Amigos

sábado, junho 30, 2012

O CHUPA CANAS

‘Não agüento mais este serviço. Preciso arranjar outro. Você não sabe de outro lugar onde estejam precisando de gente pra trabalhar?’ Ela não era bem o tipo que preenchia os padrões dos perfis ao longo do percurso de um emprego. Vivia recentemente empregada, desempregada, e à procura de trabalho. Era o tipo que sempre tem uma sogra para levar à consulta, um filho para levar ao pronto socorro, uma tia para levar à farmácia para tomar uma injeção qualquer, uma mãe agendando uma cirurgia que nunca acontece, ‘diabo de SUS este onde a fila não anda’, ela dizia. Após o primeiro mês, frequentemente faltava ao trabalho e se justificava pelo momento e comportamento da saúde pública no país, a saúde pública calamitosa de seus familiares, os legítimos e bem conhecidos representantes do povo, da nação brasileira. Mas na verdade ela já não estava bem na floricultura. E nada que é pra ser eterno dura para sempre, e então veio a infelicidade no novo emprego. Eram tantas as flores, eram tantos lírios e rosas, margaridas e cravos, crisântemos e flores do papai, eram tantos os espinhos, os fregueses, gente com e sem educação, gente com e sem paciência, troco certo e troco errado, um pano pra toda hora esfregar o chão, patroa, patrão, patrão... Ele tinha os cabelos mais brancos do que grisalhos, a barriga de quem só assisti ao jornal e dorme logo após a novela, as calças, as meias, os sapatos, o cheiro e as camisas sociais do longínquo século passado. Usava óculos de lentes grossas e armação larga, loção pós-barba, só falava das notícias do noticiário e das noticias da cidade, do jogo da véspera e do próximo. Ninguém imaginaria que ele, aquele homem austero, um avô consolidado, um exemplar pai de família, um cidadão modelo e respeitado na comunidade fosse, na verdade na verdade, um devasso. Ela já não agüentava mais as investidas do velho tarado. E não era apenas o fato de ele ser muito encarado, ele encarava, coçava as coisas, o negócio, ela dizia e explicava, ele coçava o negócio dele e depois chupava cana. Ela explicava como ele fazia.  Ele dava uma longa sugada de saliva entre os dentes incisivos da arcada inferior emitindo um som do tipo produzido quando alguém chupa uma cana que já está sem caldo, uma cana no bagaço, ela explicava de modo muito didático e com outras palavras, ela até o imitava emitindo o som de uma chupada de cana com finalidade de assediar moralmente. Era amplo e variado o repertório do velho devasso. Enquanto as funcionárias cortavam das rosas o talo, o cafajeste passava encarando as nádegas das três funcionárias e coçando o negócio, e chupando cana. E a patroa, a esposa, era uma coitada, uma santa. Vivia com dores na coluna, no ombro, no joelho, no joanete, na cabeça, na unha, no pescoço, nos rins, no estômago...  Ele implicava com as dores da pobre na frente das funcionárias e até dos clientes. A empregada da casa, quando ia à floricultura levar ou buscar algo, comentava com as funcionárias que ouvia as discussões do casal. Ele exigia da mulher o que a pobre já não queria lhe dar justificando-se pelas dores e idade, então ele ficava furioso e dizia que precisava, dizia que tomava o azulzinho e que após o azulzinho precisava, sabe? E tudo piorou nos últimos dias onde, pela manhã, ao chegarem à floricultura, ele deu de querer apertar a mão e abraçá-las. ‘Um “Deus nos acuda!”’. E o resto do dia seguia entre secadas e chupadas de cana na cara dura. Ela contou ao marido, o marido achou que era o caso de quebrar a cara do velho, mas ela disse que precisava do trabalho, o marido ponderou que o orçamento estava mesmo apertado, ou pior, deficitário, ele estava desempregado havia meses. E ela queria muito arranjar outro trabalho, mas nada que arranjava. E o patrão continuava tomando o azulzinho e encarando, e coçando o negócio, e chupando cana, e vendendo flores aos apaixonados.

67 comentários:

  1. Seus textos são incríveis!A.d.o.r.o!

    ResponderExcluir
  2. Rafaela fisioterapeuta30 de junho de 2012 15:46

    eh , chupa cana tem muita enrgia pra gastar ,ATP!!!

    ResponderExcluir
  3. Estou impressionada... Seu estilo nada se parece com os leitores clássicos. Você não imita Machado ou Alencar... O estilo é seu... SEU!! Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Oi meu amigo lindo!!!
    Bem essa mulher deveria mandar o senhor ir plantar batatas literalmente para o safadinho parar de chupar cana.
    (risos)
    Tenha uma semana feliz e abençoada.
    Abraços da Bia!!!
    http://pequenosgrandespensantes.blogspot.com.br/2012/07/era-uma-vez.html

    ResponderExcluir
  5. Adorei... você tem a perspicácia de mostrar nos seus escritos ..."gente" e isso é mesmo muito interessante e real. Faz muito tempo que não vejo alguém passando uma cantada com chupada de cana, rsrs. um abraço. Tina Coelho.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom seu modo de escrever! Venho lhe agradecer por comentar em meu blog. Textos bastantes divertidos os seus! Parabéns!!

    http://daniela-meucantinholiterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Muito boa escrita. Parabéns!!!
    almaruiva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Jeferson! Obrigada pela visitinha no Mulher Catarina!

    Gostei do seu blog!! Te add no face!

    Ate mais!

    ResponderExcluir
  9. nossa, to impressionada com o jeito que você escreve! gostei muito mesmo.. parabééns! vim retribuir a visita e com creteza passarei por aqui mais vezes.
    beijoo

    http://beautybygab.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Bom, na verdade o mundo está repleto de chupadores de cana e coçadores de saco....kkkkkkkkkkkUma realidade escrita de forma realmente literária.
    Mais uma vez, parabéns sou sua fã

    abraços Clesia

    ResponderExcluir
  11. Jeferson ,obrigada pela visita,e com certeza eu espero mesmo ter muito trabalho.....entrei aqui em seu blog pela primeira vez agora,e achei muito interessante os textos que vc escreve...
    Mas vc sabe o que uma designer olha primeiro qdo entra no blog né...rsr
    Já fiquei imaginando um layout para seu blog ...sei que todos já estão acostumados com esse ...mas é sempre bom renovar....criar um logotipo....mas vc esta de parabens...conteudo excelente.
    Já estou seguindo....e seja bem vindo ao meu cantinho de artes tbem.....abração.

    ResponderExcluir
  12. O que não falta a ti é talento! Construir tua identidade, estilo proprio não é para qualquer um. Muitas vezes as influencias acabam sufocando a coragem e ousadia de mostrar a propria cara (estilo).

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. muito interesante ...voce tem um talento e tanto....

    abraços

    ResponderExcluir
  14. Vim retribuir a visita
    Gostei do seu blog e sempre vou dar uma passadinha pra saber das novidades.

    Abraço.
    Josi

    ResponderExcluir
  15. Olá Jeferson,
    parabéns pelo texto e pelo blog.Super criativo,gostei muito!
    Com certeza, pretendo voltar outras vezes.
    Abração, fica na paz!

    ResponderExcluir
  16. Bem típico o personagem Chupa Cana que voce descreveu... Na verdade, retrata bem a geração de nossos avós, bisavós e alguns raros que ainda remanescem entre nós, rs. A dúbia personalidade do dono da floricultura foi com maestria, descrita por voce, numa versão de conto bem leve e divertida de se ler. Parabéns pelo dom de escrever, que voce sabe muito bem usar. Abraços. Karina

    ResponderExcluir
  17. Ah, e obrigada pela sua visita e comentário no Essência, Jefh. Tenha uma excelente semana! Também concordo com a frase do legítimo sonhador. Abraços

    ResponderExcluir
  18. Olá, obrigada pela visita no coisasdavida. Curti a história. Você tem uma escrita bem bacana, rápida!
    Até a próxima

    ResponderExcluir
  19. Aqui estou...
    Gostei do blog e do texto.
    Vou voltar mais vezes, apesar de achar que esse senhor merece mesmo é apanhar....rsrsrsrs.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  20. http://blog-da-analice.blogspot.com.br/ será que podia acessar? ficarei agradecida

    ResponderExcluir
  21. Obrigado pela visitinha ..Eu avisei no título da postagem que era um papo entre amigas ...rsrsr!
    Bjkas!!

    ResponderExcluir
  22. Olá tudo bem, obrigada pela visita, em algumas partes do teu texto eu me encaixo, eu quero ser dona de casa, rainha do lar hahaha. não quero mais trabalhar.
    Tenha uma ótima semana.
    Anajá

    ResponderExcluir
  23. Gostei muito do seu blog, você escreve muito bem. Obrigada pela visita no Mania de Tapete, vou passar sempre por aqui para ler as novidades.

    Abraços

    ResponderExcluir
  24. Jeferson!

    Impressionante o talento que vc tem de dá vida a personagens, adorei a história.
    Agradeço pela visita, já estou seguindo o seu blog e adoraria que tbm seguisse o meu, se quiseres claro.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  25. Jefh...

    eu não funciono absolutamente nada sem amor...porisso o sumiço.....
    saudadeeeeeeeeeeee! saudade! mil vezes saudade!!

    eu estou aqui, imaginando aquele velho, coitado, coçando o negócio em casa, na floricultura, no banheiro, na rua, chupando cana até pra poste..
    dá um jeito nisso Jefh..tira ele do sufoco!

    adoreiii!!!
    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  26. Olá, retribuo a visita que recebi, voltarei para curtir teus textos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  27. ótima história, o Chupana Cana é ótimo, amei.

    Obg pela visita em meu blog.
    Volte sempre
    http://www.conquistandoumsonho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. adorei a história do chupa cana..muito interessante!bjs

    ResponderExcluir
  29. Olá!!!vim retribuir a visita adorei sua história, cômica e atual, conheço muitos personagens da realidade assim. Parabéns pela sua conquista!!!sua esposanamorada ser sua seguidora do Blog!!!isso é uma vitória viu...pois meu marido até hoje não leu nenhuma publicação minha, diz que não será um produto do meio!?!Bom procuro relatar os fatos do meu cotidiano do prisma cômico, pois é melhor rir do que chorar!!!tchauzinho

    ResponderExcluir
  30. Obrigada pela visita no Embalaço ^^
    Adorei o texto acima, super legal...
    Ah, tbm vim te convidar para dar uma olhada na terceira das cinco histórias interessantes que está rolando no blog...todas com uma moral para encaixarmos na nossa vida, vale a pena ;)

    Embalaço

    ResponderExcluir
  31. Pois é, tanto comentário que eu não sei se vai fazer muita diferença. Enfim. Bom estilo, você parece ter uma escrita natural. Casual, como quem conta "história de vizinho" ou algo assim. Vim retribuir a visita, e não me arrependi, já andei fuçando algumas coisas, Parabéns a você também!

    ResponderExcluir
  32. Oi linda...

    Gostei do seu blog, adorei seu post, vou estar aqui sempre, você é muito talentosa.
    Eu estava no site de uma amiga e vi o seu link lá, resolvi então fazer uma visita.
    Já estou te seguindo, por favor me segue também.

    Visite o meu Blog :

    http://aliadosdabeleza.blogspot.com.br/

    Bjs...

    ResponderExcluir
  33. Muito legal teu blog Jefh, adorei, de verdade, vou adiciona-lo aos meus favoritos pra acessar sempre. Beijo.

    ResponderExcluir
  34. Quero agradecer pela visita ao meu blog, fiquei muito feliz. Gostei muito do CHUPA CANAS. Estarei passando por aqui mais vezes. Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  35. Obrigada também pelas visitas! Agora em nova página: viagemvt.blogspot.com
    Abraços

    ResponderExcluir
  36. Oi Jeferson :)
    Obrigada pela visita, estou retribuindo.
    Gostei bastante do teu blog e estou segundo o teu espaço.
    Passarei aqui por mais vezes.
    Abraços!

    Nai
    pinkverniz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. OBRIGADA PELA A VISITA EM MEU BLOG.
    MEU PRIMEIRO SEGUIDOR DO SEXO MASCULINO.
    JÁ ESTOU TE SEGUINDO, UM ÓTIMO DIA. ABRAÇOS!

    ResponderExcluir
  38. Olá Jeferson :)
    Parabéns! Muito bom este texto!
    Gostei do que li, embora tivesse que ‘puxar pelas meninges’ para saber o que significam algumas expressões que usaste... Mas depois descobri as analogias e relacionei-as com as suas semelhantes que giram por aqui...
    Vou seguir(te) e voltar mais vezes. Quero ler toooooodos os teus textos.

    Bom fim-de-semana :)

    ResponderExcluir
  39. Você escreve muito bem! Um texto dinâmico e que prende a atenção!
    Parabéns!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  40. Oi,

    Li seu texto. Infelizmente há muitos maridos desse nível, que não tem vergonha na cara, respeito pelo ser humano e amor próprio. Precisamos estar atentos para casos como esse que denigrem o ser humano.

    Você tem a sensibilidade presente nos textos e a capacidade de captar os mínimos detalhes, por isso são bons seus textos. também agradeço o elogio no meu blog. Criei-o para trabalhar com meus alunos, mas resolvi ampliá-lo. Gosto muito, também do texto abaixo:

    http://wwwselmamascarenhas.blogspot.com.br/2012/07/receita-de-dona-cassilda.html

    Abraços,
    Selma Mascarenhas

    ResponderExcluir
  41. Achei bem interessante o Chupa Canas..meio trágico e meio cômico.. rsrs.. como vc deve ter percebido criei o blog bem recentemente e é muito importante para mim o apoio dos que já estao nessa a mais tempo..Obrigado.. bjim..e até..

    ResponderExcluir
  42. Oi Jefh
    O "cenário" perfumado de flores compensa o personagem título, fedorento e 'azulado'.
    O conto é muito bom... gostei!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  43. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  44. Oi Jeferson gostei da história divertida e do blog, obrigado pela visita no ciladas no tempo.Abraço.

    ResponderExcluir
  45. Jefh...
    Achei interessante o seu blog.. gostei demais do texto.. fiquei pensativa e ao mesmo tempo me diverti com o texto.. Muito bom!! Obrigada pela visita.. eu.. estarei sempre por aqui... Abraços

    ResponderExcluir
  46. Olá Jeferson, gostei muito do texto e me diverti muito com ele. Uma mescla de crítica com humor! Parabéns pelo blog, apreciei muito o espaço e obrigada pela visita no http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/. Seja sempre muito bem vindo. Abraço.

    ResponderExcluir
  47. Olá Jeferson,

    Obrigada pela visitinha ao Siga Saudável.

    Seus textos são ótimos.Adorei. Abraços!!

    Liz Tourinho
    http://sigasaudavel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  48. Que velhinho danadinho!!!
    Ele deveria seguir a dica da caipirinha,rsrsrrsrs...
    Mas neste caso eu não aconselharia que o tal senhor
    batesse a cabeça infinitamente na parede,o caso dele
    vai além da minha imaginação.
    Adorei teus escritos,e longe do que andam falando de
    mim por aí, não sou nenhum alien, sei apreciar um
    bom escritor.
    Meus mais sinceros parabéns!!

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  49. Oi Jeferson Cardoso aqui é a Stephanie do blog http://simpzoners.blogspot.com.br
    Amei seu blog, é muito perfeito fico feliz de ter gostado da minha história. Estou muito feliz, estou seguindo seu blog, e espero que siga o meu também. E queria te pedir um favorzinho, eu sou nova no Blog e queria mais leitores e seguidores. Será que tem como você divulgar meu blog? Sei que tem muitas garotas ai. Ficaria muito feliz se fizer isto por mim.
    Beijos espero que continue visitando meu blog.

    ResponderExcluir
  50. Ola vim retribuir a visita , gostei muito deste post , seu blog é muito legal , diferente com esses tipos de textos , muito bom !

    ResponderExcluir
  51. Adorei o seu espaço e esse texto me roubou sorrisos.
    Que velhote sem vergonha este, hein?!
    Desde já, obrigada pela visita.
    Um grande abraço e uma semana super iluminada!
    =**

    ResponderExcluir
  52. Oi Jeferson, obrigada pela visita.
    Visitei seu blog e gostei muito.
    Vc sempre será bem vindo no Cantinho da Sonne.

    Beijos Sol

    ResponderExcluir
  53. Rss qualquer semelhança será mera coincidência? Com certeza...NÃO! Quem nunca cruzou com um senhor chupa canas? Rss Em alguns casos...mais que um! De tantos que são...infelizmente! Um prazer te ler...e uma nova seguidora ;). Bjo.

    ResponderExcluir
  54. Que texto!!!adorei muito bom,rs!

    Beijo

    ResponderExcluir
  55. Ei amigo tudo bem ? Vi que você visitou o meu Blog e fico muito agradecido, gostei bastando od seu blog, bem legal mesmo ..

    Parabens e conte comigo sempre .. :)

    ResponderExcluir
  56. Esse senhor chupa cana tem em todo lugar mesmo!!! Parabéns pelo seu blog e obrigada por visitar o meu
    Abraço

    ResponderExcluir
  57. Oi Jefh, gostei muito do seu blog também! Esse chupa cana esta por todo lado kkkkkk muito bom.
    abs!

    ResponderExcluir
  58. Grata por visitar o Comentário do Céu e também pelo convite te passar por aqui. Muito bom!

    ResponderExcluir
  59. Meus parabéns eu amei esse texto! Pobre de suas esposa toda dolorida(KKK).Amei !

    ResponderExcluir
  60. Fiquei muito feliz por ter visitado o meu blog e por ter gostado de um dos textos! Adorei esse texto, acho que realmente todo mundo conhece um "Chupa Canas". E vale ressaltar, que é uma péssima situação se o Chupa Canas assedia você. Temos que ficar de olhos abertos e saber como reagir, pois é uma situação muito chata e delicada...

    Enfim, gostei bastante. Estou te seguindo, quando der dá outra passadinha no meu, ok? Continue escrevendo!! Parabéns :))

    ResponderExcluir
  61. Obrigada por ter visitado o meu blog. Adorei o texto "O Chupa Canas" Amei "seu espaço"; ele é aconchegante, divertido e cheio de vida.
    Parabéns!
    Ana Regina (leiaeconfira.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  62. Obrigada pela visita no GMN amigo, gostei bastante do seu blog e estou achando os textos super interessantes! Parabéns!

    ResponderExcluir

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails