quinta-feira, fevereiro 18, 2010

O Aparelho Digestório

Miniconto, microconto, ou nanoconto, segundo consta na Wikipédia, é uma espécie de conto muito pequeno, evidentemente diferente do que se chama “conto pequeno”. No microconto muito mais importante que mostrar é sugerir, deixando ao leitor a tarefa de “preencher” as lacunas narrativas e entender a história por trás do escrito.Certa vez me ocorreu um pensamento curioso. Não sei precisamente qual foi a razão pela qual me ocorreu aquela idéia, mas considerando que vivo uma rotina hospitalar não foi de todo absurda. Tomei nota e guardei no bolso de minha camisa. Talvez no futuro germinasse e me desse um texto. Isso às vezes ocorre. Tempos depois eu assistia a uma entrevista do escritor Marcelino Freire concedida a rede Cultura, e ali ele falava, entre outras coisas, da literatura curta, da literatura que se adéqua bem ao celular, ao Twitter e a essa nossa escassez insana de tempo.Na mesma entrevista Marcelino revelou que o mais famoso microconto do mundo pertence ao escritor guatemalteco Augusto Monterroso. Com apenas 37 letras ele conquistou este feito. Veja:

“Quando acordou, o dinossauro ainda estava lá”.

Após tomar conhecimento desta forma de literatura eu pensei: “Por que não? Por que não aceitar que tenho uma idéia completa, mesmo em poucas palavras?”E foi assim que criei meu primeiro microconto. O impacto desta pequena obra, eu só saberei após algum comentário do amigo leitor ou leitora.

O Aparelho Digestório (por Jefhcardoso):

“Fantástico seu aparelho digestório; carregava-o numa bolsa, a tiracolo.”

Obs. A foto eu fiz ontem. Coloquei apenas para ilustrar a postagem.

57 Comentários:

Blogger Carol Mioni disse...

Eu gosto dessa onda de microcontos. O pessoal marca como microconto #1, #2, ..., #189... gosto mais do seu, com título! =]

18 de fevereiro de 2010 16:11  
Blogger  disse...

olha... seu blog é bom pakas...curti demais...e vlw pela 'continuação' da frase no B.S.

como diria uma grande amiga: "Paz e Força Sempre!"

18 de fevereiro de 2010 16:23  
Blogger Tati Rodrigues disse...

Fantástico... descrever uma cena inteira com apenas uma frase... um efeito e tanto guri... estás evoluindo e deste um efeito belo há uma cena trágica e poética... magistral!

desculpe pelos exageros hoje ao lhe render elogios... mas apenas pra que saiba e não se impressione, não estou sensivel, nem em periodos melancólicos... ao contrário, com a racionalidade a flor da pele...

obs: apenas minha velha mania de justificar as coisas né? rsrs

bjs guri. volto depois. espero que seja breve.

18 de fevereiro de 2010 17:48  
Blogger Paulo Braccini disse...

fantástico ... conhece o Samir Mesquita do Dois Palitos? genial ...

"Elvis não morreu! Então me veja mais 10g ..."

Menage a Trois
Tira esta mão daí! ... Não é a minha! ...

;-)

18 de fevereiro de 2010 18:01  
Blogger jefhcardoso disse...

Carol, eu não conheço muito bem este movimento, mas o acho natural, acho que assim como os poemas, esta forma literária acontece. Quanto ao colocar um título... sei lá, acho que tudo que é criado precisa ser batizado (coisa de cristão que temeu morrer pagão; sorrio). Abraço moça!

Zé, sua frase era irresistível... obrigado por vir e paz e força par você também, amigo!

Tati menina, muito obrigado pelo elogioso comentário (sorrio)! Magistral é a primeira vez que alguém me dedica (sorrio novamente). Adoro essa sua mania de justificar um elogio. Acho tudo que você faz bem sincero. Obrigado pela força e um abração para você, guria!

Paulo, eu ainda não tive o prazer de conhecer Samir. Irei conhecê-lo com toda certeza. Humor é uma das maravilhas engenhadas pelo criador, mesmo quanto tal qual o avião essa maravilha é usada para a destruição (sorrio). Abraço, amigo; prazer imenso lhe ter nessa casa!

19 de fevereiro de 2010 00:35  
Blogger Eliane disse...

Tai gostei desse seu microconto!

19 de fevereiro de 2010 02:28  
Blogger Daniel "Beça" disse...

É Jefh, artistas como nós (eu?), temos que nos adequar aos avanços e a falta de tempo (desculpa para a preguiça, na minha opinião) e dar nossos pulos para agradar esse público que domina tecnologias mas pouco conhecimento. Desafiemo-os!

19 de fevereiro de 2010 04:22  
Blogger Joéliton dos Santos disse...

Boa tarde...
Graças a Deus meu livro chegou e o pessoal gostou muito. Estou pegando de 10 e 10, por falta de dinheiro para fazer um grande pedido. Mas o pessoal está gostando muito, estão achando linda a história.
Muito obrigado por estar torcendo por mim... Agora estou no capítulo 5...Terminando..e ja se preparando para o 6...rs..

Tudo de booomm..
Abraços.

19 de fevereiro de 2010 06:22  
Blogger ๋ஜ Ganga Flor ๋ஜ disse...

Olá!
Também gostava de escrever assim como voçê...tem umas ideias muito giras...eu gostei...e como dizem os meus meninos ficou muito boinito!!!

19 de fevereiro de 2010 11:58  
Blogger Silvia Masc disse...

Aceita um nano comentário?
Adorei!.
beijinho

19 de fevereiro de 2010 12:31  
Blogger Luciana Saldanha disse...

Eu de novo!!!!!!!!!!!rsrsrsrsrsrsrsr
Mas desta vez a escrever que:
Mesmo que seja pequeno este conto,saiba que ele se faz presente.
E por isso marca ponto por ser diferente.
Muito criativo.Bjs Lu

19 de fevereiro de 2010 15:55  
Blogger Luana Ferraz disse...

Nossa, que bacana.

Um beijo

19 de fevereiro de 2010 16:54  
Blogger Astrid Annabelle disse...

Olá Jefh!
Gostei bastante dessa idéia do microconto. Muito mesmo. Deu asas à minha imaginação!
Me tornei sua seguidora...
Namasté!

19 de fevereiro de 2010 17:02  
Blogger jefhcardoso disse...

Eliane, que bom que gostou! Espero que venha muitas outras vezes nesta casa.

Salve Beça, é isso aí. Penso que é necessário experimentar outras formas de texto. Afinal as linguagens são várias e nós, escritores de blogs, temos plena liberdade para ousar.

Joéliton, fico muito feliz que continue firme em seus trabalhos com a literatura e também pela realização de seu livro. Torço por você como um bom torcedor de sonhos. Tudo de bom para você também, meu jovem amigo!

Ganga, obrigado pelo gira (gosto desta expressão lusitana). Muito obrigado por sua atenção!

Silvia, um nano sorriso; brincadeirinha. Obrigado e beijão para você! Volte sempre.


Luciana, não há motivos para se desculpar. Eu entendo perfeitamente. Tenho tido grande dificuldade de dedicar tempo ao cultivo do blog também. Olhe, o importante é que não se esqueceu deste teu amigo de blog, nem tão pouco deixou de me tratar com grande carinho. Tudo de bom para você e venha quando puder. Será sempre muito bem vinda. Sabe disso. E eu quero muito ver os seus vídeos no youtube. Como faço?
Fico feliz que tenha gostado de meu microconto. Foi o de estréia nessa forma literária (sorrio).

Obrigado, Luana! Um grande abraço e venha mais vezes! Será um prazer recebê-la.

Astrid, está idéia é um conceito novo para mim também. Aproveite e libere a sua imaginação. Namasté (sorrio)!

19 de fevereiro de 2010 17:35  
Blogger Camilla para os menos íntimos... disse...

sumiu?

te espero no meu blog para fazer aqueles comentários sempre interessantes...

beijos no coração.

axé!

19 de fevereiro de 2010 18:16  
Blogger Camilla para os menos íntimos... disse...

eu vou tentar escrever um... na verdade acho que já escrevi vários sem saber... rs!

19 de fevereiro de 2010 18:17  
Blogger jefhcardoso disse...

Olá Camilla! Como vai você?
Pode contar que estarei em seu blog a comentar. Estou mesmo com saudades dos seus textos, mas a escassez de tempo nos impede de ler e visitar o quanto gostaríamos.
Obrigado por vir e um forte abraço!

20 de fevereiro de 2010 01:14  
Blogger A.Tapadinhas disse...

Acho que me deixou um brinquedo fantástico!

Eu, na minha actividade de pintor, algumas vezes, necessito de me distanciar da obra que estou a realizar, para quando a voltar a olhar apreciar melhor pormenores menos certos da sua execução. Esses momentos, poderão ser aproveitados a conceber a ideia de um microconto. Tem uma vantagem enorme, porque não é necessário nenhum equipamento especial: qualquer cérebro o pode conceber e guardar...

Quanto ao seu (dele) aparelho digestório, espero que continue a funcionar bem, como ficou demonstrado que o "aparelho" de pensar do seu autor funciona optimamente...

Foi um enorme prazer ler alguns dos seus textos. Voltarei!

Abraço,
António

20 de fevereiro de 2010 03:44  
Blogger Karlos Junior disse...

Fala Jefh!! Não tinha muito conhecimento sobre o assunto, é uma abordagem interessante, acho que como a Camilla já escrevi alguns sem saber. rs

Parabéns pelo blog. Abraços :)

20 de fevereiro de 2010 07:41  
Blogger Amora disse...

Oi post muito interessante o seu site através desta que eu estava muito interessado em suas notas até bem cedo.

20 de fevereiro de 2010 08:34  
Blogger Zisco disse...

Crregava-o dentro de si, não haveria de ser ao colo, hahahahahaha!!!!!!!!

20 de fevereiro de 2010 13:57  
Blogger o mar e a brisa do prazer de aprender disse...

OI!!!!!!!!!!! gostei da ideia. A palavra dita com força não precisa ter muitas palavras.
Venho visitá-lo sempre que o meu estiver livre para deliciar-me no seu blog.

20 de fevereiro de 2010 16:00  
Blogger LeeK- "aprendiz de sonhador" disse...

OLA, QUERIDO JEF, OBRIGADA PELO CONVITE AO SEU BLOG, ADOREI...
ENTÃO, COMO VC SABE, NÓS BLOGUEIROS NOS REALIZAMOS COM A NOSSA ARTE QUANDO É RECONHECIDA, QUANTO OS COMENT'S VEM...VEM.. APRECIANDO NOSSO TALENTO.
QUERO LHE DIZER QUE FOI E SERÁ UM PRAZER LER VC,
QUANTO AO MICRO CONTO, HARMONIOSO, COM CERTEZA,
" COMO DIZEM... PRA BOM ENTENDEDOR MEIA PAL'VRA B'STA...

ABRAÇÃO

JÁ SOU SUA SEGUIDORA...OK.

20 de fevereiro de 2010 16:01  
Blogger Valdeir Almeida disse...

Jefh,

Parabéns pelo blog.

Publiquei seu comentário lá no meu blog. Para mim, seu pedido é importante, pois seu blog tem qualidade.

Voltarei aqui. Espero que você também volte lá no meu blog.

Você também gosta de escrever. Teremos muitas figurinhas para trocar.

Abraços. Bom domingo.

20 de fevereiro de 2010 17:20  
Blogger Valdeir Almeida disse...

Ah! Estou seguindo você no Google Friend

20 de fevereiro de 2010 17:21  
Blogger Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

É um bom exercício de escrita.
Gostei.
Obrigada pela visita.
Volte sempre.

20 de fevereiro de 2010 17:53  
Blogger {♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

Bom Dia!
Vim agradecer sua visita
em meu Blog!
Parabéns pelo Blog!

Um excelente dia para você...

20 de fevereiro de 2010 23:52  
Blogger jefhcardoso disse...

António, acho que esta forma de literatura, a de microcontos, é uma excelente maneira de relaxar e desafiar a criatividade. Obrigado pelo elogioso comentário! Espero que retorne muitas vezes a esta casa. Abraço!

Karlos, essa idéia é aproveitamento 100% de tudo que escrevemos (sorrio), aí está. Aproveite as suas criações que iam guardadas como as da Camilla. Abraço!

Amora, obrigado por vir! Espero que volte mais vezes e com tempo (sorrio). Abraço!

Zisco, boa essa; visceral (sorrio). A idéia é esquisita mesmo, não tem jeito; o sujeito carregava o equipamento para todos os lados, fora do corpo, mas funcionando que era uma beleza. Parecia uma serpente enrolada. Não era muito grande, mas também não era pequeno. Do esôfago ao anus e passando pelo colo, tudo cabia numa bolsa (sorrio). Abraço!

Mar e Brisa, estarei lhe esperando com as portas desta casa abertas e festejarei mais uma vez o seu comentário. Obrigado e abraço!

Leek, nós blogueiros somos todos aprendizes de sonhador a navegar neste mar virtual. Fico feliz que tenha vindo, gostado do microconto e ficado conosco como uma incentivadora. Muito obrigado e forte abraço!

Valdeir, muito obrigado por toda sua atenção, amigo. Muito obrigado por atribuir qualidade a esta casa e ainda afigurar-se como incentivador. Iremos sim trocar muitas figurinhas sobre os escritos, amigo. Abraço e ótimo domingo para você também!

Amiga do Cafa, concordo que seja um ótimo exercício. Diria mais, é também um grande desafio de concisão. Para mim foi um achado. Voltarei ao seu blog com toda certeza. Abraço!

Anna Luísa, sou eu quem lhe agradece pela visita. Muito obrigado e um excelente dia para você também! Abraço!

21 de fevereiro de 2010 04:32  
Blogger Anne Lieri disse...

Jeff,uma nova maneira de expressão!Muito criativa!Já ouviu falar dos poeminis?São assim tb,pequeninos poemas que dizem tudo em poucas palavras.Gostei bastante de conhecer seu blog e agradeço sua visita!Abraços,

21 de fevereiro de 2010 04:45  
Blogger Angelo disse...

Achei muito interessante este seu blog e estou fazendo parte dos seus seguidores... Felicidades...

21 de fevereiro de 2010 07:50  
Blogger Luciana Saldanha disse...

Bem meu amigo!!!!!!!!!! Para ver meus videos no youtube é só digitar meu nome em pesquisa, assim:lucianasaldanha. E pode ter certeza que amei de chamar-me de sorriso, pois esta é uma de minhas marcas, beijos no coração Lu

21 de fevereiro de 2010 07:51  
Blogger jefhcardoso disse...

Anne, eu não sabia dos poeminis. Muito obrigado por trazer-me tão preciosa informação; tenha certeza de que tentarei produzir algo neste formado ou mesmo utilizar algo que eu já tenha guardado. Obrigado por vir e um grande abraço!

Angelo, muito obrigado por seu apoio. Espero que se torne freqüente nesta casa, pois é muito bem vinda a sua pessoa. Abraço!

Lú, seu sorriso me alegra! Irei imediatamente conhecer os seus vídeos poemas no youtobe. Estou muito curioso. Abraço!

21 de fevereiro de 2010 08:55  
Blogger Blog de Ana Marly Jacobino disse...

Caríssimo Jeff, entrei no seu blog, através do meu para entrar no da Ivana, e por fim entrei no de Anne e vi você escrever sobre o Osho, como tenho predileção poe este Mestre Iluminado, cá estou eu já seguindo você. Penso que esta frase do nosso Mohan Chandra Rajneesh (Osho):" sempre que houver alternativas, tenha cuidado. não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso. opte por aquilo que faz o seu coração vibrar. opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as conseqüências. " Ana Marly de oliveira Jacobino

21 de fevereiro de 2010 08:59  
Blogger jefhcardoso disse...

Ana Marly, obrigado por vir! Gostei da maneira que conta como chegou; amo os fenômenos da comunicação.
O Palavras de Osho é um blog sólido, há ali um fantástico trabalho. Sou presbiteriano, porém não me sinto impedido de admirar a sabedoria onde ela nasce e floresce como bem.
Fiquei muito feliz de ver o seu belo sorriso ornando o meu lindo quadro de incentivadores. Espero que este seja apenas o primeiro de muitos contatos.
Abraço e um ótimo domingo para você e para os seus!

21 de fevereiro de 2010 09:08  
Anonymous Lu Barros disse...

agradeço a visita ao meu blog, venha sempre!, é um convite que faço para os que curtem como eu belos textos, poemas dos imortais e mesmo ds novos escritores, ainda arrisco a postar textos pessoais de vez enquando,digo isso porque não sou escritora, mas gosto de deixar a alma falar alto quando necessário. Obrigado!!!

21 de fevereiro de 2010 09:25  
Blogger Coluna Dos Deuses disse...

Você me pegou!!!!
A ideia é interessante.
Acabou de preencher o meu domingo, apetece-me pensar no que escreveu.
Para começar vou adicioná-lo, assim estarei mais perto das ideias que já moram por aqui.
Abraço

21 de fevereiro de 2010 09:32  
Blogger Ana Ventura disse...

Olá!
Gostei do microconto! Vou pensar seriamente nisso! é suscinto, nada prolixo, gosto disso!
Gostei também do Jardim da morte? Não é este o título, mas é quase, e eu adoro o tema, tenho uma certa afinidade com a tal dona...
Vou adicionar seu blog ao meu, não tenho muito tempo para visitas, mas as ocasionais são sempre cheias de boas surpresas!
Abraços,
Ana Liliam

21 de fevereiro de 2010 11:13  
Blogger Nilredloh disse...

Olá Jeff, adorei o ambiente deste blog e lembrei-me da canção das palavras do Syd Barrett (fundador dos Pink Floyd infelizmente já falecido, aos 60 anos...), em que a letra eram simplesmente palavras, umas a seguir às outras, associação livre; isso também me lembrou de um poema cantado por Adriana Calcanhoto, do colecionador de palavras (e o poema dava algo semelhante ao de Syd Barrett). É muito difícil dizer muito em poucas palavras! Quanto ao dinossauro, lembrou-me uma do Onion: "Criacionismo e Darwinismo ficaram mais complicados depois de se ter descoberto o fóssil de um Tyranossaurus rex a devorar um Anjo" hehehe:)
um abraço,
Jorge

21 de fevereiro de 2010 12:55  
Blogger Z.A. Feitosa disse...

Obrigado muito pelas atenciosas palavras e carinhosa visita. Que Deus o bendiga com muitos êxitos. Força e luz! Z.A. Feitosa

21 de fevereiro de 2010 13:23  
Blogger Lua disse...

Talvez minha mente seja voltada para uma interpretação masi intima. Mesmo assim eu digo que achei demasiadamente interessante.
E por sinal, acho essa história de microconto maravilhosa!
Beijos

21 de fevereiro de 2010 15:40  
OpenID cidda disse...

Obrigada por apresentar-me esse gênero. Quero saber mais sobre ele.
Legal isso de dizer as coisas em poucas palavras e convidar o leitor a entrar.
Eu, que confesso não ser nada sucinta, admiro essa sua habilidade.
Parabéns!
Abraços,
Cida.

21 de fevereiro de 2010 16:19  
Blogger jefhcardoso disse...

Lu Barros, sou eu quem lhe agradece. Estarei atento as vozes de sua alma e também a dos poetas que você oferece para o deleite dos leitores. Abraço!

Coluna dos Deuses, fico muito feliz por ter lhe oferecido algo para ornar o domingo. Espero que se divirta grandemente. Muito obrigado por sua simpatia. Abraço!

Ana Lilian, minha filha se chama Ana e minha irmã caçula Lilian. (sorrio). Fico muito feliz que tenha lido além do convite que lhe fiz. Espero lhe ver mais vezes nesta casa. O nome do conto é esse mesmo e +O (sorrio). Abraço!

Nilredloh, seu maravilhoso comentário cheio de cultura eclética e citações é algo que me deixa feliz e honrado. No ano passada eu conheci a Adriana Calcanhoto pessoalmente. Talvez queira ver as fotos que fiz com ela. Para isso terá que ir as profundezas de meu blog. (sorrio). As fotos estão no início da serie Cartas a Tás.

Obrigado Feitosa! Obrigado pelo carinho e pela benção de comentário! Forte abraço!

Lua, os microcontos são mesmo uma sensacional forma de expressão. Todos que escrevem deveriam desafiar-se. É muito bom. Abraço!

Cidda, fico feliz em ser útil na apresentação desta maravilhosa forma literária. Obrigado e um grande abraço!

21 de fevereiro de 2010 16:29  
Blogger Isabel Ruiz, disse...

Oi Jefh.
Confesso que não conhecia essa forma de literatura. Achei interessante e, pelo que entendi, o leitor acaba sendo um pouco autor, já que a interpretação dependerá do entendimento de cada um. Acertei?
Bjs
Bel

22 de fevereiro de 2010 11:35  
Blogger jefhcardoso disse...

Sim Bel. É isso. O leitor cria através da sugestão de imagem uma situação. Viu que coisa fantástica?!
Bjs!

22 de fevereiro de 2010 16:54  
Blogger De acordo com disse...

Vlw, Jefh!
Recado dado. =)
Teu blog é muito bacana.
Depois vou adicioná-lo na 'bogosfera'.
Abraço!

23 de fevereiro de 2010 03:22  
Blogger jefhcardoso disse...

De acordo com, valeu! Muito obrigado por adicionar-me! Forte abraço!

23 de fevereiro de 2010 14:48  
Blogger joana disse...

Jefh
Não conhecia esta onda de "micro conto",apesar de que eu mesma ,não consiga escrever um conto grande.
Trato sempre de em poucas palavras dizer o essecial...
Post fantastico!Gostei muito.
beijnhos
joana

28 de fevereiro de 2010 23:47  
Blogger jefhcardoso disse...

Joana, é isso; uma forma de comunicação rápida, adequada as mídias que veiculam mensagens curtas. Algo bem adequado a essa nossa correria cotidiana. Acho bem válido; diria mais, acho que todos que escrevem deveriam experimentar produzir algo nesse formato mini. É bem divertido. Abraço e obrigado por comentar!

1 de março de 2010 01:43  
Anonymous Márcia Madela disse...

Olá Jefh!
Obrigada pela visita no meu blog!

Li seu microconto e adorei!

Confesso desconhecia esse estilo literário. Acho muito eficiente e criativo, principalmente para os dias de hoje(corridos e cheios de informações).
Você possui twitter? O microconto é perfeito para essa rede social!

Beijos!

Márcia Madela

2 de março de 2010 09:48  
Blogger jefhcardoso disse...

Márcia, concordo com o que disse sobre o microconto ser uma forma eficiente e criativa de literatura. Muito legal a forma como colocou o assunto. Quanto ao Twitter eu tenho sim, mas devido à falta de tempo ainda não consegui trazer para cá e começar a fazer uso - na verdade tive alguns probleminhas para instalá-lo; não possuo muita habilidade para estes manuseios; mas tentarei novamente. Um abração para você e muito obrigado pelo comentário!

2 de março de 2010 15:34  
Blogger Patokata disse...

Hola, vengo desde Musas Mis Locas por la curiosa tu sitio.
Gracias por tu visita a los temas que cuenta y más ... y visitarte por recomendarme.
Muy cierto afectados por esta entrada es bueno tomarse con humor las dudas, hay que actualizar con la tecnología mucho más!
Un gusto leerte, mais vendre seguido para ponerme al día con tus escritos, te estoy Siguiendo.

Un saludo

6 de março de 2010 19:10  
Blogger jefhcardoso disse...

Patokata, achei lindo você vir e dedicar sua atenção aos meus escritos, achei divino você afigurar-se por seguidora. Pretendo colocar em breve uma ferramenta de tradução, assim facilitará a leitura dos amigos de outros países. Un saludo pra ti também!

7 de março de 2010 02:55  
Blogger Pérola disse...

Posso lhe ser franca?
Sou professora,atualmente diretora de uma escola e confesso a vc q desconhecia o micro-conto.
Já trabalhei com muitos contos, uma leitura bastante rica e q gera informações q podem muito ajudar no aprendizado.Mas micro-conto é novidade para mim. Vivendo e aprendendo rs.E olha q eu fiz pedagogia rs.
O seu micro-conto foi bem interessante rs.
Parabéns,gostei.Mais uma p/o meu currículo educativo.
Beijokas.

16 de março de 2010 19:15  
Blogger jefhcardoso disse...

Fez pedagogia? Que legal! Eu já estava curioso. Qual será o outro curso que fez?
Fico muito feliz em lhe trazer algo. Os microcontos são legais. São perfeitos para as novas tecnologias de comunicação curta e objetiva.
Abraço!

19 de março de 2010 19:01  
Anonymous Cátia disse...

Oi meu Lindo!
Confesso que assim que vi seu blog fiquei encantada! Comentei até com a Roseli...
Sinceramente não conhecia esse Dom maravilhoso que vc possui. Continue escrevendo e saiba que a partir de agora ganhou mais uma Fiel Leitora!
Primo bjs para vc e que Deus ilumine sempre o seu caminho!
Cátia

26 de março de 2010 19:13  
Blogger Ma Ferreira disse...

Ah..sou suspeita..gosto de td que escreve.
Achei parecido com um kai-kai.
( amo hai-kai ). Será que escrevi besteira..
Mas assim..Uma frase completa..com enredo.
Não conhecia micro conto. Aprendi mais uma coisa hj. To feliz!!
Um beijo, com carinho,
Ma Ferreira

31 de maio de 2011 18:44  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Querido Jefh,amigo de longe e tão próximo através das páginas do Blog...Que bom isso!!!
Olha eu adoro mini conto, mas te confesso tenho uma dificuldade enorme em resumir, sintetizar o quero falar ou escrever...vou aprendendo com você!Um abração e um final de semana com paz, amor e muita alegria a você e a todos que ama!!!

9 de julho de 2011 06:11  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial