sexta-feira, abril 06, 2012

BRB - REALIDADES SUBVERTIDAS

Estaciono o carro, desço, caminho cerca de quinze metros, toco o interfone, digo quem sou, o portão destrava, entro, atravesso o corredor, subo a escada do alpendre, aguardo à porta, uma pessoa vem, me cumprimenta, pede para que eu entre, comenta sobre o forte calor daquela tarde, introduz-me na sala onde Bob/Rock/Blues está sentado diante da televisão. Ele está em sua cadeira de rodas, de frente para o aparelho, mas não assiste a tevê, está inquieto, parece estar procurando por algo. Cumprimento-o, ele responde com pouca atenção, parece apreensivo, está perscrutando o chão a seu redor, olha para mim, sorri discretamente vendo que o observo, digo 'boa tarde!', ele diz que a tarde é boa só pra mim, e que pra ele é uma segunda feira das bravas. Diz que logo cedo lhe vieram com um sofá todo estropiado pra arrumar, um todo danado, todo fuleiro: "queriam que eu desse jeito, logo cedo, o sofá não tinha onde estar pior; logo vi que era mesmo segunda feira", disse. E continuou falando: "pra piorar, a dona que tem um avião, aquela que tem um avião que sempre está estacionado aí na frente, sabe?; você deve saber sim, só não está lembrado; pois é, logo que abri as portas da oficina, eu conversava com o homem do sofá, o trambolho encima duma charrete, aí a dona chegou com a chave do avião e me pediu para que eu guardasse; pior, perdi o diabo da chave do avião da mulher; você não viu a chave?; me ajuda a procurar; imagina se dizem que eu roubei a chave; imagina se alguém encontra e foge com o avião; aí dirão que roubei o avião; não quero nem pensar uma coisa dessas; mas só podia ser mesmo segunda feira; o homem nem deixou o sofá pra arrumar; eu dei o preço e ele achou muito caro; vê se pode; muito caro...; e eu queria mesmo era ficar à toa; onde já se viu trazer um troço daqueles pra concertar; aí me vem essa mulher com o raio da chave do avião e eu perco; e essa mulher não é de brincadeira, ela vai querer a chave assim que chegar; mulher antipática dos infernos, mulher chata!, ela é chata pra caramba; um abacaxi. Abacaxi."

41 Comentários:

Blogger Célia Rangel disse...

... então, há certos abacaxis na vida dos quais não temos como fugir!
Abraço, Célia.

7 de abril de 2012 05:38  
Anonymous Anônimo disse...

Quando eu era criança não entendia muito bem a
Páscoa. Só adorava procurar os ovinhos de
chocolate que o coelhinho escondia.

Mas, o que
tem a ver coelho com ovos, seus símbolos, com a
ressurreição de Jesus ou a fuga dos hebreus do
Egito comandada por Moisés?

Agora sei qual a
relação de tudo isto. Os ovos são o símbolo do
nascimento.

Ali dentro, uma vida por vir ao mundo.

É o eterno milagre da vida que renasce todos os
dias. O coelho é o animal que se reproduz com uma
velocidade estonteante, é uma ode à família, uma
declaração de amor que a natureza faz todos dias.

Renascer é nascer, somos nós mesmos que
renascemos nos nossos filhos, é a vida que se
pereniza na prole. A fuga dos hebreus é o fim da
escravidão de um povo. A escravidão equivale à
morte, escravizar equivale a tirar a vontade e a
alma de alguém, equivale a tirar sua vida.

Se libertar da escravidão é viver de novo, é
renascer, é estar sempre começando tudo de novo.

Por fim, Jesus é a ressurreição. Quer prova mais
clara do que digo? Este eterno milagre que nos
encanta é o milagre da vida que a Páscoa nos
relembra.

A Páscoa é a ressurreição das nossas
almas. Este é o dia de renascer, começar tudo de
novo. De nos libertamos do mal que corrompeu
nossas almas e nos recobrirmos com o véu da pureza
da alma que tivemos um dia.

Abandonar tudo o que é
velho e antigo e olhar pra frente com coragem. Nos
dedicarmos à vida como quem sorve o sumo de um fruto
saboroso. Hoje é dia de renascer.

Feliz Páscoa para todos.

7 de abril de 2012 09:07  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Boa noite querido amigo, estou aqui para desejar uma feliz e abençoada Páscoa prá você e todos os que ama, filhos, esposa...enfim! Você sempre inventando "moda" (sorriooo) esse sr. Bob/Rock/Blues, não entendi muito bem qual é a real "situação"!! Sonhos, realidade, alucinação?? Mas valeu! Só não gostei muito da imagem... Esquisitinha!!!
Grande abraço Jefh, sucessooooo!

7 de abril de 2012 17:16  
Blogger Jeferson Cardoso disse...

Poi é... [sorrio] Beijo!

7 de abril de 2012 17:38  
Blogger Jeferson Cardoso disse...

Muito obrigado! Lindo texto! Feliz Páscoa pra você e sua família também!

7 de abril de 2012 17:39  
Blogger Jeferson Cardoso disse...

Oi, Nicy! Feliz Páscoa pra você e os seus também! Bob/Rock/Blues é um pouco de cada um que está dentro de uma casa vivendo a incrível alquimia que mistura realidades e fantasias. Algo duro e triste, porém nos ensina. Esta foto, bem como outras mais sinistras que andei postando, foi realizada dentro do parque de diversões do Beto Carreiro. Tenho usado para compor um clima mais Rock and Roll [sorrio]. Beijo e obrigado pela oportunidade em falar!

7 de abril de 2012 17:43  
Anonymous Anônimo disse...

Boa tarde Jefh!
Feliz Páscoa para vc também.
Passando para me despedir.
Por problemas pessoais, tive que me desligar de todos os blogs e demais redes sociais.
Sentirei saudades de seus belos textos e do seu carinho em responder aos comentários.
Deus lhe abençoe sempre.
Bjokas...da Bia!!!

8 de abril de 2012 13:58  
Blogger Jeferson Cardoso disse...

Bia, eu sempre contei com você, com seus comentários amigos. Espero que esse afastamento seja temporário e que logo você retome o contato. Sentirei muita falta de você durante o tempo em que estiver ausente de meu blog. Beijo! Obrigado e estarei aguardando seu retorno.

8 de abril de 2012 14:56  
Blogger Rafael Castellar das Neves disse...

hauhauha...boa Jefão!! um Abacaxi mesmo!! Você descreve muito bem o cotidiano...

[]s

9 de abril de 2012 07:31  
Anonymous Anônimo disse...

Mas como é que perde a chave? rsrs

9 de abril de 2012 09:45  
Blogger Cláudia disse...

Gosto muito do que você escreve!
Um abraço,
Cláudia

9 de abril de 2012 17:46  
Blogger Thais Ferreira disse...

Muito bom o texto, e espero sempre sua visita lá no meu blog, Jeferson Cardoso.
tenha um ótima semana!

10 de abril de 2012 04:33  
Blogger Monique Conejero Castellani disse...

eu nem havia perdido a chave, mas, minha terça-feira está com cara da sua segunda!!rss

10 de abril de 2012 06:30  
Blogger Jéssica Rodrigues disse...

Adorei o blog,parabéns!
Obrigada pela visita,abraços.
http://fashionistagirlsdesigners.blogspot.com.br

11 de abril de 2012 07:40  
Anonymous Anônimo disse...

Sou fã dos teus textos!
http://jefhcardoso.blogspot.com/

11 de abril de 2012 10:09  
Blogger Fabiana Tardochi disse...

Ótimo texto!
O cotidiano é simples, mas tão complexo não é mesmo?
Por vezes ótimo, por hora uma bagunça!
Mas faz parte do nosso aprendizado.
Adorei saber a história da toalha que sua esposa herdou. Peças com significado são importantes na nossa caminhada. Até um bilhetinho esquecido em algum canto é uma herança. Me lembrei que tenho alguns guardados a pelo menos 25 anos...(graças a uma amiga que veio participar da brincadeira).
Um abraço e um ótimo dia

12 de abril de 2012 03:35  
Blogger Mary disse...

A segunda de todos nós, acho que sempre tem um sofá velho, e uma chave perdida, rs
beijos

12 de abril de 2012 04:24  
Blogger Kriis disse...

Olá. Realmente gostei da linguagem que usa em seu texto. Você descreve bem cada detalhe. Parabéns!! =)

Procure ler algumas das minhas histórias, que eu tenho postado em http://cartasdeumanjo.blogspot.com/

12 de abril de 2012 05:10  
Blogger Amanda Ribeiro disse...

Nossa, adooooooorei o texto!! Muito bom mesmo!!
Obrigada pela visita em meu blog e sucesso sempre. Beijos =)

12 de abril de 2012 05:37  
Anonymous Vivian disse...

Jeferson adorei seus textos!

Obrigada pela visita, e parabéns.

Abraços Vivi - S.C

12 de abril de 2012 06:03  
Blogger Danielle Vallejo disse...

Oi Jeferson! Obrigada pela passada no meu blog, estarei sempre por aqui conferindo o seu!!

daniellevallejo.blogspot.com/

12 de abril de 2012 12:34  
Blogger Caroline Sberse disse...

mto feliz com sua visita no meu blog *-*
sucesso pra vc na vida e em tdos sentidos e no seu blog é claro
Deus te abençoe

12 de abril de 2012 13:16  
Anonymous Anônimo disse...

Olá Bom dia!
Sempre passo por aqui...leio os seus textos que são bárbaros..
Quase nunca (rsrs) deixo recado...Que feio né?!srsrrs
Parabéns..está cada dia melhor..
An@

13 de abril de 2012 05:16  
Blogger Angela Ester disse...

Parabens pelo blog, vc escreve muito bem! estou retribuindo a visitinha!

13 de abril de 2012 05:38  
Blogger Tatiele disse...

Oi Jeferson!
Passei aki pra dar uma olhada no seu Blog,
você escreve muito bem,parabéns!!! :)

13 de abril de 2012 05:58  
Blogger Verônika disse...

Sim, é muito bom, adoro ler crônicas...
abraços

13 de abril de 2012 06:55  
Blogger Ticyana Arnaud disse...

Texto maravilhoso. Obrigada por visitar meu blog.
Felicidades!

13 de abril de 2012 09:08  
Blogger Debbie disse...

legal seu blog! Estou seguindo, se quiser siga o meu tbm! ;)
Abraço!

13 de abril de 2012 09:10  
Blogger JAN disse...

Jefh e seus "Bob/Rock/Blues"

Abacaxis servem pra fazer sucos... geleias... doces... bolos deliciosos;-)()()(

Abração
Jan

13 de abril de 2012 10:03  
Blogger untouchedmilk. disse...

Muito bom seus textos *-*

13 de abril de 2012 10:36  
Blogger Carol Botelho disse...

Concordo com a Célia do primeiro comentário, há muuuuuitos certos abacaxis que temos que enfrentar todos os dias!!
Mas é bom, assim nossa salada de frutas alegria dica completa no fim :D

Adorei o blog, beijokas ;*
http://mundinholuxo.blogspot.com.br

14 de abril de 2012 13:40  
Blogger Midorimay disse...

Ola Jeferson...obrigada pela visita em meu blog...
Li seu texto...muito bom!!!sempre me fascinou essa mistura de realidade e fantasias...afinal todos vivemos um pouco disso...senao fica complicado nosso dia a dia ne?rsrsrs...Ah!...quanto a sua pergunta Bee Gees e o meu momento sim...e maravilhoso por sinal!!!...adorei sua frase quanto ao sonho...passe sempre la no meu blog...sou iniciante nesse mundo dos blogs...sua visita e comentario foi gratificante e incentivadora...
Desejo a vc e sua familia um maravilhoso fim de semana tbm!!!

14 de abril de 2012 17:17  
Blogger Isabel Ruiz, disse...

As vezes olho pela janela e fico pensando como seria se surgisse algo inusitado... (risos) Uma das coisas boas da vida é poder usar a imaginação, fantasiar com a realidade e criar textos maravilhosos como este.

15 de abril de 2012 13:58  
Blogger Profª Maria Aparecida disse...

Olá, Jefh

Muito obrigada pela visita em meu blog, pelo comentário e elogio!!! Amei sua escrita... vou visitá-lo mais vezes!!! Abraços!!! Cidy

15 de abril de 2012 16:11  
Blogger Ana Bailune disse...

Esse Bob Rock não é mole...

17 de abril de 2012 04:33  
Blogger Jo Nascimento disse...

Jeferson, parabéns pelo blog!
Jô Nascimento.
blogs:
http://jopontocom.blogspot.com.br/
Jonascimentosucesso.blogspot.com.br/
sigaofisco.blogspot.com.br/

28 de abril de 2012 04:44  
Blogger kerches disse...

GOSTEI DO SEU BLOG, PARABÉNS!OBRIGADA POR TER VISITADO PROFESSORA BLOGADA. ABRAÇOS.

30 de abril de 2012 19:08  
Blogger Carmen Peters disse...

Estou retribuindo a visita ao www.cardapioalternativo.com.br .

Quanto ao "boa tarde"... é uma expressão de desejo ao outro quando o proferimos, mas nem sempre é aceito, não é mesmo?

Ótima descrição do cotidiano. E concordo com a JAN quando diz que abacaxis rendem ótimas receitas (rsrsrs)!!!

16 de maio de 2012 17:21  
Blogger Hilda disse...

Bom dia, Jeferson.
Gostei muito de seu Blog.
Bem diferente do meu,que fiz só para guardar mensagens que recebo dos Amigos via on-line.
São mensagens que 'mexem' comigo e para revê-las sempre, fiz este Blog.
Não sei nada de informática, gostaria de melhorar o Blog, receber mais visitas e que possa ajudar alguém, se souber que ajudei alguém, seja quem for, com as mensagem que guardo lá, vou ficar muito feliz.
Obrigada por sua visita.

Tchau......

22 de maio de 2012 05:01  
Blogger Isabel Furini disse...

Olá Jeferson. Parabéns pelo blog.Gostei muito de realidades subvertidas.

27 de maio de 2012 11:23  
Blogger Malu Paixão disse...

Vontade imensa de ver um puta ator (Zé de Abreu, talvez o Luis Gustavo...) fazendo um monólogo com essa fala do velho, que aliás, já me conquistou!!! Adoro o Bob!!!! Ele é docemente irritante, na medida certa! E isso é tão real, né? Qual de nós não será docemente irritante na velhice?
Seu blog é incrível! Passarei a visitá-lo sempre que puder. É sempre bom estar cercada de bons escritos e saber que tem gente no mundo movimentando a boa literatura, que é tão rara hoje em dia.
E o mais legal, principal motivo pelo qual eu vou voltar... Diferentemente de mim, você escreve para os outros, e não para si mesmo! Muito generoso de sua parte!
Continue sempre!
Abraços

24 de abril de 2013 18:37  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial