Amigos

sábado, março 06, 2010

O Diário de Bronson (05 - Enquanto Dr. Mendelson Viaja)

Ao chegar à residência do Dr. Mendelson, Bronson foi recebido à porta por Crisostomo; Crisostomo era um jovem magro, alto e de fala calma e pausada. Era mais que um simples funcionário da casa. Era mordomo, secretário, chofer, procurador e também uma espécie de fiel discípulo dos ensinamentos de Dr. Mendelson. Crisostomo informou que o patrão havia partido de última hora em uma viajem à negócios, mas que havia deixado ordem para ligar em seu telefone pessoal caso Bronson o procurasse. Enfiou a mão no bolso da calça e retirou o pequeno aparelho, teclou e aguardou um instante; disse duas ou três palavras e estendeu o aparelho para Bronson, que pronunciou um decepcionado alô:
_Salve meu caro determinado Sr. Bronson! Como está?
_Bem, eu creio.Bronson conversava de modo apático diante de Crisostomo que o observava com olhar analítico.
_Sr. Bronson, vejo que conheceu o eficiente Sr. Crisostomo. Ele é como um filho para mim. Acredita que este jovem magérrimo chegou a pesar 180 kg?
_Não duvido, Dr.
_Bem, mas este é outro caso que com tempo lhe contarei em detalhes, agora eu prefiro lhe parabenizar pela continuidade em seu propósito de tornar-se mais leve. Parabéns!
_Tornar-me mais leve. Repetiu Bronson de forma visivelmente apática.
_Sim. Encare por este prisma. Pense: uma vez retirado o excesso de alimentos, cada unidade de peso que não mais levar consigo será equivalente ao quanto se tornará mais leve nesta vida.
Bronson não disse nada, então Dr. Mendelson continuou: _Imagino que deva estar sentindo fome com freqüência. E como não era seu costume chegar a sentir essa sensação, eu creio que esteja bastante incomodando por isso. Certo?Bronson não disse palavra.
_Alô! Você está aí, Sr Bronson?
_Sim. Prossiga Dr.
_Bem, foi justamente para combater estes pensamentos de repulsa para com a fome, que lhe indiquei a leitura do conto de Kafka, “Um Artista Da Fome”. Meu propósito ao lhe indicar tal leitura nada mais foi senão o de lhe oferecer algo em que meditar sobre a natureza da fome. Para ser mais preciso; a natureza do exagero da fome. Não é bom cultuar a fome. Tente não ficar pensando nela o tempo todo. Pense que sempre haverá a próxima confortante refeição; ainda que pequena. Pense na sua próxima refeição e aguarde com a calma da certeza. E não falhe.
Bronson ouvia ao telefone cabisbaixo, com o olhar morto atirado ao chão. Crisostomo lhe observava com toda calma possível de se imaginar, como se estivesse acostumado àquela situação.
Bronson indagou sobre sua dieta: _Quando o Sr. irá prescrever-me uma dieta?
_Sr. Bronson, quanto a dieta prescrita por mim esqueça. Não lhe indicarei dieta alguma. Se você é um comedor de arroz e feijão, como imagino ser, não irei lhe prescrever um utópico salmão na grelha. Coma teu arroz com feijão. Apenas não coma mais que o necessário para as atividades que desempenha em seu dia. Como saber isso? Através da experiência, meu caro amigo. Já sabe o quanto comer de arroz e feijão para engordar. Por tanto não venha fazer-se de besta e dizer que não sabe o quanto comer para “desengordar”. Quanto ao seu pão francês de todos os dias; como imagino que consuma; não irei lhe prescrever pão preto, queijo branco, torrada ou qualquer coisa. Coma o teu pão; com ou sem miolo, com ou sem manteiga, pouco me importa. Mas coma o suficiente. Se meio pão lhe basta para que comer mais? Vai dar na mesma. Você jamais se satisfará pela quantidade que lhe cabe no estômago; isso não é satisfazer-se, além do mais é um parâmetro subjetivo. É enganar-se apenas; empanturrar-se para no instante seguinte empanturrar-se novamente... É isso que tem feito; e isso é uma grande farsa.
Bronson então subiu o olhar morto do chão para firmar um olhar aterrorizado no rosto de Crisostomo, que naquele instante fez um discreto ar de riso; era como se soubesse a razão causadora da reação não contida por Bronson.
_Ah, mais uma coisa Sr Bronson; vá a um cardiologista e diga que fará exercícios e que quer saber se pode. Passará a fazer caminhada para melhorar o aproveitamento das calorias contidas em seus abundantes lipídios e fará também musculação para combater a flacidez que certamente lhe acometerá com a redução de sua massa corpórea. Faça essas atividades em dias alternados e tenha um dia da semana para descansar apenas. E agora vá embora que Crisostomo certamente tem muitas tarefas importantes que lhe atribui; não tome mais o precioso tempo dele.
Dr. Mendelson disse até logo e desligou. Bronson engoliu a seco e devolveu mecanicamente o telefone para o homem que lhe observava agora com irritante imparcialidade.

42 comentários:

  1. Olá Cardoso! Gostei da sua visita e deste texto muito bem elaborado. Tudo muito bem colocado. Para que dieta? O importante e fechar a boca. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Passando pra te desejar um ótimo final de semana.



    abraços


    Hugo

    ResponderExcluir
  3. Fernando, obrigado por vir retribuir a minha visita e obrigado por suas gentis palavras em referência ao meu texto. Dieta é ilusão, o Bronson precisa mudar os hábitos. Abraço, amigo!

    Muito obrigado, Hugo! Você é sempre atencioso. Abraço, amigo e um ótimo domingo para você e os seus!

    ResponderExcluir
  4. Olá amigo, passando pela primeira vez por aqui e amando seus textos. Quanta sabedoria e criatividade!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Ola Jefh, vamos continuar sofrendo junto com o Bronson, essa e historia esta cada dia melhor. Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Vim agradecer a visita, e dizer que seu texto é ótimo...vc tem livros?

    ResponderExcluir
  7. Engraçado, foi assim q perdi os quilos extras q ganhei c/ duas gravidezes seguidas. Sempre digo q tudo q lemos precisamso adaptar à nossa realidade, não dá p/ seguir à risca.
    Abraços, ótima nova semana.

    ResponderExcluir
  8. Oi Jefh.
    Obrigada pela visita.
    Seu Mendelson prescreveu coisas que de fato são verdadeiras numa reabilitação alimentar, não tem porque se privar do que se gosta, nada é proibido pra quem quer emagrecer, só temos que "dosar" as medidas das refeições e acreditar nos sinais do nosso corpo, "ele" nos diz exatamente em que hora precisa ser nutrido, certas fomes são psicológicas, são fomes de carinho, de preencher o tempo e a alma. E como a pessoa não consegue diferenciar as fomes, COME COME E COME e lógico engordam... Hoje consigo diferenciar minhas fomes e respeito o meu corpo.
    Espero que o Bronson consiga seguir as orientações do dr e que emagreça com saúde e pra sempre.

    Abraço.
    Sil

    ResponderExcluir
  9. ótimo conto, muito bem escrito.
    Muito legal o teu blog, tem muitos posts interessantes para ler.
    um abraçó

    ResponderExcluir
  10. Fabíola, você é muito generosa em seu comentário. Guardarei com muito carinho o chamar-me de dono de sabedoria e criatividade (sorrio). Como disse que gostou, espero lhe ver muitas outras vezes aqui. Abraço e muito obrigado!

    Eliane, muito obrigado pela força. Vamos dar as mãos ao Bronson que ele chegará ao objetivo (sorrio). Abraço e muito obrigado por sua atenção que não me tem falatado!

    Luciana, quem agradece sou eu. Quanto a livros não possuo. Tenho publicações em jornais e em revistas, mas tudo regional. Meu trabalho é como fisioterapeuta e a escrita é um sonho que realizo a cada dia. Obrigado por seu gracioso comentário! Espero lhe receber mais vezes aqui. Abraço e ótima semana!

    Dietas prescrita por mim não. Mas dieta prescrita por mim sim. (sorrio). Ella, obrigado por seu comentário! Espero que você venha muitas vezes. Serei-lhe sempre grato. Abraço, obrigado e ótima semana!

    Vanna, obrigado por seu comentário! Reeducação tem que ser pé no chão. Nada de utopia do salmão. (sorrio). Abraço e ótima semana!

    Sil, Dr. Mendelson é o cara. (sorrio). Obrigado por vir e comentar. Abraço e ótima semana!

    Janne, que bom que gostou! Obrigado por vir, um forte abraço e uma ótima semana para você!

    ResponderExcluir
  11. tadinho dele.. é tão dificil emagrecer ( estou precisando) me vi nele.. curiosa esperando a continuação.. beijão

    ResponderExcluir
  12. Nossa Jehf, seu blog é uma delícia, certamente todo mundo que passou/passa pelo monstro da obesidade, ja viveu tudo que vc fala aqui, ja estou te seguindo, confiante na vitória de Bronson, ja perdi 36 quilos, mas como sou pequena, ainda to na obesidade grau leve, mas se Deus quiser sairei dessa, beijão!

    ResponderExcluir
  13. Maria Bonfá, pobre Bronson! Tenha certeza que este calvário está longe do seu final, amiga. Conto com seus comentários. Abraço e ótima semana!

    Fafá, parabéns pela leveza de 36 kg lançados fora! Muito obrigado por sua atenção e estarei torcendo para que você conclua a sua meta. Forzza! Abraço e ótima semana!

    ResponderExcluir
  14. olá. obrigada pelos parabens demorei para postar, mas espero conseguir mais seguidamente.

    gostei da história, vc escreve super bem...

    beijos

    tenha uma ótima semana

    ResponderExcluir
  15. Oi bom dia, passando pra prestigiar seu blog! Ele é otimo!
    E obrigada pela visita!!!

    Bjusss

    ResponderExcluir
  16. Muito interessante seu texto, é assim mesmo q todo mundo se sente qd começa a fazer dieta ou RA, mas sabemos a fórmula mágica pra conseguir.
    Obrigada pela visita!
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. onde é mesmo o consultório do Dr.Mendelson? rsss
    adorei o texto!

    ResponderExcluir
  18. OLÁ JEFH, MENINO QUE CONTO MAIS INTERESSANTE ESSE HEIN, PARABÉNS!NA VERDADE ACHO QUE A PARTE MAIS DIFÍCIL PARA NÓS SERES HUMANOS, É TER A SABEDORIA DO AUTO CONHECIMENTO, DE SABER RECONHECER SUAS VERDADEIRAS NECESSIDADES E SE AFASTAR DOS ENGANOS.ESTOU NESSA LUTA, MAS ACREDITO QUE JÁ CONSEGUI MUDAR MUITO MEU PENSAMENTO E APRENDI A ME VALORIZAR MAIS...BJOS VOLTE SEMPRE AO MEU BLOG.

    ResponderExcluir
  19. Lah, muito obrigado por sua retribuição e por suas gentis palavras. Abraço!

    Bia Jones, seu nome é legal! Obrigado! Espero lhe ver mais vezes por aqui. Abraço!

    Ellis, formula mágica? Sei não. (sorrio). Não sei nem se o Bronson conseguirá. Abraço e muito obrigado por sua visita!

    Sandra, vou verificar o endereço e depois lhe paço. Mas advirto: o homem é casca dura. Abraço e obrigado por seu comentário!

    Bia, obrigado por vir e pelo convite. Voltarei sim. Sabedoria não é coisa que nasce sem luta. Fique firme. Abraço: Jefhcardoso.

    ResponderExcluir
  20. A cada dia a história fica mais interessante.
    Duro é ter que esperar a continuação.
    Tô ansiosa!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito do teu Blog,parabéns!

    Estou te seguindo com o maior prazer, seja bem vindo no Chá das Cinco, sinta-se a vontade.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  22. Um barraco muito gostoso.

    Parabéns!

    Muitas felicidades em 2010.

    ResponderExcluir
  23. Lídia Carla, conto com a sua atenção também para as próximas publicações. Seu comentário é motivador. Obrigado e abraço!

    Ge, muito obrigado pelas boas vindas ao Chá, e por sua atenção em vir. Abraço!

    Eliana, que bom que gostou! Espero lhe ver aqui mais vezes. Até e um forte abraço!

    ResponderExcluir
  24. Pode deixar, amigo. Estarei diariamente por aqui, pois estou lhe seguindo.Seu blog é ótimo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Muito bons seus textos!
    Estou querendo tomar vergonha na cara,
    como Bronson! rs
    Obrigada pela visita, volte sempre!
    Beijo

    ResponderExcluir
  26. Bronson já começou a se irritar com o médico. Este, aliás, foi um pouco estúpido também.


    Abraços, amigo, quando puder, visite meu blog. As portas estão abertas.

    ResponderExcluir
  27. Fabiola, você é que é muito generosa. Conto com a sua presença e comentários. Um forte abraço!

    Mile, tudo o que Bronson tem feito nada mais é, que encontrar em si a sintonia entre suas verdadeiras vontades e as ações cotidianas. Abraço e forzza, Mile!

    Valdeir, o Bronson tem suas razões. E muito obrigado por seu tão gentil convite. Forte abraço, amigo!

    ResponderExcluir
  28. Li todos os 'episódios' de Bronson que havia perdido... e lá segue o diretor (Jefh) com sua função de cortar as cenas e nos deixar sempre com uma deliciosa expectativa... rs Dá um curta isso sabia? Ia ficar massa... hehe

    Qto ao que disse sobre o texto 'A Nova Novidade', se a mudança foi para ser fiel e radical em sua essencia, cá estou eu a aplaudir-te e admirar-te ainda mais...

    prossigamos guri. parabéns pela forma como tem desenvolvido e se envolvido com teu espaço... que já é um tanto nosso né? rs

    abraços. até.

    ResponderExcluir
  29. Valeu pela visita!!

    Quero o livro quando publicares esta maravilha que escreves!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  30. Amando a história, isso me anima!
    beijos

    ResponderExcluir
  31. Tati Guria, a idéia de um curta é fantástica. Será que alguém ainda irá querer produzir? (sorrio).
    Obrigado pelas palavras de apoio ao meu estilo e aplausos para ti, guria, que ao longo dos tempos tem se firmado como uma das maiores incentivadoras desta casa de idéias que é toda sua. Como dizemos aqui no interior: você não precisa bater para entrar... você já é de casa, Tati.
    Abraço e muito, mas muito mesmo, obrigado!

    Ana Matias, será que um dia vira um livro esses contos e poemas? Se virar terás um livro, Ana, pois a terei por uma profetisa. (sorrio). Abraço e muito obrigado!

    Luh, que bom que lhe por motivação. Sua atenção me anima a prosseguir. Conto com seus comentários. Obrigado e forte abraço!

    ResponderExcluir
  32. Delícia de texto o seu, Jefh. Preparei até um Capuccino para me acompanhar na leitura. Uma coisa que o Dr. Mendelson certamente reprovaria.

    Um abraço e muito sucesso!

    ResponderExcluir
  33. Adorei o texto. Muito legal!

    Saudações fashionistas, Bell!
    [http://fashionistabaiana.blogspot.com/]

    ResponderExcluir
  34. olá Cardoso gostei da sua visita em meu blog,birgado por comentar!!!
    Estou seguindo o seu blog ok!!!
    Adorei o texto !!!

    bjs.........súh

    ResponderExcluir
  35. Ei lindo amigo, saudades tambem, mas estou na correia do dia a dia , sei que não tenho dado a devida atençaõ e peço perdão por isso.
    As pessoas pensam que o mais dificilde emagrecer, é na fase onde você perde peso, ou seja no principio quando você está fazendo a dieta . Mas te digo que não é o mais dificil é você depois de perder o peso necessário, manter o novo peso, é ai que mora o perigo do efeito sanfona, pois se nãose policiar volta tudo de novo, o importante é manter a disciplina,e toda vez que for comer além do que está satisfeito, perguntar-se o porque disso? porque estou comendo se estou satisfeito.Isso é importante porque te faz pensar em como você se encontra naquele momento e de como você lutou para chegar lá. E assim foi durante 3 longos anos,E o Dr. Meldeson, tem toda razão em falar de reabilitação alimentar.
    Hoje em dia depois 11 anos tenho o orgulhode dizer que fui forte , consegui hoje sou feliz com o corpo que tenho cuido dele com todo carinho. Porque se a gente não se cuidar quem vai? Não é ? Isso é importante porque quando a gente se ama é também amado.
    bjs meu amigo querido e muito sucesso.
    Lu

    ResponderExcluir
  36. Oi, Jeph...
    Boa noite.Depois de deixar um recadinho para vc no meu blog, eis-me aqui para completá-lo.
    Como vc sou uma trabalhadora(rs...de verdade!) e muitas vezes passei por aqui, li textos e não postei por absoluto cansaço.Presença silenciosa, não ausência.
    Hoje, quero dizer-lhe que vc é um jardineiro de almas e palavras; as primeiras vc conquistou com sua simpatia e gentileza, as segundas, com seu talento.
    Vc é um contador de histórias( não retiro o Manuel bandeira, não senhor)e estes cantam e encantam.Ainda bem que na sua árdua jornada tem sobrado um tempinho para vc vir postar aqui.
    Beijos. E obrigada pelas lindas palavras que me dedicou.

    ResponderExcluir
  37. Loreci, creio que o Dr. Mendelson não reprovaria seu capucino não. Acho que ele apenas lhe diria para ver bem o quanto e quantas vezes consome. (sorrio). Muito obrigado por seu gentil comentário, e espero que retorne muitas vezes para saborear outros textos. Abraço!

    Bell, obrigado! Um forte abraço! E como vai a linda Bahia?

    Súh, sou eu quem agradece por sua visita. Muito obrigado por ficar. Abraço e até breve!

    Lu, venha quando puder. Você vindo já fico muito feliz por seu carinho e atenção tão inerente aos seus comentários.
    Você tocou no ponto chave da coisa: difícil é manter a disciplina uma vez que se reduz o peso. Seu comentário é um verdadeiro depoimento, que da força a todo aquele que está na luta para reduzir o peso. Acho incrível quando diz que já faz 11 anos que mantém o seu peso.
    Amiga, obrigado por vir, e muito obrigado por seu carinho.
    Beijo e sucesso para você também!

    Gizelda, guardarei mais este comentário seu em meu relicário, que é algo que certamente será a fortuna de toda minha história quando não mais tiver forças para vir nesta casa e colocar minhas idéias para apreciação sua e de todos meus queridos amigos, que me lêem no silêncio de seus lares antes de descansar, seja comentando ou apenas guardando algo de mim.
    Muito obrigado e um forte abraço!

    ResponderExcluir
  38. Adorei , o Dr. é mesmo um sábio, mas não é preciso ser doutor...o abc todos sabemos, o mudar que fica mais complicado, mas acredito que o Bronson chega lá :)Ele tem que mudar primeiro é a cabeça....vai bater muitas vezes com ela na parede, mas com o tempo ele aprende com certeza :) E se o bronson tiver uma balança maldita então, esquece, ele é do tipo que joga tudo pro alto hahahaahahahahah, eu nessa minha jornada ardua conheci muitas pessoas que eu apenas em 1 mes de leitura do blogue sabia se esta pessoa iria conseguir vencer a obesidade ou não....mas o bronson tem futuro !!! hahhahaha

    ResponderExcluir
  39. Ex-gordinha, o Dr. é o cara. (sorrio). As favas com as balanças!
    Suas palavras certamente darão força ao por vezes combalido Bronson. Divertidíssimo o seu comentário. E conto com você comentando o Bronson do começo ao fim. Posso contar? Abraço e muito obrigado mesmo!

    ResponderExcluir
  40. Achei q ele foi severo demais.
    beijos.

    ResponderExcluir

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails