Disse ele: “...existe agora uma capela sita em terreno desafogado, com mais de quinze moradas de casa, o que não havia em 1818; chamam a este lugar simplesmente Capela”. Esta referência eu encontrei no livro do Professor José Geraldo Evangelista (Crônica de Ituverava, espaço e tempo 1750 – 1950). Hoje Ituverava é uma pequena cidade com cerca de 40 mil habitantes, situada ao Nordeste do Estado de São Paulo.

Obs. Clicando no selo do Top Blog, logo abaixo do meu perfil, e preenchendo os campos nome/email, você contribui para que este blog concorra ao Prêmio Top Blog 2010. E eu lhe agradeço grandemente.ObsII. Estou agora, no twitter. Tenho tentado falar com o Marcelo Rubens Paiva. Trata-se de um projeto: Será Que O Cara Responde? Se quiser falar comigo lá é @Jefhcardoso74.

128 Comentários:

Blogger Ana Paula disse...

Minha nossa! De onde será que você tira idéia pra escrever coisas assim... Achei bem interessante e você narra os acontecimentos muito bem, o modo como você usa a gradação fez com que eu me sentisse ali, vendo as coisas acontecerem. O desfecho da narrativa também foi bem legal... só não entendi muito bem quem sobre o velho. Eu achei que ele fosse o fantasma das estações passadas, algo assim... Depois li a informação que você deu ao final e aí boiei geral... Mas de qualquer forma gostei do post. xD

23 de setembro de 2010 18:03  
Blogger Joyce Carvalho disse...

eu amei o texto *--*

23 de setembro de 2010 18:05  
Blogger Rosane Marega disse...

Menino como eu gosto do que você escreve.
Beijosss

23 de setembro de 2010 18:16  
Blogger Tiabetok disse...

"O sol brilhou novamente em tons de dourado"

meus dias ainda estão chuvosos, mas logo logo passa...e viv a primavera
texto ótimo

23 de setembro de 2010 18:22  
Blogger Rosane Marega disse...

Ei...Jefh, fui embora e não te desejei...uma linda primavera!
Beijosss

23 de setembro de 2010 18:32  
Blogger ♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

ahhh... a primavera!
Inspira recomeço!
Lindo texto Jheff!
BeijO*-*
http://evesimplesassim.blogspot.com/

23 de setembro de 2010 21:29  
Blogger Manias de Benetti disse...

Olá
minha primeira vez aqui
Gostei do blog, obrigada por visitar o meu!
Volte sepre ;D
PS: estou segundi voce já

Bom final de semana
;*
Marina

24 de setembro de 2010 04:49  
Blogger Luciana Saldanha disse...

Ipê
Sinais de tempos vindouros em que as terras estéreis irão brotar novas vida e trazer uma nova estação a primavera. Felicidade pelo ar. Bjs Lu saldanha

24 de setembro de 2010 05:20  
Blogger Cris Teles disse...

"Bom seria se a primavera acontecesse o tempo todo, em todos os corações humanos..."

Bjos

24 de setembro de 2010 07:39  
Blogger Patricia disse...

oi!
Você não deve lembrar, mas me deixou um comentario, dizendo que o meu blog tem atmosfera de sonho XD
essa era a imagem que eu queria passar e não sabia ate então :D
eu te segui depois e votei em você.

Adorei o post.
beiijos !

24 de setembro de 2010 08:45  
Blogger Daise Daiane disse...

Sumiu! tenho passado sempre aki e lido os textos, mas não tenho comentado!abraços!! Daise.

24 de setembro de 2010 09:09  
Blogger Rafael Castellar das Neves disse...

Grande Jefh....essa é a primavera despontando grandes inspirações...muito bom!! gostei!!

[]s

24 de setembro de 2010 10:04  
Blogger Fri disse...

interessantes o texto!!! =) Parabens!

24 de setembro de 2010 11:27  
Blogger Viva. disse...

Impressionada com suas palavras. Confesso que li umas 3 vezes. E todas de um fôlego só. Palavras conexas e arrebatadoras. Vejo que tenho muito a aprender contigo.

24 de setembro de 2010 16:14  
Blogger Doloresjo disse...

Obrigada pela visita e pelo recadinho...

Dolores

24 de setembro de 2010 17:01  
Blogger Beth disse...

Olá.
Parabéns pela inspiração do belo texto e por obras tão criativas!
Agradeço a visita.
Abç.

24 de setembro de 2010 18:07  
Blogger Biula disse...

Olá, Jefh, boa noite!

Bem, eu não conhecia seu blog, obrigada pelo convite.

Sou professora de língua portuguesa e literatura, considero seu texto bem interessante, vc vai na linha do realismo fantástico, é isso mesmo?

Jefh, se me permite, recomendo que vc faça pequeninas correções que podem comprometer um tantinho do seu trabalho, por exemplo, no final do primeiro parágrafo vc escreveu "punhos serrados", acredito que vc queria dizer punhos cerrados, fechados e não cortados fora.
Penso que seu texto pode ganhar mais clareza e ficar mais convidativo à leitura se vc fizer mais parágrafos, textos em "blocão" cansam o leitor pq de certa forma embaralham as ideias, faça pequenas pausas.

Desejo que vc tenha todo o sucesso na sua vida de escritor, parabéns pelos textos e obrigada pelo convite!

Abraço, bom final de semana,

24 de setembro de 2010 18:31  
Blogger jefhcardoso disse...

Ana Paula, o seu comentário foi um prêmio para mim. Muito obrigado. Já providenciei melhor explicação para a citação que faço à minha cidade. Abraço e muito obrigado!

Joyce Carvalho, que bom! [sorrio]. Um abraço!

Rosane, como eu fico lisonjeado. Uma linda primavera pra você também! Obrigado!
Abraço!

Tiabetok, que bom que veio. Espero que a sua primavera brilhe muito. Abraço e muito obrigado!

Evelin Pinheiro, muito obrigado por sua atenção, linda! Um grande abraço!

Menias de Benetti, que bom que gostou! Obrigado por seu apoio. Um grande abraço!

Lu Saldanha, como vai! Ipês são mágicos. Não duvido disso. Que sua primavera seja ótima, linda. Saudade! Abraço!

Cris Teles, que viva a primavera em nossos corações! Abraço e muito obrigado!

Patricia, lembro sim, linda. Muito obrigado por tudo! Conto com você. Abraço!

Daise Daiane, o seu silêncio silencia em mim. Não deixe de dizer que passou. Sempre colho os comentários como se fossem flores. Abraço, linda!

Rafael Castellar, muito obrigado, amigo. Um grande abraço, e ótima primavera. Até!

Fri, muito obrigado! Abraço!

Viva., que fantástico isso. Leia mais, leia os outros textos também [sorrio], e me conte tudo o que achar. Abraço e muito obrigado! Você é muito gentil.

Dolores, sou eu quem agradece. Abraço!

Beth, obrigado! Venha mais vezes. Um grande abraço!

Biula, obrigado aceitar o meu convite! E obrigado por restabelecer e preservar os punhos do meu personagem. [sorrio, meio sem graça; é natural].
Quanto às pausas, os parágrafos, já me disseram isso, mas não sei se posso mudar. Escrevo conforme penso. A gramática sai mesmo imperfeita, mas o pensamento é aquele que registrei. Não quero escrever como nas redações dos concursos onde exigem clareza para facilitar o trabalho dos examinadores. Porém, pensarei com muito cuidado no que você disse.
Preciso de algum tempo para melhorar minha gramática, porém as idéias não me deixam parar de escrever para estudar. Além do que, sou fisioterapeuta, pai de família, e atleta amador, tudo isso me toma bastante tempo. Penso que um escritor não deixe de ser por ter erros, pois existem os revisores, posso estar enganado quanto a isso, contudo, não sou escritor.
Gostaria que você lesse outros textos meus; um, dois, quantos o seu interesse permitir. E gostaria também que apontasse outros erros. Não tenho tido esse tipo de ajuda, e isso me faz muita falta.
Biula, muito obrigado, e estarei torcendo de olhos atentos e lábios cerrados para que você retorne. Abraço!

24 de setembro de 2010 19:03  
Blogger Keylla Góes disse...

Olá Jefh!
Adorei o texto.
A primavera é a estação mais linda!!!
Sua beleza consegui me emocionar muito, adoro observa-la.
Fico em estado de graça quando passo horas admirando esse jardim da natureza.
Obrigada pela visita.
Um abraço.

24 de setembro de 2010 19:04  
Blogger Dona Amélia disse...

Primeiramente, pq sou chata mesmo e corrijo o que julgo deva ser corrigido, mas sem pretensões de didáticas ou coisas do gênero, pq não sou professora. rs

"estacou" não seria, na verdade, estancou?
"...um naco da carniça vindoura", não entendi a razão do vindoura nesse contexto, já que a carniça está mais do que presente, já aliemtna os bichos!
"...o velho baixou a mão esquerda..." no caso o baixar tem sentido diverso de abaixar, que acredito seja o que quis dizer.
"... deixando a mostra apenas..." tenho a impressão de há a necessidade de crase, ou não?
"...grandes gotas de chuva arrebentar em..." preste atenção à conjugação do verbo, acho que é arrebentarem.
"...Sua mão e seu braço tornaram-se trêmulas" aqui o prevalece o masculino trêmulos
"Uma semente esforçava-se para germinar envolta em uma pequena porção de terra que lhe envolvia dentro do punho do velho.' Achei linda essa idéia, mas a reorganizaria, quem sabe assim: Uma semente esforçava-se para germinar na mão, ainda fechada, do velho". Porque já sabemos que há o punhado de terra nela.
",,,punho do velho. Mais gotas. Logo a mão do velho estava encharcada..." cuidado com a repoetiçãod e palavras muito próximas, torna o texto cansativo! Que tal: Logo sua mão estava encharcada...

Well, mas chega de apontamentos, né. rs
O texto é bem interessante, e o mote ainda mais! ;oD

Espero que aprecie minha participação por aqui! ;oD

Abraços
Paty

24 de setembro de 2010 19:35  
Blogger Biula disse...

Oi, Jefh!

Rapaz, perdão, não queria que vc ficasse com essa impressão, não há erros, por favor. Exatamente como vc disse, há revisores para esses pequenos descuidos que o escritor não percebe por estar mergulhado no texto, na trama, nos personagens, etc.
Eu tenho o vício, vida de prof, sacomé, mas no dia a dia, na conversa informal tb me distraio, é normal, sem grilos.
Então, vc escreve muito bem, sim, senhor, parabéns!
Mas não pense que revisar (não procurando falhas de ortografia ou pontuação, mas vendo se tua ideia ficou do jeito que vc queria) o texto, vc mesmo, seja tirar o brilho ou o jeitão espontâneo da sua obra, é ilusão pensar que os grandes escritores escrevem tudo assim de primeira, não funciona desse modo, o trabalho do escritor é de garimpeiro e de ourives, tenho certeza que vc sabe disso, vc escreve bastante.

Jefh, eu é que estou assim, com cara de prof chata, desculpe, por favor.
Olha, achei um barato vc ter na tua vida uma boa mistura de atividade intelectual com atividade física, deve dar um bom equilíbrio.

Sucesso, tudo de bom!

24 de setembro de 2010 19:47  
Blogger Tata Nani disse...

Que maravilhoso... Adorei seu blog.
Um grande abraco, e se curte se aventurar na cozinha, dá uma olhadinha no meu espaco depois!
Tata

25 de setembro de 2010 01:11  
Blogger Lililooks disse...

Oi muito obrigado pela visita gostei muito do teu blog, e da poesia tbm, achei muito bonita as forma de expresar o outono e a primavera, a forma em que se vai e a forma em que brota de novo uma nova vida, a árvore as raizes, a terra seca e depois molhada, acho que é uma poesia muito linda, eu que sou fan de poesia dou minha opiniäo,rsd! obrigado mais uma vez tenha um ótimo final de semana.

25 de setembro de 2010 02:37  
Blogger alessandra disse...

Bom dia aceitei seu convite e vim conhecer o seu blog já estou te seguindo suas historias são otimas até mais

25 de setembro de 2010 02:44  
Blogger Nayume disse...

Você escreve muito bem, parabéns!

25 de setembro de 2010 05:45  
Blogger Viviane disse...

Oi Jefh,
vim ler e depois que comecei não consegui parar, queria chegar ao fim para saber o desfecho. Amei o texto e principalmente o fim. É tudo muito realista e contado de uma maneira muito bonita.
Bjos

25 de setembro de 2010 05:49  
Blogger Cacau Jafet disse...

Olá! Parabéns!!!Seu texto está simplesmente maravilhoso!!!!Você deveria escrever um livro!
Vou te seguir e quero te convidar para conhecer o meu blog: http://cacaujafet.blogspot.com
bjosss

25 de setembro de 2010 05:57  
Blogger jefhcardoso disse...

Keylla Góes, é mesmo magnífica a primavera. Obrigado por compartilhar aqui. Um abraço!

Dona Amélia, a sua resposta está embaixo, pois não coube neste espaço. Ok? Entendeu?

Biula, não há por quê se desculpar. Foi ótima. Gostaria que viesse aqui mais vezes. Com sua ajuda eu poderia sim melhorar os textos. Pensarei muito no que disse. Tenho postado sem revisar. Vou lendo durante a semana e aí é que faço algum reparo. Mas nem sempre percebo tudo. Seria ótimo se você me visitasse com freqüência. Estou muito grato. Abraço e tenha um ótimo final de semana, linda!

Tatá Nani, que bom que gostou. Será um prazer ir ao seu blog. Um grande abraço e um ótimo final de semana!

Lililooks, eu tentei colocar no texto tudo o que vejo aqui no lugar onde vivo. Aqui temos apenas duas estações, porém há muitas sutilezas que podemos captar entre as duas. Eu tentei. [sorrio]. Obrigado por seu carinho e atenção. Abraço!

Alessandra, muito bom que tenha gostado. Obrigado por seu apoio. Abraço!

Nayume, muito obrigado. Você é muito gentil. Tenho muito pra melhorar ainda. Abraço!

Viviane, que bom que curtiu! Venha mais vezes. Um grande abraço e muito obrigado!

Cacau, obrigado pela força! Contarei com a sua atenção sempre. Obrigado pelo convite. Um grande abraço!

25 de setembro de 2010 07:09  
Blogger jefhcardoso disse...

Dona Amélia, há textos que escrevo, guardo, reviso, e só após muitos dias eu posto no blog. Outros eu crio e posto em seguida.
Durante a semana, quando possível, eu faço releituras e, em todas às vezes que releio, percebo que precisa de reparos. No caso deste texto, “É Primavera”, realmente há correções por fazer. No meu caso, como pessoa que gosta de escrever, há muito que aprender sobre gramática e escrita. Tenho tido a compreensão de muitas pessoas que aqui vêem, lêem e me tratam com respeito e carinho, mesmo eu cometendo erros de escrita. Sou muito grato por isso. Devo afirmar que, jamais pedi para uma pessoa seguir o meu blog. Tampouco excluo comentários. Estou aqui para ser o que sou e enfrentar minhas dificuldades, limitações. Acredito que “somente a verdade liberta da ignorância”.

O velho não poderia ficar estancado, uma vez que não sangrava nem desaguava, e estacar é o mesmo que parar. Baixar, este vtd, segundo o dicionário, possui também o significado de abaixar, descer... entre outros.
O urubu, não estando ainda em posse da carniça, e numa disputa encarniçada, vê na possibilidade de conseguir um naco do alimento uma refeição vindoura, pois ainda não a fez. Terá que “disputá-la” naco a naco com seus 102 irmãos.
Você deve saber que, com o punho cerrado podemos manter razoavelmente seco algo que tragamos dentro da mão, pois, não estando submersos, isso é perfeitamente possível.
Agradeço grandemente por seu empenho em tentar apontar erros no texto. Alguma repetição é um recurso de fala. Não há regra quanto a isso. Há mito. Um texto é exaustivo quando a leitura não prende. Ah! Sim... a crase; sempre esqueço de colocar esta travinha sobre os “As” que se fundem. Well, você tentou, mas não é fácil estancar os problemas gramaticais dos outros, bem como os de interpretação de texto. O importante é não perder o respeito, a amizade, a ética. Apreciei a sua visita, espero lhe ter aqui em muitas outras ocasiões. Sempre ficarei grato, e estarei pronto para corrigir o que precisa ser corrigido. Abraço! Tenha um ótimo final de semana, linda!

25 de setembro de 2010 07:09  
Blogger Blog da Anabela Jardim disse...

Oi!
Vim agradeçer a sua visita e já li alguns dos seus textos. Você escreve muito bem ! já estou te seguindo. Abraços,
Anabela.

25 de setembro de 2010 08:11  
Blogger Dona Amélia disse...

Jefh, primeiramente cheguei a conhecer e a ler o seu texto aceitando um convite feito por você em meu blog. Vim com a maior boa vontade, porque adoro ler e também escrevo, no meu caso escrevo mais poesias e tenho um blog chamado Alma do Meu Sonho, além de participar de algumas comunidades de escritores, dentre elas a Bar do Escritor no Orkut, onde aprendi que gostar de um texto, seja ele em prosa, prosa poética poesia, conto, nano o que for, independe de erros gramaticais, ortografia e afins. Não cheguei aqui à procura de erros, ao contrário. Como eu gosto que apontem meus erros, quando estes existem, achei que poderia fazer um favor dessa forma. Mas tudo bem, Nem sempre uma boa ação é recebida bem, ainda mais quando mexe com nosso ego, sei bem como é.
Você escreve bem, e desejo que continue assim, e tudo o que aqui falo, não faço uso da ironia, pois não preciso dela. Falo o que sinto e penso sem constrangimentos.
Se você se sentiu agredido de alguma forma, peço desculpas, porque não foi a minha intenção. E da mesma forma que há a licença poética, que é uma incorreção de linguagem permitida na poesia. Em sentido mais amplo, são opiniões, afirmações, teorias e situações que não seriam aceitáveis fora do campo da literatura, cada texto traz em si sua escência, que na maioria das vezes só é 100% conhecida pelo autor, que sabe exatamente o que escreveu e o porque de ter escrito. Ainda mais em poesia, que esta sim carrega muito mais significados em suas entrelinhas.
E o seu texto não é poesia! é uma prosa poética!
Bom, mas desculpe-me pela sinceridade e boa intenção, mas é bem como diz o dito popular: de boas intenções o inferno está cheio, não é?

Atenciosamente
Patrícia

25 de setembro de 2010 09:09  
Blogger Elen Abreu disse...

Oi
Muito interessante a hítoria!
Adorei,To tentando votar em vc aqui e torçom para que ganhe.
Confiri aqui q é possível!ficou ótimo

Bjos;*

25 de setembro de 2010 09:46  
Blogger Bia Prado disse...

Adorei seu texto!
To te seguindo... Vou ler seu blog.
Vamos nos visitar mais.
Beijo

25 de setembro de 2010 09:46  
Blogger Elen Abreu disse...

Acho que consegui votar,só botei meu nome e email,só isso né?

Bjão, boa sorte

25 de setembro de 2010 09:49  
Blogger Alice disse...

Seu texto inspira florescimento. Espero sempre florescimentos, mesmo em plenos invernos.

Obrigada pela visita, e não, falo de amor mesmo sem o estar apaixonada. Rs

Beijo

25 de setembro de 2010 10:17  
Blogger cris disse...

Belo texto, pude presenciar a linda cena como se estivessde ali ao lado, conforme ia lendo.
Parabéns e obrigada pela visita =D

25 de setembro de 2010 10:46  
Blogger Delícias da Andréa disse...

Obrigada pelo convite para conhecer seu blog. muito rico em contos, e palavras.
Viajei no texto, muito legal,é como se fosse um filme, adorei.
andreaquitutes.blogspot.com/

Andréa...

25 de setembro de 2010 11:50  
Blogger Janete Stella Behling disse...

Super legal seu texto...quem me dera saber escrever assim, sou péssima com isso.
Boa sorte

25 de setembro de 2010 12:38  
Blogger Rosa Carioca disse...

E por aqui começou o Outono.
Gostei muito do seu texto, aliás, gosto do jeito com escreve.
Aliás, como sou Professora, certa vez distribui um texto (ocultando o autor, da mesma forma que oculto agora) e pedi que fizessem a revisão, anotando possivéis incorreções gramaticais, de estilo, etc.
Todos os alunos identificaram variadas incorreções.
De quem era o texto? É claro que não vou mencionar seu nome, nacionalidade, nem época em que viveu/vive, apenas que recebeu o Nobel da Literatura.

25 de setembro de 2010 13:16  
Blogger Loo® disse...

Oi, Jefh
Primeiramente quero agradecer pelo convite para conhecer o seu espaço, que é óóótemo!!! Adorei!
Passarei sempre que tiver um tempinho.
Parabéns, sorte e sucesso, sempre, em seu caminho! bjns

25 de setembro de 2010 13:32  
Blogger Maria Lúcia disse...

Oi
Parabéns pelo texto.
Beijos...
Lúcia.

25 de setembro de 2010 14:37  
Blogger artes_romao disse...

boa noite, td bem?
passei para agradecer e retribuir a visita.
gostei do que vi por aqui,parabéns.
fica bem,jinhos***

25 de setembro de 2010 15:02  
Blogger Bruna - A Bonitinha! disse...

Que lindo! Fazia tempo que nã lia um texto tão bom! Parabéns!! Adorei seu blog, estou seguindo!!

Abraços!

25 de setembro de 2010 15:07  
Blogger Fernanda Fernandes disse...

JEF vim agradecer pela visita,Adorei o que li...quando estava lendo pensei..como Deus é bom...o homem,a terra,as flores,as raízes,o ar,o urubu,e enfim a primavera!!!

bjos...parabéns pelo texto!

25 de setembro de 2010 16:15  
Blogger Rascunhos DÌtala disse...

obrigada pelo convite
ótimo texto
gostei de saber sobre sua cidade tmbm
uma boa noite pra vc
bjs

25 de setembro de 2010 16:54  
Blogger Madás disse...

Olá!!! Parabens pelo blog e pelos textos!!!

25 de setembro de 2010 17:45  
Blogger Mari Artes & Família disse...

Obrigada pelo convite!

Adorei...

Espaço, tempo... que coisa linda... que riqueza de detalhes...

Um grande abraço,

Mary do Fabricio.

25 de setembro de 2010 18:11  
Blogger Rosan disse...

olá;
belissimo texto, e a primavera é uma estação tão linda, que tudo sobre ela fica lindo, as flores a despertar depois de longo inverno(ao menos aqui no sul) vão nos dando novo animo, e espalhando um colorido contagiante.
que a primavera seja muito doce, e florida para ti.

beijo

25 de setembro de 2010 19:10  
Blogger Arigi Kuwanna disse...

Olá Jefhcardoso,
Bom, creio que você acabou de fazer poesia com urubus e carcaças, e pq não? tudo é poesia, tudo vira poesia em mãos e mentes abertas para isso. Há beleza em tudo o que vemos e sentimos, em tudo...
Achei lindo, e bom estarei seguindo p/ ver o q mais de bom vem por aí.
Se cuida.

"... A verdadeira beleza está nos olhos da alma..."

25 de setembro de 2010 19:20  
Blogger Solange disse...

Ergamos as mãos, como este velho. pedindo aos céus, que nos coloque nelas, as ferramentas certas para usarmos na hora da estiagem (solidariedade)
e quem sabe aprendamos, como ele, que é preciso morrer para renascermos.
Belo texto!!!
bjs.Sol

26 de setembro de 2010 05:05  
Blogger Solange disse...

QUANDO O QUE SE DIZ VEM DA ALMA jEFH,
É COMO A LÍNGUA DOS SINAIS (LIBRAS)..
SÓ ENTENDE QUEM LÊ COM O CORAÇÃO..
QUE ULTRAPASSA A CHATISSE DE QUALQUER CONCORDÂNCIA GRAMATICAL..

bjs.Sol

26 de setembro de 2010 05:29  
Blogger Lany disse...

Olá Jefh,

Muito obrigada pela tua visita no meu blog, e pelo convite d conhecer o teu....é incrivél o poder da primavera, verdade????...gostei da historia.
Encantada d t conhecer.....
Beijos,
Lany

26 de setembro de 2010 06:21  
Blogger Flor de Lótus disse...

Belíssimo texto!
Parabéns pelo blog!
Beijos

26 de setembro de 2010 08:56  
Blogger Eliane Ratier disse...

jefh, como sempre, isso aqui está mais cheio que boite gay em dia de Lady Gaga Cover.
Que bom poder contar com comentários técnicos, vou convidar suas amigas para palpitarem no meu blog, http://elianeratier.blogspot.com. Menino, você precisa se programar e aparecer por aqui. Fabrício foi bom como sempre e o melhor, pelo menos para mim, é que acabei sendo a mediadora dele no espaço do shopping, super público, mas foi uma delícia. Ele veio com a namorada Cíntia que é uma simpatia.
Quanto ao seu texto, foi muito oportuno citar a origem do nome. Estava matutando o porquê da escolha de um nome tão difícil para o personagem. Beijo

26 de setembro de 2010 09:22  
Blogger jefhcardoso disse...

Anabela, sou eu quem lhe agradece. Muito obrigado. Você é muito generosa. Obrigado por seu apoio. Um grande abraço!

Dona Amélia!? Bem, se foi de boa intenção ou não, isso não importa. O importante é que foi bom. E eu já disse que apreciei. Quando digo que tentei fazer poesia no meu “É Primavera” eu não especifico se é em prosa ou em verso, ok? Tentei responder ao comentário dentro do contexto em que fora realizado, certo? Mas temo não ter sido claro o bastante. De qualquer forma, eu gostaria de ter outros comentários seus em outras postagens. Como lhe disse, sou grato. Abraço!

Elen Abreu, fico feliz que tenha gostado. Obrigado por sua atenção e apoio. Um grande abraço!

Bia Prado, que bom que adorou! Leia tudo. [sorrio]. Vamos sim. Beijo!

Alice, pois parecia. [sorrio]. Um grande abraço e viva as flores e o florescer! Até!

Cris, sou eu quem lhe agradece. Um grande abraço!

Andréa, que bom que curtiu! Um grande abraço! Até!

Janete Stella, eu sou um modesto aprendiz. Se você quer, basta aprender. Queremos podemos. Não se iniba por nada. Abraço e muito obrigado por suas gentis palavras!

Rosa Carioca, muito obrigado por este carinho e cuidado. Você é linda! Desde que comecei a publicar, isso faz 2 anos, eu também passei a observar a vida e o trabalho dos escritores. Sei que o trabalho dos escritores firma-se na criação e expressão. Sei que o trabalho dos revisores firma-se nas normas da linguagem. O sol nasce para todos, só não sabe quem não quer. Abraço, linda!

Loor, obrigado! Você é muito gentil. Venha sim. Abraço!

Maria Lúcia, obrigado! Um grande abraço!

artes_romao, boa noite! Sim, está tudo bem. Sou eu quem agradece. Obrigado! Até!

Bruna – A Bonitinha, que bom que curtiu. Você é muito gentil. Obrigado pela atenção e apoio. Abraço!

Fernanda Fernandes, muito obrigado por sua atenção. Sim, Deus é a perfeição. Ela se manifesta em toda criação. Abraço!

Rascunhos Dìtala, sou eu quem lhe agradece. Seja muito bem vinda, ao meu blog e, se vier, à minha cidade também. [sorrio]. Abraço!

Mary, que bom que gostou! Você é muito gentil. Abraço a você e ao Fabrício! Até!

Rosan, pra ti também. Obrigado! Abraço!

Arigi, sim. Lindo isso “... A verdadeira beleza está nos olhos da alma...”

Solange, você é o anjo que sempre vem me visitar. Não pretendo omitir o quanto suas gentilezas me agradam. [sorrio]. Sabe, linda, se eu fosse dar atenção a quem se afeta por “erros” alheios, eu seria mudo por imposição. Errar é humano, e eu, sem nenhuma modéstia, sou muito humano. Abraço, querida. Enquanto você não aparece a postagem segue incompleta.

Lany, o encanto fui eu que senti em lhe conhecer. Você é doce e a primavera é mágica.

Flor de Lótus, muito obrigado. Você é muito gentil. Um grande abraço!

Eliane, “...mais cheio que boite gay em dia de Lady Gaga Cover...” [rindo muito/muito bom!].
Sim. Convide. [rindo ainda mais].
Eliane, incrível isso. Você mediou o bate papo do cara. Fantástico! Parabéns! Você merece. É a Literatura acontecendo, e passa por você, linda.
Obrigado por sua leitura em meu texto. Espero que tenha gostado. Abraço e logo estaremos juntos aí nos eventos literários.

26 de setembro de 2010 09:54  
Blogger Cantinho da Cê disse...

Boa tarde Jefh,

Bem, agradeço a visita ao meu blog. Vim retribuir e fiquei encantada com seu texto sobre a primavera...digamos que estou até agora saboreando o texto. Já estou lhe seguindo, já votei, já tenho seu twitter...o encantamento foi total...

Beijos,

26 de setembro de 2010 10:23  
Blogger Adriana Polo.Demais pra minha Cabeça. disse...

Vivo buscando coisas absurdas para transformar em poesias,mas não consigo,apesar de feliz,só consigo fazer poesia com a dor do amor,dor que já vivi muito...Vc fez o que eu desejo,extraiu poesia.Pouca gente extrai poesia de qualquer coisa.Estou encantada com seu blog.Encantada com a coragem.Eu não sou tão corajosa.Ainda sinto vergonha das minhas.Ainda fico de rosto vermelho ao postar algo meu.Tenho medo.Sei disso.Um beijo

26 de setembro de 2010 10:40  
Anonymous Eurico jr disse...

Ei parece que a primarera, floresceu ainda mais a sua mente, com este otimo texto parabens, que fosse assim com todos os seres humanos, muito obrigado por mais esta excelente postagem abraço
Eurico Ituverava SP

26 de setembro de 2010 13:31  
Blogger Sandra disse...

AMIGOS SÃO COMO PRESENTES..
É SEMPRE UM GRANDE PRAZER EM RECEBÊ-LOS.
Amizade

A verdadeira amizade é uma pérola
de valor inestimável.

Cultive a amizade.
Corresponda às gentilezas.
Não se encolha.
Nem se afaste dos outros.
Aproxime-se.
Há muito de amor trancado em você.
Procure ser o amigo das horas difíceis.
Dê demonstrações de sua amizade,
mas não espere ser correspondido(a).
Compreenda que nem todos
são como você.
Tolere as faltas dos seus amigos.

Tenha amizade pura e desinteressada.
Não deixe que o tempo a consuma.

Não pode ser amigo,
quem não AMA INCONDICIONALMENTE.

Texto do Livro
Gotas de Esperança de
Lourival Lopes

26 de setembro de 2010 14:47  
Blogger Mônica disse...

Voce tem muito talento. Vai encontrar o escritor Marcelo.
Vou torcer por voce.
Apareça sempre
com carinho MOnica

26 de setembro de 2010 16:17  
Blogger Diu Mota disse...

Que bela surpresa- sua visita e o texto. Penso em quantos, tão bons como este, perdi.Agora,não mais.

inté

26 de setembro de 2010 17:16  
Blogger raissa iurkiv disse...

texto LINDO ! (:

divulgando :

http://easy-happiness.blogspot.com

26 de setembro de 2010 18:06  
Blogger Cíntia disse...

É um encanto. Dificil identificar um texto e me encontrar nele. A narrativa é ótima, parece que nós é que sentimos, o vento, o toque. Temos a visão.
Parabéns e continue a nos encantar.
Abraços

26 de setembro de 2010 20:15  
Blogger Rosimeyre disse...

Gostei muito de sua visita e ao retribuir recebo outro presente.que post maravilhoso . é um dom de Deus. parabens.

27 de setembro de 2010 05:39  
Blogger - Ana Menezes disse...

Bom, primeiro eu queria retribuir a visita feita no meu blog, fiquei muito feliz espero que volte lá sempre que puder! :) E eu não poderia deixar de dizer que estou anestesiada até agora com a leitura deste poema, a forma com que você escreve nos rouba toda a atenção, eu não consegui nem piscar os olhos enquanto não chegou ao fim. Parabéns, sério! E aproveitando pra dizer que eu tenho um primo que mora em Ituverava e vez ou outra eu passo por lá, é uma cidadezinha bem pequena, mas é gostoso o clima de lá! Gostei muito do seu blog, vou vir aqui sempre pra conferir as novidades, beijos e bom início de semana pra você!

27 de setembro de 2010 05:59  
Blogger Poupée Amélie™ disse...

Olá! Vim retribuir a visita e conhecer o texto mencionado. Adorei! Muito bem escrito.
Primavera é tempo de mudança. É época de luz, de alegria, de flores.
Primavera em nós!
BeijO*

27 de setembro de 2010 06:53  
Blogger Emily Ferreira disse...

Oiii Adorei o blog, já faz tempo que estou te seguindo, obg pela visita ao meu blog, volte sempre, ah adorei seus textos super inspiradores e interessantes!

27 de setembro de 2010 06:53  
Blogger  disse...

Conforme fui lendo cada palavra de seu texto, me envolvi como me envolvo nos contos de Stephen King. Gosta?
Tem muito dele.
Quase pude sentir a chuva batendo em meu rosto...
Beijoss

27 de setembro de 2010 10:02  
Blogger Ingrid Silverol disse...

Lindo texto e blog...que a cada dia sua mente brilhe mais e mais...e sempre com tanta sensibilidade. Abraço,

27 de setembro de 2010 10:08  
Blogger *Faelaartes* disse...

Olá!! Passando pra agradecer a visita, espero q faça o nhoque... eu postei a receita pq meu marido me pede desde q mudamos pra casa nova, ainda não batizamos a casa com uma receita especial...(Aquela foto é da net mais assim q eu fizer vou postar a minha foto do meu nhoque, rsrs)Um abraço!! Ta ótimo seu Blog.. Parabéns!!!

27 de setembro de 2010 13:58  
Blogger jefhcardoso disse...

Cê, totalmente encantado estou eu com tamanha delicadeza. Seja muito bem vinda a este lugar, que agora também lhe pertence, e espero que saboreie muito mais. Beijos!

Adriana Polo, não deixe se inibir. Sinta orgulho de suas produções, afinal você teve coragem e ímpeto para produzir, e isso é o mais importante. Sinta muito orgulho, linda. E faça poesia com tudo o que quiser. Afinal a poesia é muito pessoal. Abraço e muito obrigado!

Zéo, quem agradece sou eu por sua generosidade para com os meus humildes textos. Um grande abraço, amigo!

Sandra, muito bacana este trecho do livro. Obrigado por compartilha aqui conosco. Um grande abraço!

Mônica, muito obrigado, você é muito gentil. Sim, eu encontrarei o cara. [sorrio]. Abraço!

Diu Mota, leia tudo. Não perca nada. Adorarei responder outros comentários seus, mesmo nos textos anteriores. Obrigado e um grande abraço!

Raissa Iurkiv, muito obrigado! Sim, divulgue à vontade. Divulgar é preciso, querida. Abraço!

Cíntia, você é que é um encanto. Obrigado por suas gentis palavras! Venha sempre. Um grande abraço!

Rosimeyre, nossa! Muito obrigado, linda. Você é muito gentil. Abraço!

Ana Menezes, que legal você ter parentes aqui. Aqui é bem gostoso. É um lugar muito rico em clima, solo, pessoas... Obrigado por seu delicioso comentário! Você não faz idéia do quanto fiquei feliz com suas palavras. Abraço!

Poupée Amélie, primavera é tudo de bom. Obrigado por sua atenção! Um grande abraço!

Emily Ferreira, fico muito feliz que goste e me apóie há tempos. Continuarei contando com sua atenção e carinho. Obrigado! Abraço!

Rê, sim, sim, o mestre do suspense. Não sou leitor dele, mas curto muito a infinidade de adaptações que ele possui no cinema. Sou fã dele sim. Fico muito honrado com seu comentário. Um grande abraço, linda!

Ingrid Silverol, você é uma linda. Gracinha! [sorrio]. Muito obrigado, um imenso abraço!

Faelaartes, nhoque é uma das delícias dessa vida, especialidade de minha mãe. [sorrio] Felicidades pra vocês em sua nova casa! Que o amor seja o prato especial e o arroz com feijão de cada dia. Abração!

27 de setembro de 2010 16:57  
Blogger Dreams disse...

Que texto lindo, suas palavras são incríveis.
Obrigada por ter passado em meu blog mais tarde, amei o seu.
Voltarei aqui sempre que der.

Beijos, Dreams.

27 de setembro de 2010 17:51  
Blogger Haylla disse...

Poxa, amei.. Parabéns! De onde você tira tanta ideia para escrever essas coisas maravilhosas.. Minha opinião? Você escreve MUITO bem, parabéns.

27 de setembro de 2010 18:10  
Blogger Ira Buscacio disse...

Jefh,

Narrativa empolgante, que prende o leitor, do início ao fim. Parabéns!

Obrigada pela visita e volte sempre.
Sigo-te pra outras leituras.
Bj

27 de setembro de 2010 18:24  
Blogger Flávio Nunes. disse...

Olá Jefh,
Como sempre FANTÁSTICO! Parabéns pelo belo texto amigo!
Tenha uma excelente semana!
Abração,
Flávio Nunes.

27 de setembro de 2010 18:54  
Blogger Flávia Shiroma disse...

Nossa Jefh, me senti tão leve com seu texto, mas estressada com os comentários.
Tudo bem, concordo que todas as pessoas que te corrigiram, queriam sua evolução, o seu bem, mas pegaram muito pesado. Pareciam suas professoras corrigindo uma prova de redação da 5a. série. Pareciam não demonstrar qualquer sensibilidade à essência do que você escreveu. Parece, também, que só leram o texto a fim de encontrar erros.
Eu também encontrei alguns errinhos, mas jamais seria tão indelicada de metralhar você ou outra pessoa que fosse, após receber um convite tão carinhoso.
Existem revisores sim viu? Não se preocupe.
O mais difícil você já tem de sobra: a inspiração.

Forte abraço querido.
Bj

27 de setembro de 2010 19:29  
Blogger Rob Novak disse...

Ótimo texto! Desenvolver tantas imagens em poucas linhas dessa forma não é para qualquer um.
É o início de primavera mais criativo e interessante que li até agora, vagando pela Internet :)
Abraço!

27 de setembro de 2010 19:31  
Blogger Fénix disse...

Simplesmente maravilhoso!
Você tem muito talento.
Gostei tanto que me tornei seguidora do seu blog!
Beijos e continue com o óptimo trabalho ;)

27 de setembro de 2010 21:17  
Blogger Li disse...

Palavras para quê???
Concordo com os comentários já aqui escritos!!
O texto é mesmo muito bonito! Parabéns e continue assim a escrever lindamente!!!

28 de setembro de 2010 05:48  
Blogger Trainee de Cozinheira disse...

Oi Jefh, primeiro gostaria de falar que não me acho muito expert no assunto, mas já li muito, sou formada em história na UnB, mas tenho um passado político intenso, a maioria dos livros que li tinham esse cunho, pouco tempo me dediquei aos romances e poesias, o seu texto me parece um mini conto, é bem interessante vc rebusca bem (é isso mesmo rebusca?), o começo meio nojento, mas o final bem conduzido, acho que vc tem futuro, vc seguiu a estrutura do começo meio fim, isso foi o que eu senti, no fim gostei, só uma perguntinha: aquela quantidade de urubus era no sentido figurado??rs! bom vc pediu a minha opinião né?!bjs
Maura

28 de setembro de 2010 06:26  
Blogger Ana Carla Benet disse...

Vim agradecer a visita e dizer que seus textos são ótimos ! Parabéns.

Um abraço !

28 de setembro de 2010 07:20  
Blogger laurabeu disse...

Amiguxo Jefh.Olá! Vim retribuir a visita e conhecer o texto mencionado. Adorei! Muito bem escrito.Lindo texto e blog..seus textos super inspiradores....Voce tem muito talento.Parabéns, sério!beijinhos na amada e nos bbs. beijinhos no seu coração.

28 de setembro de 2010 07:52  
Blogger Alessandra, disse...

OIIII Parabéns pelo blog.....muito bom.....

www.mdemulhermoca.blogspot.com.br

28 de setembro de 2010 08:02  
Blogger ¨Andreza S F Melo¨ disse...

Oi Parabéns pela postagens, a história magnífica, nada melhor que passar viver com intensidade todas as estações do ano, parabéns.
Ah, vou votar no top blog em vc, em troca vote no meu blog também. Nossas categorias são diferntes.

28 de setembro de 2010 08:34  
Blogger Bárbara Rezende disse...

OLÁ VIM AGRADECER A VISITA... ADOREI O TEXTO, BELÍSSIMO!!! VOU LÁ NO LINK VOTAR EM VC!!!

BJKSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

28 de setembro de 2010 09:48  
Blogger Faby Falcão disse...

Texto lindissimo!!!

Muito obg pela visita no meu blog.

beijo

http://byfabyfalcao.blogspot.com

28 de setembro de 2010 11:47  
Blogger Denise Silva disse...

Bom demais ler tuas palavras.
Obrigada por compartilhar a beleza do mundo comigo.

28 de setembro de 2010 12:48  
Blogger Santinha disse...

Vim conhecer seu blog e dizer que amei o texto e sua sensibilidade.
O velho Alincourt nos ensina que a Natureza é o maior exemplo vivo de gratidão.
Seja muito bem vindo!
yvone

28 de setembro de 2010 16:07  
Blogger Nata Fernandes disse...

E que seja bem-vinda a primavera!
Gostei do modo como você escreve, e obrigada pelo elogio lá no blog!
Vou te acompanhar por aqui!

Abraçoss!

28 de setembro de 2010 17:14  
Blogger Pat. disse...

É possível vivenciar os textos que escreves, de tanta qualidade que encontramos neles.

Um beijo!!!

29 de setembro de 2010 06:08  
Blogger Mary West disse...

E que além de ser linda a primavera, devemos tb percebê-la melhor.

29 de setembro de 2010 06:30  
Blogger Lu disse...

OLa Je obrigada pela sua visita no meu blog, fiquei feliz por ter gostado do meu cantinho, espero que volte mais vezes, assim como eu tbem virei mais vezes aqui prestigiar esses lindos textos! E abraços aos ituveravenses kkkkkkkk, que bom que somos visinhos, pois a maioria q me segue no meu blog é de portugal acredita??

Espero te ver no meu cantinho novamente
lucianisss.blogspot.com
com minhas RECEITAS GIGA-DIVERTIDAS, rssrsrs
ate mais

bjaooo

Luciani.

29 de setembro de 2010 08:02  
Blogger Sue Paula disse...

Olá!
É um prazer conhecê-lo!
Adorei estar aqui, o texto é maravilhoso! Obrigada pela visita ao meu blog.
Abracinhos floridos
Sue

29 de setembro de 2010 08:06  
Blogger Pegadas do Coração disse...

Meus parabéns,meu caro! Obrigado pelo convite!
Realmente a primavera é bela..

29 de setembro de 2010 09:20  
Blogger Patrícia Vicensotti disse...

Oie!!
Pela primeira vez visito teu blog,e confesso que já estou aqui a um bom tempo te lendo.
Tua escrita é daquelas que faz a gente querer ir até o final,sabe?Surpreendente mesmo.
Parabéns!Tudo lindo aqui.
EStarei te seguindo :)
Agradeço também por tua visita.

Abraço!

29 de setembro de 2010 12:02  
Blogger Faniquito disse...

Uau depois do que li fica difícil encontrar palavras. hehehe Belo texto...conciso !!! E de onde é que vc tira essas "idéias" ?!? :)

Abraços

Ana

29 de setembro de 2010 13:10  
Blogger Profª Esp. Carina Picolo CREF:068713-G/SP disse...

Jef! Primavera é pura inspiração!! Literatura, poesias, flores, yoga, natureza, nostalgia, pura magia!

Obrigada pela visita! Adorei sua forma de expressar os sentimentos e sentidos, passarei a acompanhá-lo..

Boa noite p/ ti!

29 de setembro de 2010 14:09  
Blogger Regina Artes disse...

Olá Jefh...fiquei muito feliz com sua visita no meu cantinho e extremamente satisfeita em conhecer as coisas lindas que escreve....amei tudo....não sairei mais daqui...
Beijos

29 de setembro de 2010 14:20  
Blogger jefhcardoso disse...

Dreams, fico muito feliz que tenha gostado. Quero que volte. Estarei lhe esperando. Abraço!

Haylla, muito obrigado. Você é muito gentil. As idéias, elas acontecem e eu escrevo. [sorrio]. Abraço!

Ira Buscacio, muita gentileza sua. Seja muito bem vinda. Obrigado por sua atenção e apoio. Um grande abraço!

Fávio Nunes, muito obrigado, amigo. Seu apoio sempre é muito bem vindo. Excelente semana pra você também. Abraço!

Flávia Shiroma, sei lá. No início é meio constrangedor, mas logo depois é possível perceber o quanto as críticas são importantes. Essas pessoas que vieram e me corrigiram são boas pessoas. Cada qual tem um jeito, suas limitações. É preciso saber extrair o que há de bom em cada um. Sou grato a elas. Serei mais ainda se retornarem para corrigir mais. Flávia, não se iniba em comentar algum erro que tenha notado. Com sua delicadeza e elegância será um grande prazer responder, do início ao fim. Abraço!

Rob Novak, muito obrigado, cara. Você foi muito generoso para com o meu texto. Fiquei muito feliz e honrado. Valeu! Abraço!

Fênix, você é muito gentil. Agradeço grandemente o seu apoio. Um grande abraço!

Li [sorrio], muito obrigado! Um grande abraço!

Maura, que delícia de pergunta! Fantástico! Bem, o texto eu construí partindo de vivências. Eu queria dizer algo sobre o início da primavera, que coincidiu com o dia que atualizo o blog. Fiz o seguinte: No formato do Times New Roman “12”, as primeira 3 frases são uma introdução, depois seguem dois textos, um é um inverno de cão, o qual tivemos este ano aqui em minha cidade, o fiz em 15 linhas, o segundo é o início da primavera, que tanto me comoveu, o fiz em 14 linhas, queria fazer em 15, mas não consegui no dia, pois tinha pressa. E no final eu fechei concluindo o texto com outras 3 linhas. Então não sei se saiu bem à fórmula começo meio e fim. Creio que são quatro quartos. Não sei se rebusco, creio que mais busco mesmo. [sorrio]. Muito obrigado por sua pergunta. Um grande abraço. Quero você mais vezes aqui. Pode ser?
Sim, os urubus do meu texto! [sorrio] Que cabeça aminha...
Os números são mera questão de estilo. Eu não quis colocar as estimativas em números redondinhos conforme costuma fazer. Eu quis causar um efeito no leitor. Foi isso. [sorrio]. Mai um abraço!

Ana Carla Benet, muito obrigado. Sou eu quem agradece. Abraço!

Laurabeu, muito obrigado por tudo. Fico muito grato por seus mimos e atenção. [sorrio]. Um grande abraço!

Alessandra, obrigado! Abraço!

Andreza S F Melo, se as categorias são diferentes... está feito o trato. [sorrio]. Boa sorte e muito obrigado!

Bárbara Rezende, vote linda. Vote em mim que pior que ta não fica. [pode umas coisas dessas?] Abraço e muito obrigado. Não repare a brincadeira, é que esse Tiririca é de... Então aproveitei a chance de brincar.

Faby Falcão, sou eu quem agradece. Um grande abraço!

Denise Silva, muito obrigado. Você é linda. Um grande abraço!

Yvone, muito obrigado. Um grande abraço!

Nara Fernandes, sou eu quem lhe agradece. Obrigado pela companhia. Abraço!

Pat., você... sempre gentil. Outro beijo!!!

Mary West, é isso aí. Olhos atentos nas cores da primavera. Abraço!

Lu, agradeço a sua visita, o seu convite, a sua atenção. Curioso isso de portugueses serem maioria entre os seguidores de seu blog. Legal. O abraço está entregue, e um abraço para você também. A gente se fala. Até!

Sue Paula, prazer o meu. Que bom que gostou! Sou eu quem agradece. Abraços floridos então...

Pegadas do Coração, obrigado! E viva a primavera! Abraço!

Patrícia Vicensotti, sou eu quem lhe agradece. Que bom que você foi pega. [sorrio]. Venha mais vezes sim. Muito obrigado! Você é muito gentil. Abraço!

Faniquito, legal! As idéias são tudo que vejo, penso, sinto, vivo, leio, assisto, ouço... Muito obrigado! Um grande abraço!

Profª Carina Picolo, essa sua descrição de primavera está show, tudo de bom! Obrigado e contarei com sua atenção. Abraço!

Rê (Regina Artes), seja muito bem vinda. É um prazer lhe ter aqui. Um grande abraço!

29 de setembro de 2010 14:24  
Blogger Zil Mar disse...

Oi...obrigada pela visita...e tb pelo comentário...seja sempre muito bem vindo!

Adorei seu texto...precioso...e conhecendo a história...fica ainda mais interessante!

bjos...votando em vc...

Zil

29 de setembro de 2010 14:36  
Blogger Renata Reginato - Organização de Ambientes disse...

Olá Jefh.
Vim retribuir a visita e agradecer o convite.
Adorei o teu texto! Parabéns!
Bjs

29 de setembro de 2010 14:38  
Blogger Vera Ferraz disse...

Oi Jefh, obrigada pela visita, vim retribuir e acabo de ler um texto fantástico, parabéns!Bjs

29 de setembro de 2010 15:32  
Blogger Butterflies disse...

Que história maravilhosa. Adorei como você narrou todos esses detalhes.
Como a Primavera é maravilhosa.

29 de setembro de 2010 16:41  
Blogger Garota Veneno disse...

Vc escreve super bem! Parbéns!
beijinhos, beijinhos!
A Garota Veneno!

29 de setembro de 2010 17:47  
Blogger Dark Desire - Ynna disse...

ohhh Jefh primeiramente obrigada pela sua visita no meu Blog.
Segundo, me encantei fácil por aqui...Não me surpreende tantos seguidores. Seu Blog é maravilhoso...A forma como vc escreve é de cativar.
E mais uma seguidora presente!

Beijos

29 de setembro de 2010 22:44  
Blogger Adriana Alencar disse...

Olá! Vim retribuir a visita! Seu blog é muito interessante, parabéns! Realmente, essa postagem sobre a primavera nos faz refletir.
Um abraço,
Adri

30 de setembro de 2010 00:35  
Blogger Coisas da vida disse...

Olá Jefh!
Em primeiro lugar, gostaria de destacar que vc escreve divinamente bem, teu texto é quase uma expressão poética, gostoso, suave e agradável de ler. Estarei aqui sempre. Em segundo lugar, estou retribuindo a visita e estou lhe seguindo tbm ...

Mais uma vez obrigada!

Abraços e muito sucesso.

'Glenda Barros

30 de setembro de 2010 03:48  
Blogger Rosangela disse...

Jefh, agradeço a visita, adorei conhecer seu blog e seus textos são muito inspiradores ,insisti lá com o marcelo sei que ele vai responder boa sorte abraços.

30 de setembro de 2010 06:58  
Blogger Raquel disse...

Jefh
Que legal então nós dois somos Cardoso, legal isso, olha adoreiii esse dom de escrever não é para qualquer um não.
Parabéns e muito obrigada pela visita.
Abraços

30 de setembro de 2010 07:25  
Blogger Michelle disse...

Oi Jefh, parabéns pelo blog, ótimos textos vc escreve! Aprecio muito a leitura.
Já estou seguindo :)

Obrigada por sua visita
Beijos

Michelle

30 de setembro de 2010 07:32  
Blogger Taís Marçal Diniz disse...

Olá, obrigada pela visita.
Seu blog é muito interessante, adorei o texto.
E quanto ao bolo é comestível, a receita esta aqui: http://blogsaborear.blogspot.com/2010/06/arte-na-cozinha.html
Abraço!

30 de setembro de 2010 10:18  
Blogger Bruno Lima disse...

Texto excelente.
Caso sobre um tempo, visite!
Bruno Lima do:
http://brunolimaa.blogspot.com

30 de setembro de 2010 10:22  
Blogger Rose Oliveira disse...

Olá Jefh, lindo texto.
Apesar da minha falta de tempo consegui lê-lo todinho e gostei, rs...obrigada pela visita, volte sempre.
Acabei de votar no top blog, boa sorte. Abs,
Rose.

30 de setembro de 2010 13:53  
Blogger ^^Vivis Angel^^ disse...

Olá Jef,
Muito obrigada pelo convite, realmente valeu a pena!
Adoro ler contos como este, sua criatividade e entusiasmo são nítidos no texto^^
Parabéns!!
Já estou te seguindo e volto mais vezes!!
Um grande beijo!!

30 de setembro de 2010 15:34  
Blogger Rosane Marega disse...

Passando para te deixar um beijo!

30 de setembro de 2010 15:44  
Blogger ENCANTARTE Culinaria e arte em EVA disse...

OI JEFH!!!VIM RETRIBUIR A VISITA E PARABENS PELO TEXTO!! DEUS TE DEU O DOM DA PALAVRA. E VOCE A USA DE FORMA MAGISTRAL!!!PARABENS!!!FLOR.

30 de setembro de 2010 18:53  
Blogger Fabí disse...

Parabéns!!! Belos textos.... tou seguindo!!!!!!

1 de outubro de 2010 04:35  
Blogger *Ronilda *Reis disse...

Olá! Ando um pouco afastada da blogosfera, mas, não resisti ao seu convite e vim verificar "É primavera"! Sempre que termino uma leitura agradável, suspiro profundo...
suspirei!
Obrigada pelo convite, voltarei mais vezes!
abraço.

1 de outubro de 2010 10:51  
Blogger Quelle Carina disse...

realmente estavamos em sintonia escrevendo nossos textos.
:)
o que nos diferencia escrevendo, é que você escreve histórias e eu sou mais direta, mais as duas formas são únicas e belas.
Quelle Carina
http://memoriasquelle.blogspot.com

1 de outubro de 2010 17:20  
Blogger Carla disse...

Lindas palavras.

Aproveitando para agradecer a visita e o comentario no meu blog

5 de outubro de 2010 11:11  
Blogger Paty disse...

olá! obrigada pela visita no meu blog! gostei muito do seu texto e das suas fotos. sou apaixonada por flores, então a primavera p/ mim é mágica mesmo, um renascimento.
a foto que coloquei eu peguei na net, mas existe como aqueles sim! Moro em Floripa mas sou de Porto Alegre, lá tem muitos Ipês como este pela cidade.
Abçs!
Paty

14 de outubro de 2010 03:53  
Anonymous Anônimo disse...

Jefferson, amigo, finalmente deu pra passar por aqui.. Parabéns pelo texto é de uma verdade grandiosa, um abraço e até breve!
Tom Galego

14 de outubro de 2010 16:14  
Blogger Elzira Dourado disse...

Nossa que lindo isso aqui!
Jefh vc é muito criativo...viajei
no seu texto...estou encantada com
tanto dom e talento.
Obrigada pela visita no meu simples blog, pra mim foi uma honra...fiquei feliz com seu comentario, me sinto privilegiada por ter recebido um comentario seu.
Pois vc tem alma de escritor!
Fiquei emocionada por estar aqui...tenha
certeza que vou voltar sempre...!

Tenha otimo dias, com muitas alegrias!

PARABÉNS PELO SEU BLOG!!!

Seguindo vc com toda honra...

Beijos com carinho e um abraço de alma!

25 de outubro de 2010 17:25  
Blogger jefhcardoso disse...

Zil Mar, muito obrigado por tudo. Venha sempre. Abraço!

Renata Reginato, sou eu quem agradece. Que bom que gostou! Abraço!

Vera Ferraz, você é muito gentil. Obrigado! Abraço!

Butterflies, que bom que curtiu! A primavera é mesmo fantástica. Abraço!

Garota Veneno, obrigado! Você é muito gentil. Abraço!

Ynna, obrigado! Fico muito feliz com suas palavras. Conto com o seu apoio doravante. Beijos!

Adri Alencar, obrigado! Quero que venha mais vezes. Abraço!

Glenda Barros, você é muito gentil. Obrigado por sua atenção e apoio. Um grande abraço!

Rosangela, eu continuarei sim. [sorrio]. Fico feliz que tenha curtido. Um grande abraço, linda!

Raquel, será que somos parentes? Obrigado! Um grande abraço!

Michelle, você é muito gentil. Abraço e obrigado por seu apoio!

Taís Marçal, legal esse bolo! Obrigado por vir. Abraço!

Bruno Lima, ok, amigo. Visitarei. Abraço!

Rose Oliveira, muito obrigado por sua atenção. Esse lance de tempo nos aprisiona. Não é fácil não. [sorrio]. Obrigado por seu apoio também, viu? Abraço!

^^Vivis Angel^^, você é muito gentil. Um grande abraço! Obrigado por seu apoio!

Rosane Marega, beijão, linda! Abraço!

FLOR, obrigado! Você é muito gentil. Um grande abraço!

Fabí, obrigado por sua atenção e apoio. Um grande abraço!

Ronilda Reis, o seu suspiro, além de lisonjeiro, renova o meu fôlego. Um grande abraço e obrigado!

Quelle Carina, e viva a sintonia dos blogueiros! [sorrio]. Abraço e obrigado por vir!

Carla, sou eu quem lhe agradece. Abraço!

Paty, aquele Ipê é sem dúvida o mais lindo que já vi em uma foto. Floripa deve ser linda. Sempre vejo em fotos e na TV. Já estive em Navegantes e nas cidades vizinhas, mas Floripa ainda não rolou. Abraço e obrigado por sua atenção!

Tom Galego, é um grande prazer lhe receber. Não perco de vista que você foi um dos primeiros incentivadores deste espaço. Por isso lhe sou sempre grato. Abraço!

Elzira Dourado, a honra é minha. Você é extremamente generosa e gentil. Ao dizer que possuo alma de escritor sinto-me premiado. Muito obrigado, linda. Esteja sempre por aqui. Um grande abraço e foi um grande prazer ter estado em seu blog. Até!

25 de outubro de 2010 17:31  
Blogger Suzana Drummond disse...

Obrigada a visita ao meu blog. Passei aqui para retribuir e me deparei com este lindo texto sobre a primavera. Amo esta estação, pois nasci nela. Para mim é a mais linda de todas. Como diz meu primo: "Tenho apenas duas mãos, e o sentimento do mundo" (Carlos Drummond de Andrade). Você demonstrou ser assim...

10 de março de 2011 14:33  
Blogger Ma Ferreira disse...

Jeff... Tenho lido vários dos seus textos ( digo textos, pq nunca sei diferenciar cronica, conto, poesia, prosa ). Este especiamente tocou meu coração.
Você é uma dessas pessoas que Deus usa para tocar o coração das pessoas com sua escrita.

"Adormeci e sonhei que a vida era alegria; despertei e vi que a vida era serviço; servi e vi que o serviço era alegria. "

(Rabindranath Tagore)

Um grande abraço e muito obrigada pelos comentarios que faz no meu blog.

Um grande abraço,

MA Ferreira

12 de abril de 2011 04:57  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Bom dia lindo amigo!!! Hoje chego na tua casa com muitas flores e desejos de maravilhosa PRIMAVERA! Interessante é que buscando um texto para ler e comentar, escolhi setembro...E você, com riqueza de detalhes havia deixado, a um ano, algo que nos deixa pensando...pensando...
Não vamos esquecer que importa é não desistir, apesar das dificuldades, desáfios e obstáculos que encontramos no caminho...Tudo, sem excessões, floresce!"Cresceu, cresceu, cresceu e logo desprendeu flores e mais flores amarelas. A chuva cessou. O sol brilhou novamente..." Felicidades sempre!!! Abraçosssss!

23 de setembro de 2011 07:24  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Obrigada por ter compartilhado comigo a tua experiência deste dia amigo!!!Acontecem coisas no dia a dia que quem não está presente jura ser uma "estória" apenas...Deve mesmo reeditá-lo, viva cada dia mais esse lindo dom que Deus te ofertou!!!Você escreve e nós (seus seguidores)"entramos" na cena...vivendo as paisagens...tudo!
Grande abraço! Luz sempre!

23 de setembro de 2011 18:10  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial