Amigos

sábado, novembro 13, 2010

LOBATO E O RATO

O rato, sem mentira nenhuma, era maior que o Lobato. Lado a lado, o rato e Lobato, enquanto transitavam no quintal, posso jurar que o rato era maior que Lobato por um rabo ou algo mais.
Joaninho, o vovô Joaninho, lançou a bola para que o menino fosse apanhá-la, mas eis que, por debaixo da entulhada, surgiu um ser até então desconhecido, ignorado pelos da casa.
Vovô Joaninho, tomado por terror e espanto, não conseguiu levantar-se da cadeira de pano firmando-se na bengala. Tentou três vezes, contudo, nada de levantar-se. Foi então que empalideceu, engasgou a voz, arregalou os olhos, e já não presenciou consciente a cena do garotinho Lobato disputando a bola com o gigantesco rato. Ao menos a criança achava que era a bola que pretendia o roedor em suas investidas. O bicho vinha agressivo e mostrava os dentes sujos, grunhia, avançava diante da face do menino.
O garotinho levou a mão e alcançou a orelha do bicho, este se contorceu e desvencilhou-se do pequenino, causando-lhe um pequeno arranhão no dorso da mão, algo que a família atribuiu a algum resvalo nos objetos do quintal. Lobato, ao pressentir o perigo, abandonou a disputa com o roedor. Deixou a bola aos gritos de choro e encaminhou-se de volta para o pé da cadeira onde estava inconsciente o avô. Ergueu-se com o apoio na estrutura de madeira da cadeira de pano. O enorme roedor veio se aproximando sorrateiro e ardil. O pequeno Lobato intensificava os seus gritos, agora de terror. Os gritos alcançaram o ouvido da mãe que limpava resíduos de alimento que o bebê havia derrubado sobre o chão da cozinha. Ao chegar à porta que dava para a varanda, a mulher teve princípios de desmaio ao ver o seu pai com o corpo desfalecido na cadeira e a criança berrando ao lado. Aquilo era sinal de que algo terrível estaria acontecendo. Escureceu-lhe a visão, retrocedeu alguns passos sem controle das pernas, e, para não cair, tentou apoiar-se sobre a pia. Derrubou uma grande jarra de suco de laranja no chão. Recobrou os sentidos, e seguiu rumo à varanda. O barulho do vidro ao espatifar-se provavelmente foi o que fez com que o roedor debandasse.
O velho não estava morto, apenas desmaiado. Isso foi um alívio para a mãe de Lobato. Joaninho levou um dia e meio para dizer algo, e quando disse, só falava de um tal rato gigante que quase teria pego Lobato.
Todos ficaram com pena de Joaninho. Diziam: “Pobre vovô, está a cada dia mais esclerosado”.
Obs. Meu twitter @Jefhcardoso74

93 comentários:

  1. Adorei. Você escreve muito bem.
    bjs!!!!
    ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Nossa.
    Conto de terror. Muito bom, por sinal.
    Beijos!
    PS: sim, sou a princesa entediada =)

    ResponderExcluir
  3. Muito legal seu bloog parabéns , tô seguindo

    ResponderExcluir
  4. Imagine a situação! Isso demonstra bem que nem sempre os nossos idosos estão tão decrépitos quanto julgamos!
    Bom Domingo
    Adri

    ResponderExcluir
  5. Como anda essa casa brother um abraço...

    ResponderExcluir
  6. Ei anjinho Jefh!!!!Boa história gostei...Eu amo ler...Bom finde amigo, Bjks, Bela.
    www.anjinhasdegloss.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Jefh.

    Gostei da histótia do "Lobato e o Rato", muito bacana... Coitadinho do vovô Joaninho... hehe.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Olá Jefh, um abraço, meu vizinho!
    Foi com prazer que recebí sua visita em meu blog ontem! Faltou tempo para vir lhe fazer uma visita, o que faço agora e, com prazer, vejo que seu blog é excelente. Você tem um bom texto, amigo, meus aplausos. Li sua crônica sobre o danado do dentista que está sempre apavorando todos nós, como esta de hoje sobre o vovô esclerosado, ótima. Escrevi algumas crônicas em jornais sobre dentistas, uma delas recentemente, no Jornal O Comércio da Franca, onde assinava uma coluna durante anos. Hoje sou seu vizinho, estou em Franca, pertinho de Ituverava, mas trabalhei muitos anos em São Paulo, em grandes jornais e emissoras de rádio e TV. Cansei-me Jefh e voltei à Terra Natal.
    Vamos continuar nos comunicando, volto sempre ao seu blog e vou colocá-lo como chamada em meu espaço, O.K.? E também segui-lo, você se esqueceu de seguir o meu...

    Um forte abraço...

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  9. Oi?! Obrigada pela visita! Realmente,não há sonho frustrado e sim um sonho em curso! Você tem razão! Gostei muito do seu blog! Continui assim!

    ResponderExcluir
  10. Olá jefh!
    Que texto mais interessante!
    Adorei viu...
    Quanta imaginação e talento...te admiro muito!

    Te ler é um encanto...te seguir é uma honra!

    Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  11. Olá jefh , agradeço muito pelo comentário ao meu blog, e espero que tenha gostado ! Sou apenas uma garota comum como tantas que adora se expressar entre palavras.

    Adorei o seu blog , esta de parabéns , um abraço =* e muito sucesso ! *-*

    ResponderExcluir
  12. Que bacana essa história, fiquei com medo desse rato! Obrigada pela visita em meu cantinho! Um super abraço!

    ResponderExcluir
  13. ver pra crer, Jefh..
    deixemos os mais novos mostrarem sua força, sua vontade de lutar..
    quanto aos mais velhos, descansem em paz!

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Cheguei aqui pela trilha do blog "doutora com asas" da minha amiga Juliana e eis que percebi que estava perdendo uma belíssima paisagem no meu intercâmbio pela vida.
    Engraçado que gostei da sua energia pela foto, pode? E resolvi conferir. E eis que encontrei um poeta talentoso que se descreve como homem comum. E é justamente s sua simplicidade que faz a diferença e faz sua poesia ser marcante!
    Adorei!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. adorei seus textos, já estou seguindo o blog!! e obrigada pela visitinha lá no meu blog!! bjs!!

    www.vivendoemerecriando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, que bom que gostou dos meus posts.
    Tbm gostei do seu blog, mt bons textos.
    Além de ter um grande empenho para escrevê-los né, rs.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Que gracinha de texto!
    Muito bem escrito e gostoso de ler.
    Adorei!

    Beijo

    ResponderExcluir
  18. mto obrigada pela passada do meu blog!
    Adorei o seu e estou seguindo-o;
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  19. gostei do seu texto, muito bom, se der visita o meu, t+

    ResponderExcluir
  20. Oi, Jefh! Fazia algum tempo que não passava por aqui, senti saudade!
    Gostei muito do conto!
    Um final de feriado iluminado pra ti.
    Bj

    ResponderExcluir
  21. Vc falou do meu blog, mas o seu não fica looonge. Adorei, você escreve deeeeeemais!


    :****

    ResponderExcluir
  22. Muito legal teu blog! Já tá nos meus indicados. Agradeço o incentivo e as visitações no meu tb ^^
    Tamires (http://pensamentosdalibelula.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  23. Oi Jefh!
    Obrigada pela visita ao meu blog e pelo elogio a minha família.
    Quanto a escrever não escrevo nada, quem escreve mesmo é tu.
    Adorei o texto, voltarei sempre.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  24. OLÁ JEFHCARDOSO,MUITO OBRIGADO PELO CARINHO DO SEU COMENTÁRIO.
    DESCULPE EU SOU NOVA AQUI E NÃO SEI USAR ISSO DIREITO....NEM MESMO TE RESPONDER,MAS ESTOU TENTANDO ME APERFEIÇOAR .HIHIHIHI
    UM FORTE ABRAÇO EU QUERIA ADD VC NO BLOG MAS NAO SEI BÚA ............KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  25. Jef, olá primeiramente é um prazer.
    Jef querido te agradeço pela visita no meu blog, e pelas linda palavras que deixou registrado através do seu comentário.
    Seja sempre bem vindo e muito obrigada.

    ResponderExcluir
  26. A culpa é do vovô que gera descrédito pela idade avançada.
    Se ele se mantivesse sempre atual, jovem e sensato para os padrões vigentes, com certeza não seria desacreditado e permaneceria relatando efusivamente os contos de Lobato e o Rato. E todos o acreditariam.
    :)

    Interessante história.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  27. Oi querido

    que delícia esse texto, super bem escrito, num português claro e correto.
    caramba, tu tens fãs,hein,guri??
    agora que vi que sou miudinha,miudinha,rss
    vou voltar sempre, com certeza.
    parabéns!!!

    bjos

    milene

    ResponderExcluir
  28. Olá, Jefh, como vai? A propósito de Emílio, conforme o título do poema, foi atropelado. O desfecho é uma provocação. Cabe ao leitor interpretá-lo. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  29. Olá meu caro Jefferson;

    Estou aqui retribuindo a visita que fizeste ao meu modesto blog, confesso que o seu é bem mais interessante! Quando descobrir a conta do PanAmericano te envio...rs..rs.. por enquanto basta comprar uma telesena...rs..rs.

    Um abraço.
    Francisco Brito
    Guarulhos/SP

    ResponderExcluir
  30. Olá querido! Obrigada pela visita em meu blog.
    Adorei seus textos, viu? beijo volte sempre.

    ResponderExcluir
  31. Sempre me divirto com seus textos Jefh...
    ADorei, mais uma vez!!!


    E aproveitando, vim lhe propor um desafio, topa? rsrs
    http://casosacasosereflexoes.blogspot.com/2010/11/desafio-dos-7.html


    Beijos

    ResponderExcluir
  32. gostei de te conhecer e te ler.um beijo no seu coração.vou passando.

    ResponderExcluir
  33. Muito bom Jeff, pode colocar no livro já :)

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  34. Patrícia s2, obrigado! Você é muito gentil. Abraço!

    Letícia, princesa entediada, que bom que curtiu! Beijos!

    Tatiane, obrigado por seu apoio e atenção. Um grande abraço!

    Adri Alencar, precisamos dar ouvidos aos idosos. [sorrio]. Abraço!

    Herberth, tranqüilo, brother. Abraço e obrigado por vir!

    Bela anjinho, [sorrio] que bom que gostou! Bom feriado. Abraço!

    Kate Batista; ai do Joaninho! Ai dele! [sorrio]. Abraço!

    Edward de Souza, fico feliz em saber que você é de Franca. Tenho muitas histórias de sua cidade. Fui estagiário na Sta Casa de Franca(CTI) por quase um ano. Bom período e estudo aquele! Fico muito honrado em saber de sua trajetória na escrita e ter meus humildes textos bem comentados por você. Espero que nos mantenhamos em contato.
    Obrigado por sua generosa visita e pelo convite. Um grande abraço, e continuemos, vizinho. Até!

    Araúja Kodomo, que bom que gostou! Obrigado por vir, linda. Um grande abraço!

    Heloisa de Mesquita, obrigado por suas palavras de incentivo. Um grande abraço!

    Elzira Dourado, honrado fiquei eu diante de tamanha generosidade. Sou muito grato por essa atenção e carinho, linda. Um grande abraço!

    Foi um prazer lhe visitar, assim como está sendo agora lhe receber. Obrigado por sua atenção. Sucesso!

    Sheilla Liz, medonho o ratão. Ratão mau. [sorrio]. Abraço!

    Solange, ai deles! Ai deles, amiga! [sorrio]. Obrigado por sua preciosa atenção! Um grande abraço e bom feriado, linda!

    Maria Helena, você foi uma grata surpresa no meu dia. Consegue imaginar o quanto fiquei feliz com suas lindas palavras? Isso é muito para um homem comum como sou. Sua generosidade não tem medida. Espero lhe ter aqui muitas outras vezes, pois me senti agraciado por suas palavras. Abraço e muito obrigado por vir!

    Paloma Gavazza, sou eu quem lhe agradece por seu apoio e atenção. Abraço!

    Carolins~, eu curto muito o processo de criação de cada postagem. [sorrio]. Mas como você sabe? Abraço e obrigado por sua atenção!

    JLindgri, muito obrigado por seu apoio e atenção. Um grande beijo!

    Intensa***, obrigado por vir. Visitarei sim. Até mais!

    Marinha, que bom te ver aqui! Seja muito bem vinda! Um grande abraço e boa semana!

    Cinderelle, muito obrigado por vir. Foi um prazer lhe visitar. Um grande abraço!

    Tamires Guedes, você é muito gentil. Obrigado por sua atenção e apoio. Um grande abraço!

    Mamãepela2ºvez, sua família é linda. Obrigado por sua atenção. Você é muito gentil. Abraço!

    Eliza, fique tranqüila, está muito bem comentado. Quando a add, continue tentando. [sorrio]. Abraço e obrigado!

    Daniella Santos, foi um prazer. Obrigado por vir. Conto com você. Abraço!

    Rob Novak, meu amigo, você foi impiedoso com o velho Joaninho. Noutras palavras: “Vovô Joaninho, vá se atualizar.” Muito bom, Rob. Obrigado, caro. Abraço!

    Milene Sarquissiano, muito obrigado, linda! Tenho muitos e generosos amigos. [sorrio]. E você não é nada miudinha, você é grande como o seu sonho. Abraço!

    Fábio Mello, obrigado por sua atenção. Já estive em seu blog lhe respondendo. Espero falar-nos mais vezes. Abraço, amigo!

    Francisco Brito, divirjo. O seu blog é que é bem mais interessante, amigo. Estarei aguardando o numero da conta do Silvio. [sorrio]. Abraço e muito obrigado por sua atenção. Saudações à Guarulhos!

    Gabicia, que bom que gostou! Voltarei sim. Obrigado por sua atenção. Abraço!

    Kamomylla, que bom que goste. Bem, quero ver qual é o seu desafio. [sorrio]. Depois lhe responderei se topo. Ok? Abraço e obrigado por lembrar-se!

    Angelina Sá, seja muito bem vinda! Um grande abraço!

    Joakim Antonio, obrigado, amigo. Isso é força que me dá. Abração!

    ResponderExcluir
  35. Passei para deliciar-me nesses textos.
    Bjs no coração

    ResponderExcluir
  36. Jehf, parabéns pelo blog e pelos pensamentos compartilhados, gosto de escrever também porque me sinto a vontade em abrir minha cabeça por completo, e percebo isso nos seus textos, são belíssimos. Obrigada pela visita.
    Continue escrevendo! forte abraço

    ResponderExcluir
  37. bom texto, blog bem montado, parabéns!
    coitado do vovô :~~

    ResponderExcluir
  38. Oi, Jefh, lembro de vc, inclusive já visitei tbm teu blog.
    Sempre que eu puder passo p ler tuas boas histórias.
    Sucesso, querido!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  39. Olá meu bem!
    Obrigada por ter comentado no meu blog.
    hahaha, li seu texto!
    Ótimo, parabéns.
    Quinta-feira iluminada!

    Beijão :*

    ResponderExcluir
  40. hahahahha pobre vovô.
    Ótimo blog e obrigada pela visita.
    Seja sempre bem vindo!

    ResponderExcluir
  41. Final de tudo, "...os nossos maiores problemas estão escondidos aonde menos se espera... somente os olhares puros não se assustaram..."

    Muito bom essa historia..espero que pessoas tenham ponto de vista positivo.

    Abraços e Juizo..=D

    ResponderExcluir
  42. Jheh o texto é muito bom nos fas está lá vivendo o exato momento. Adorei.

    Parabéns escrever é uma arte.

    ResponderExcluir
  43. Ola!
    Jefh obrigada pela visita, me sinto lisonjeada, mas o final esta por demais de longe rs rs
    Abraço.

    Gostei da frase do sonhador viu realmente é verdade.

    Adorei a historia Lobato e O Rato coitadinho do vozinho...

    Até mais

    ResponderExcluir
  44. Um dia ainda paro para me dedicar as leituras deste blog,mas como são muitos textos tenho que ter um tempo com calma.
    Mas vim aqui para dizer que mais uma vez adorei seus textos e que agora estou te seguindo,obrigada pelos comentários ;D

    ResponderExcluir
  45. Muito obrigado pela visita no meu blog e pelo testemunho compartilhardo no mesmo, um grande abraço!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  46. Muito obrigada pela visitinha e valeu pelas palavras eu amei seu blog e já estou te seguindo se tiver msn me adicione joyce-1807@hotmail.com ..Kisses....^^

    ResponderExcluir
  47. Olá Jefh!
    As páginas da semana já estão arquivadas no caderno do passado. Agora há um breve intervalo, pequena pausa. E logo depois um novo tempo que se juntará à história de nossas vidas.

    A construção do futuro não permite desperdícios, não perdoa quem deixa escapar oportunidades ou as joga no lixo como se fossem folhas de papel amassadas. É preciso amor, fé e determinação para alargar nossas fronteiras pessoais.

    A arte do bem fazer proporciona alegria e recompensas em forma de realizações. Um breve olhar de ternura para coisas simples, e aí estão o vôo de uma borboleta o esplendor de uma flor, o mar e o céu, pode despertar para as belezas do amanhã.

    Aproveite o final de semana para celebrar a vida e não se esqueça. Hoje, 19 de novembro é o Dia da Bandeira, vamos homenageá-la.

    Seu link já está em minha lista de blog, lado esquerdo daquele espaço.

    Abçs

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  48. Nossa, muito bom! Através de tuas palavras podemos imaginar cada letra escrita...muito bom mesmo.
    beeeijos

    ResponderExcluir
  49. Olá Jefh, obrigada pela visita e boa sorte no concurso, tô torcendo!

    Um ótimo final de semana

    Beeijo

    ResponderExcluir
  50. Uma graça de Texto =)
    Gostei daqui... parabens por seu espaço!
    Ah, frizando, eu não sou a Martha, ela é a autora do texto que postei.. sobre a a tristeza, é que vivemos em tempos de insensibilidade, ternura minguada, as pessoas se prendem demais ao não sentir..
    Beijos

    ResponderExcluir
  51. Adorei o texto!! E obrigada pela visita e pelas palavras carinhosas!

    ResponderExcluir
  52. POXA MUITO BACANA..ESSA HISTORIA...E AINDA MAIS Q NINGUEM ACREDITOU PQ ERA VELHO D MAIS..C FOSSE A CRIANÇA TER FALADO IA COLOCAR Q ERA COISA D CRIANÇA....POXA LEGAL ESSE HISTORIA...

    ResponderExcluir
  53. E VALEU PELA SUA VISITA.E PELO COMENTARIO..."Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)
    ESSA E MAIS PURA VERDADE....

    ResponderExcluir
  54. Oiee vim agradecer a visita em meu blog ..
    seu blog esta superrrrr show ameiii

    visite:
    http://umquepebranco.blogspot.com
    http://seven-in-seven.blogspot.com

    ResponderExcluir
  55. Caro Jefh Cardoso;

    Agradeço a visita em meu blog e também pelo seu comentário.
    Gostaria de dizer que amei o texto que você escreveu, espero que continue assim, voltarei mais vezes aqui para ler suas novas postagens.
    Peço te também um favor siga meu blog estou começando agora e claro que seguirei o seu.
    Fique na Paz do Senhor
    Abraços

    ResponderExcluir
  56. Oi meu amigo, estou de volta aos blogs... bem, aos poucos, claro, pois ainda estou meio atolado na facul pelo final do semestre... nossa, saudades daqui... abração e até mais...

    Ah... passa lá no meu, tem coisa nova... ahah... abração...

    ResponderExcluir
  57. Cara obrigado pela visita em meu blog.
    Olha parabéns por tudo que postou. Escreve muito...

    ResponderExcluir
  58. Bete, delícia é sua presença aqui. Obrigado! Abraço!

    Rossana Chiara, fico feliz que tenha se identificado. É muito bom escrever. [sorrio]. Muito obrigado por seu generoso comentário e pela força. Um grande abraço!

    Luca Piñeyro, obrigado! Sim, pobre vovô! Abraço!

    Bogos Man, sim, eu continuarei com este trabalho. Obrigado por sua atenção. Abraço!

    Cintia Liana, bom lhe ter aqui novamente. Seja muito bem vinda! Espero-lhe. Abraço!

    Isabela Medeiros, sou eu quem lhe agradece. Você curtiu? Que bom! [sorrio]. Luz pra você também!

    Aiyra Grian, obrigado! Um grande abraço!

    Jean Carlos, é o que eu espero também. Obrigado, amigo. Um grande abraço. Juízo?! Pode deixar. [sorrio]

    Daniella Santos, fico feliz que tenha gostado. Obrigado por sua atenção. Abraço!

    Simplesmente Cristina, que bom que gostou de minhas ofertas de leitura. Muito obrigado por seu carinho e atenção. Um forte abraço!

    Beatriz, que visita mais linda! Muito obrigado por seu apoio, carinho e atenção. Quando vier e ler um montão de textos quero que comente cada um, viu? [sorrio]. Abraço!

    Gilcimar Cardoso, foi um prazer. Abraço!

    Diário da Joyce, sou eu quem agradece. Tenho sim. Irei lhe add. Abraço!

    Edward de Souza, obrigado por esse lindo comentário, amigo. Isso tudo me fortalece. É uma honra figurar a esquerda de seu blog. Obrigado por tudo! Imenso abraço!

    Gabriela Furtado, é lindo o seu comentário. Fico muito feliz quando alguém imagina enquanto lê um texto meu. Muito obrigado por compartilhar! Abraço!

    Karla Thayse, muito obrigado por seu carinho e apoio. Conto com sua torcida. Abraço!

    Tami Santana, ótima a sua escolha. Realmente foi muito oportuna. Parabéns! Abraço!

    Jana Rezende, fico feliz que tenha gostado. Sou eu quem lhe agradece. Abraço!

    Bruno Silva, que bom que você gostou, amigo. Obrigado por sua atenção! Um grande abraço! Sigamos sonhando sempre...

    Lêeh Araújo, você é muito gentil. Obrigado por sua atenção, e por seu convite. Abraço!

    Saulo D’Ângelo Júnior, que bom que gostou. Muito obrigado por sua atenção e convite, amigo. Vida longa e sucesso ao seu novo blog. Abraço e a paz do Senhor!

    Kim Sousa, cara, bom te ver aqui, amigo. Legal que tenha voltado a blogar. Visitarei sim. Grande abraço!

    Gui, foi um prazer lhe visitar. Sou eu quem lhe agradece por sua atenção, apoio e generoso comentário. Abraço, amigo!

    ResponderExcluir
  59. Adorei! Me fez pensar que toda história tem dois lados: o verdadeiro e o que a gente acha que é verdadeiro. Tadinho do vô!!! Hihi. Obrigada pela visita ao meu blog e já adicionei o seu aos meus favoritos! Volte mais vezes! Bjos.

    ResponderExcluir
  60. Gostei da metáfora. Lobato, o Monteiro sendo atacado pelo "RATO"...o texto surreal me agrada. O realismo fantástico! Bravo, parabéns pela síntese.

    ResponderExcluir
  61. Olá Jefh! Retribuindo sua visita ao meu blog...
    Olha, eu com certeza gritaria muito mais que o pequeno Lobato, rsrsrsr...Tenho verdadeiro pavor de ratos e esse "seu rato", acho mesmo que era uma ratazana, daquelas que mais parece um mutante... Admiro quem tem essa habilidade com as palavras, isso é mesmo um grande dom, que precisa ser usado. É o que você vem fazendo e tenho certeza que a cada dia suas palavras se multiplicam. Interessante quando lemos algo, e nos sentimos dentro da história, você consegue isso com seus textos...Desperta sentimentos, nesse caso eu senti "medo, pavor". Percebi como se se fato você descrevesse algo de fato acontecido...Você fechou seu texto, deixando uma reflexão importante:" dar credibilidade à nossos idosos". Percebi outra coisa, não deram credibilidade também para a criança, mesmo depois de seus berros...
    Ah!! Amei o texto "A cadeira do dentista", ria sozinha, pois vivi isso na minha infância e até hoje tenho horror de sentar numa cadeira de dentista. Me sinto tão pequena, perante o tamanho do meu medo!
    Amei te ler!
    parabéns!

    ResponderExcluir
  62. Nooooooooooooossa!!! Adorei o texto parabéns!!!
    Obrigada pela visita!!!Bjos!!!

    ResponderExcluir
  63. Seu blog é legal. Parabéns.
    Não entendi muito bem o que vc quis transmitir na primeira parte do comentário no meu blog.

    Obrigado pelo incentivo.
    Continuemos com nossos sonhos.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  64. Poxa, muito legais os teus textos! Parabéns pelo blog! abç!!

    ResponderExcluir
  65. Adorei o texto! Divertido e surpreendente!
    Voltarei mais vezes...
    Mas... quantos seguidoress, hein?! Quem me dera!!! rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  66. Oii.. adorei o texto, você escreve pra caramba. (=
    Vou me manter sempre por aqui... e obrigada pelo comentário.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  67. Olá tudo bem?

    Muito obrigada por deixar um comentário em meu blog, fiz ele a poucos dias numa disciplina da Pós graduação. Acho que foi você o primeiro a ver ele e comentar também. Fiquei muito feliz.

    O seu blog é muito interessante adorei seu texto Lobato e o rato. Eu gosto de escrever poesias depois de uma lida em algumas delas, tenho muitas mais ainda não postei no blog e essas que estão lá são as mais especiais pois foram as primeiras, principalmente Sentimento Proibido que foi a primeiríssima embora até hoje não vivi aquele amor proibido.

    Depois se você tiver MSN me adiciona luanapaulateodoro@hotmail.com

    Fica Com Deus
    Abraços
    Lu

    ResponderExcluir
  68. Agora sim entendi Jefh.
    Então, obrigado por me tirar essa dúvida.
    Lerei mais textos seus.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  69. iai Jefh como prometi estou aki retribuindo a visita e outra estou te seguindo tambem
    ficaria feliz se você fizesse o mesmo
    gostei do conto LOBATO E O RATO...abraço

    ResponderExcluir
  70. É a mais pura verdade,tudo pode acontecer a sua volta, mas jamais uma pessoa idosa terá credibilidade naquilo que fala tudo por puro preconceito nosso, de não aceitar as suas verdades e experiências. Em sempre achar que todos são esclerosados e inúteis sem perceber as suas vivências.
    A prova do preconceito esta em um leitor seu que comentou. “A culpa é do vovô que gera descrédito pela idade avançada”. A CULPA. Ninguém tem culpa em envelhecer. “Se ele se mantivesse sempre atual, jovem e sensato para os padrões vigentes, com certeza não seria desacreditado...” Essa pessoa, com certeza será um idoso,espero, e a velhice (palavra muito forte deprimente e chocante para uma pessoa) não vai escolher debilitar quem ou não “permaneceu jovem e sensato. Ela simplesmente chega...
    e quando ele perceber, as pessoas a sua volta não lhe darão mais crédito no que fala. Seja sensato ou “jovem”.

    ResponderExcluir
  71. obrigada pelo contato... o seu blog é mjuito interessante! parabéns!!! adorei a história. sou seguidora agora.

    ResponderExcluir
  72. Olá, obrigado pelo comentario em meu blog, parabens pelo belo texto e que Deus esteja contigo e sua familia!!Felicidades!!
    abs
    Edu Cacella
    http://clubecolours.blogspot.com

    ResponderExcluir
  73. oi, obrigada por visitar meu blog, já to seguindo o seu, adorei essa história amanhã eu volto com mais tempo para ler mais, fiquei com dó do vovo joaninho, coitado..........

    ResponderExcluir
  74. Obrigado por acessar o arteemter. E muito mais ainda pelos comentários sobre os "Santeiros do Brasil" Gostei do Lobato @ O Rato. O preconceito quanto ao idoso vovô Joaninho acontece a todo instante por todos nos, que achamos que alcançando uma idade elevadauma pessoa esta esclerosado. Puro engano.

    ResponderExcluir
  75. oi Jefh, li seu texto e gostei, achei bastante criativo, e também gostei pelo fato de ter mexido bastante com minha imaginação. Quero conhecer melhor seu blog. E agradeço o comentário que você deixou no meu blog. Ele é bem recente e o seu comentário foi o primeiro. Abraço

    ResponderExcluir
  76. Show de bola. Quanto talento! Abraço.

    ResponderExcluir
  77. ahaha. adorei! típico isso de não acreditarem no vovô.

    ResponderExcluir
  78. jefhcardoso,vi o Lobato e o Rato...cara pelo que você disse aí,esse rato deu até MEDO em mim.kkkk. Cara você só pode ser escritor...tu tem umas idéias bastantes excepcionais...Eu sou o criador lá da tirinha do Marvin e Stevie,o ET...tinha um comentário seu lá no blog ''Triams-organization'',vlw cara... Ninguem acreditou no Joaninho só porque era idoso e diziam que ele já tava caducando,mas quem leu seu conto...pareceu que estava lá...vlw

    ResponderExcluir
  79. Adorei! obrigada pela visita! Lindos seus textos, você escreve muito! Beijos!

    ResponderExcluir
  80. Saudações ilustre escritor! Li e reli com entusiasmo sua narrativa,muito boa,que nos prende a atenção do início ao fim...Coitado do vovô! rsrs Muito obrigada por sua visita e comentário no lenitivo! bj

    ResponderExcluir
  81. oie jeff aiai venho te visitar, e logo historia com rato, trtrtrrtrt (tremo so em imaginar) rss acho q desmaiaria antes do vovô Lobato rsss. adorei. lindo seu blog, vou vir aqui mais vezes, to me sentindo em casa. bjosss se cuida.

    ResponderExcluir
  82. Super interessante essa história!!!Obrigado pelo convite em fazer um passeio pelos seus textos inusitados!!!Bjus

    ResponderExcluir
  83. Catarine Costa, sim. As histórias possuem muitas versões. Obrigado por sua atenção, e espero merecer o lugar nos seus favoritos. Abraço!

    MCals, sim. Fabuloso Monteiro! Fico feliz que tenha gostado. Obrigado por sua atenção. Abraço!

    Imaculada Cintra, mais que um comentário isso me foi um presente. Sim, temos que ter um olhar mais justo para os extremos da vida. Abraço!

    Lorena Nádja, sou eu quem lhe agradece, linda. Um grande abraço! Beijos!

    Idéia Matutina, sim. Irei novamente ao seu blog, amigo. Obrigado por vir. Um grande abraço!

    Isabel Muniz, fico feliz que tenha curtido. Um grande abraço e obrigado!

    HG, que bom que gostou. Quanto aos seguidores, são pessoas generosas que atenderam ao meu convite gentilmente. Obrigado, por vir. Abraço!

    Suh, muito obrigado! Espero que goste daqui e continue vindo sempre. Abraço!

    Luana Paula, que legal saber que estive na estréia do seu blog. Vida longa para ele. Poesia é muito bom. Venha mais vezes. Irei ao seu também. Falaremos-nos mais. Abraço! Obrigado!

    Diego Naggy, seja muito bem vindo, amigo. Obrigado por sua atenção e pelo convite. Abraço!

    Wilton Pinheiro, infelizmente somos preconceituosos. Cada vida é uma experiência, cada experiência um aprendizado, cada aprendizado uma lição, e cada lição um mestre por trás. Assim vejo a vida. Assim vejo o desperdício das experiências. Obrigado por seu belíssimo comentário, pelos comentários enfim. Um grande abraço!

    Pops & Bites, seja muito bem vinda! Espero que goste. Abraço e obrigado!

    Edu Cacella, sou eu quem lhe agradece. Muito obrigado por suas atenciosas palavras! Abraço!

    Jholie, pobre vovô Joaninho! [sorrio]. Esperarei você voltar com mais tempo. Será um prazer lhe receber novamente. Abraço!

    Pulo Fu, que bom! Obrigado por vir, obrigado por sua atenção e apoio, amigo. Um grande abraço!

    Pensando bem..., foi uma honra ter estreado os comentários de seu blog. Vida longa para esta criança, e que ele atinja tudo o que você almeja com ele. Abraço!

    Cris Buhamra, muito obrigado por sua atenção e incentivo! Você é muito gentil. Abraço!

    Mel, pobre vovô Joaninho! [sorrio]. Abraço!

    Alexandre, poxa, cara... muito obrigado! Parabéns por seu trabalho. Prazer lhe receber aqui. Boas idéias sempre, amigo! Para todos nós. Abraço!

    Mi Cintra, muito obrigado. Você é muito gentil. Abraço!

    Anita Abrantes, obrigado! Agradeço por seu carinho e atenção. Vovôs sofrem. [sorrio]. Abraço!

    dja, faça daqui sua casa, e ela ficará ainda mais agradável para mim. Ratos são uns bichos esquisitos. Muitas vezes causam um medo irracional e desmedido. Creio que concorram com as baratas. [sorrio]. Abraço!

    Silvia Cristina, fico muito feliz que tenha gostado de minha história. Passeie à vontade, linda. Será um grande prazer responder aos seus comentários. Abraço e obrigado!

    ResponderExcluir
  84. Legal! Adorei suas histórias...
    Gostei tanto que vou "seguir". Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  85. Nos gostei muito, e bem interessante mesmo!

    ResponderExcluir
  86. Luany, fico feliz que tenha gostado. Obrigado por seu apoio. Conto com a sua atenção. Abraço!

    Múkaa, que bom que gostou. Obrigado por vir. Abraço!

    ResponderExcluir
  87. Olá Jef...Seu texto é uma delicia de ler.
    Começei a ler e fiquei curiosa em saber o final. Nunca deixei um conto seu pela metade.
    Eles prendem a minha atenção.

    "poeta é quem vê
    o que não é de dizer
    e ainda assim

    diz . Alice Ruiz




    Fala a verdade, algum pescador te contou essa estória? brincadeirinha.

    Muito perspicaz vc. Devia ser psicólogo. Realmente eu estava insegura em assumir tanta cor em minha cerâmicas. Mas os cometários foram tão bacanas... Eu interpretei assim:
    Ma..deixe de besteira e se assuma!!

    Abraço,

    Ma Fereeira

    ResponderExcluir
  88. Retribuindo a visitinha.

    Gostei muito da historia.

    Parabens pelo seu blog. sou novaa fiz Hojje. kk'

    '' Pra ser feliz,basta fazer aquilo que voce deseja''(Nany Borges)

    ResponderExcluir
  89. Boa noite amigo! Sabe, aqui no Sul temos o hábito de chamar de "guri" quando falamos com um "menino", por isso você que é um menino/ homem ou homem/menino... é para amiga gaúcha um "guri talentoso"!!!Adorei o Lobato e o Rato...voltei a infância, aquela "guria" de tranças cheias de fitas, que corria nos campos, conversando com fadas...Como é bom lembrar, tempos de fantásias, sonhos de criança que ficam na mulher que sonha, que lembra...relembra e jamais desiste...NUNCA DESISTE DOS SONHOS!!! Grande abraço lindo amigo, obrigada por essa "voltinha" aos tempos de "guria"...

    ResponderExcluir

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails