domingo, dezembro 25, 2011

NATAL MACABRO

Ainda é Natal [gosto disso]. É com certeza a data que mais gosto no ano. Tenho a sorte e a alegria de estar em família [outra coisa que venero na vida]. Estamos todos bem [isso é mágico]. Divertimo-nos com muita naturalidade [temos apenas o suficiente, e isso nos basta]. Não troco o meu Natal em família por nenhum outro Natal do mundo. Minha alma sorri e canta essa alegria sincera de viver. E não sou um desavisado. Sei que o tempo escoa, o elenco se renova, os seres perecem [sei que os nossos Natais são contados]. Os tenho como verdadeiras jóias [dádivas do Mestre].

Se eu fosse o magnífico Ferreira Gullar, esse seria o momento de puxar alguma memória dos Natais passados e entremear com o Natal presente com elegância, maturidade e ressonância. Não sendo um Gullar, sigo com meu ‘espírito uvas frescas, cerejas, pêssegos maduros, figos em calda, passas e castanhas’.

Comi com singular moderação. Bebi apenas o suficiente para não deixar de beijar o lábio de vidro da taça e sorver sua saliva doce e gelada. Os meus olhos é que me embriagaram do desfrute da ocasião. Mais do que qualquer consumação, foi em ver os meus queridos que me satisfiz ao ponto de transbordar em alegria.

Não consegui escrever uma crônica natalina conforme, intimamente, havia me proposto [nos últimos dias, andei lendo “Histórias Extraordinárias” de Edgar Allan Poe; e quem já leu sabe que, sob essa influência, fica meio difícil escrever algo belo, leve e romântico, conforme eu gostaria de oferecer no blog]. Sentado para escrever, apesar do delicioso clima natalino que dominava toda minha casa e todos em casa, tudo que consegui imaginar foram figuras de Noéis macabros em ações hediondas [foi mesmo mancada ter pegado Poe logo após Nelson Rodrigues justamente em vésperas de Natal, mas coincidiu]. Enfim, achei melhor não publicar minhas tentativas de texto. Teria sido um conto de terror, algo discrepante de meu verdadeiro estado de espírito.

Se eu estivesse lendo algo mais leve, algo como o livro cuja propaganda vi no jornal, o livro do canadense Neil Pasricha, onde ele fala sobre pequenos prazeres e sensações da vida, “O Livro Do Sensacional”, talvez eu escrevesse algo mais condizente com meu real estado de espírito. E quer saber, provavelmente eu nem leia o livro [não sou adepto dos best-sellers].

E dentro do Natal, tomando posse do que me compete deste clima natalino, fico devendo uma crônica, admito; porém, desejo a todos um ótimo final de Natal e um ótimo resto de ano [espaço de tempo que também considero mágico]. Obrigado a cada leitor pelo carinho da atenção! Obrigado pelo apoio constante dos que deixam sua marca comentando e enriquecendo cada postagem com suas deliciosas observações e compartilhamentos! Abraço!

44 Comentários:

Blogger nadiavida disse...

Hohoho!!!!! Feliz Natal....Passarinhando por aqui. Adorei o texto.... Tb adoro o natal. Beijos de algodão doce.

25 de dezembro de 2011 09:54  
Blogger Simone Aline disse...

Que delícia de natal... em família! Adoro também! =)
Que essa alegria possa ser eterna, mesmo quando só em lembrança! Eis o sentido do natal! =)
Que 2012 seja um ano de muita paz, saúde, sucesso, dim dim, amor e muuuuuuitas felicidades!!! =)
Bjks!
Si

25 de dezembro de 2011 11:05  
Blogger Aline Carla disse...

Feliz Natal! Com muita luz e paz.

25 de dezembro de 2011 11:25  
Blogger Rosi Alves... disse...

Feliz Natal! Bjssssss

*. ˛*.。˛* ˛. *☆҉ *. ˛*.。˛* ˛. *☆҉ *. ˛*.。˛* ˛. *☆҉
°*_██_*.。*./ \ .˛* .˛。.˛.*.★**★ 。* . *☆҉
˛. (´• ̮•)*...*/ ♫.♫\*˛.* ˛_Π_____.♥*.*☆҉ ˛**. ˛*.。˛. *☆҉
.°( . • . ) °../• '♫ ' •\.˛*./______/~\*. ˛*.。˛* ˛*.。˛* ˛. *☆҉
*(...'•'.. ) *˛╬╬╬╬╬˛°.|田田 |門|╬╬╬╬╬*˚*. ˛*.。˛* ˛. *☆

25 de dezembro de 2011 12:22  
Blogger Ceiça disse...

Que bom vi primeiro!Concordo com você,o Natal é o fechamento do Ano e considero também a data mais especial. Tempo de rever nossas ações e repensarmos o que precisamos melhorar para que Jesus consiga nascer no nosso coração e nele se fazer morada. Tempo de olhar o outro como irmão .filho do mesmo Pai,tempo de saber que tudo na nossa vida se concretiza na fé que temos em um único Deus e Senhor. Que as alegrias do Natal se espalhem por todo Ano Novo e que Jesus esteja a frente de seus projetos. Com carinho sua amiga do Caminhar na Missão...

25 de dezembro de 2011 13:00  
Blogger Fernando Andrade. disse...

Como sempre, mais um delicioso texto, Jefferson.
É sempre um prazer visitar "a sua casa", mesmo que não comente.
Desejo-lhe (não preciso de desejar, pois já nos revelou a grandeza dos momentos que viveu)umas Festas Felizes e um excelente 2012.

25 de dezembro de 2011 13:10  
Blogger Deborah disse...

Faça você mesmo o Natal acontecer, empregando as maiores ferramentas do ser humano em desuso – AMOR E PAZ.
Bjs

25 de dezembro de 2011 13:13  
Blogger Rosangila disse...

Que belo texto!
Desejo a você e toda família um ótimo fim de ano e feliz ano inteiro de 2012.
Abraços.

25 de dezembro de 2011 13:49  
Blogger Jacque disse...

Jefh........ FELIZ NATAL !


Beijo

25 de dezembro de 2011 14:52  
Blogger Rosélia Santos disse...

Como sempre, você não ficou a dever nada amigo Jefh. Sabia, que foi seu espaço o primeiro que procurei para ler algo diferente? E, não me decepcionei. Feliz 2012.

25 de dezembro de 2011 15:14  
Anonymous Luzinete disse...

Que dia maravilhozo, familia reunida, muita alegria ,agora e só aguardar a chegada do
Ano Novo...
Obrigada pela visitinha Abraços.

25 de dezembro de 2011 16:41  
Blogger Grilos da Cuca de uma Pensante disse...

Otimo texto. Vlw pelo convite!!!
Feliz 2011!

25 de dezembro de 2011 20:58  
Blogger Grilos da Cuca de uma Pensante disse...

Putz, vai me achar o verdadeiro "atraso de vida"...kkkk
é Feliz 2012...kkkkkkkkkk

25 de dezembro de 2011 21:03  
Blogger Leo disse...

Me encanta sua retórica. Gosto de gente que vive assim, de forma positiva, mesmo colocando na balança todos os aspectos bons e ruins das situações cotidianas. Obrigada pelo convite, e pela visita. Estarei por aqui mais vezes. Feliz ano novo! Bjin =)

25 de dezembro de 2011 22:11  
Blogger Rafael Castellar das Neves disse...

Não deve nada não, Jefhão!! Essa foi muito boa..veja como você descreve estes momentos! Com ternura e verdade...e com certeza o que lemos nos influenciam [que bom!] no que escrevemos e sentimos. Muitos dos meus textos, quando os releio, consigo ver qual livro eu estava lendo ou qual álbum estava ouvindo naquele período...

Muito bom! Feliz Natal (atrasado, mas verdadeiro) e ótimo Novo Ano!!

Abração, meu amigo!

26 de dezembro de 2011 03:54  
Blogger Bruna Rafaella disse...

Que lindo texto, também não troco Natal em familia por nada!
Eu também ja li os contos do Poe, é um pouco
macabro mesmo.
Mas Jef, te Desejo um Feliz Natal, atrasado,
sucesso, sucesso e sucesso!


Beijos!

26 de dezembro de 2011 08:10  
Blogger Nat Souza disse...

hahahaha acertou em cheio sobre meus 'amigos roqueiros'! Um feliz natal atrasado, ainda conta? ;)

26 de dezembro de 2011 08:15  
Blogger @ninhac disse...

Retribuindo a vista, e dizendo que adorei seu blog e texto!
E espero que a conversa com sua consciência, traga bons frutos! rs
@ninhac

26 de dezembro de 2011 08:21  
Blogger Silvana Oliveira disse...

Perfeito...Natal assim descrito traz toda beleza e o verdadeiro sentido de um data tão especial...

Que o ano q vem nos encontrar...seja abençoado e sempre que necessário modificado...

Fica com Deus...

26 de dezembro de 2011 08:21  
Blogger IT disse...

"Bebi apenas o suficiente para não deixar de beijar o lábio de vidro da taça e sorver sua saliva doce e gelada. Os meus olhos é que me embriagaram do desfrute da ocasião. Mais do que qualquer consumação, foi em ver os meus queridos que me satisfiz ao ponto de transbordar em alegria"

Conseguiu! Embebedou-me. ƪ(ˆ◡ˆ)ʃ
Degustar esse trecho foi o melhor da festa.
Desejo-lhe Boas Festas, um Feliz Ano Novo!

Grande abraço de @lenlenit

26 de dezembro de 2011 09:54  
Blogger JAN disse...

OLÁ JEFH!
VOCÊ QUASE ME PEGOU, NO "MACABRO";-)QUE, FELIZMENTE VOCÊ "FICOU DEVENDO"...
ACABEI LENDO UMA CRÔNICA LEVE E DOCE... COMO UMA FINA TAÇA DE CHAMPANHE NO NATAL. TIM,TIM!

JAN

26 de dezembro de 2011 10:39  
Blogger ♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Me identifikei demais com seu txto, simplesmente pq tb amo natal, amo estar com minha familia e é, senão a mais, uma das datas q mais gosto no ano. Q bom q seu natal foi mágico. O meu tb foi fantastico, ainda mais q fikei noiva ♥
Até postei, confere lá!!
BeijO
evesimplesassim.blogspot.com

26 de dezembro de 2011 13:52  
Blogger Silvia Mendes disse...

Adoreiiii a forma que você escreve...alias esta frase "temos apenas o suficiente, e isso nos basta"....é perfeita..ter o SUFICIENTE PARA SER FELIZ É A MELHOR FORMA DE VIVER....pena que nem todos pensam assim...parabens...vou seguir..bjocas

26 de dezembro de 2011 15:58  
Blogger Messias Daniel disse...

olá meu blog deu pau por isso a demora em responder
bom meu natal foi maravilhoso não posso imaginar um natal melhor
em fim como vc falou não melhor presente do q estar com a familia
a familia é nosso maior presente
abçs

26 de dezembro de 2011 16:02  
Blogger Lia disse...

Oi Jefh...acabei me atrasando! O Natal passou e deixei de estar aqui, para lhe desejar o melhor, para um estranho mas virtual amigo! Feliz Natal meu querido...fiquei muito feliz com suas palavras a é bom saber que há mais do que dizer sobre o Natal em família do que o silêncio de muitos!!! Feliz Natal meu querido e que Deus o abençoe em todos os momentos de seus lindos pensamentos e vida!

26 de dezembro de 2011 16:52  
Blogger :*: קя๏ƒª ઝáイi α :*: disse...

Oi Jefh,
Retribuo a visita, nao tão tarde com pensei que seria... e agradeço por ter passado lá em meu cantinho.

Adorei seu texto e começarei a segui-lo.

Adoro o natal e sou grata por não ter lido algo macabro, srsrrs
Desejo a vc um excelente 2012.

bj

26 de dezembro de 2011 17:25  
Blogger Juliana Sant'Ana disse...

tenho lido suas postagens...lindo o que escreve... parabéns

27 de dezembro de 2011 02:59  
Anonymous Juliana disse...

tenho lido suas postagens, são lindos seus textos... parabéns...

27 de dezembro de 2011 03:00  
Blogger Tainá disse...

"Comi com singular moderação. Bebi apenas o suficiente para não deixar de beijar o lábio de vidro da taça e sorver sua saliva doce e gelada. Os meus olhos é que me embriagaram do desfrute da ocasião. Mais do que qualquer consumação, foi em ver os meus queridos que me satisfiz ao ponto de transbordar em alegria. "

Nunca pensei que um natal fosse tão bem descrito, fui pelo titulo imaginando ser de fato algo.."macabro", mais cada detalhe me chamou a atenção. Adorei.

Li seu comentário, visitei, e segui de volta.

27 de dezembro de 2011 04:22  
Anonymous Anônimo disse...

Havia lhe digitado um texo, mas ouve um erro e não foi, mas agradeço desde já pelo comentário, e gostaria de lhe dizer que você escreve muito bem. Parabéns!

Por: Gisele Fátima Pinheiro
gise.pinheiro@live.com

27 de dezembro de 2011 04:36  
Blogger Cris disse...

Olá! Muito legal seu texto, gostei do estilo que você escreve...então...tempo é o atual desafio da humanidade, dos pais, mães, estudantes, empresários etc... meu também! Quem sabe é este o grande aprendizado, por isso admiro os cães! quanto ao Natal, foi ótimo ler o que você escreveu, até pq meu dia 25 foi pra lá de diferente, vai render um post com certeza... Abço Cris

27 de dezembro de 2011 06:57  
Blogger Van disse...

Belíssimo texto!
Desejo uma última semana de 2011 com muito descanso, muita diversão e tudo de bom pra ti!!!
Abraços

27 de dezembro de 2011 17:32  
Blogger Fernanda Magalhães disse...

Feliz Natal e Feliz 2012!!!!

O Natal é um momento de confraternização, amor e reflexão, ao menos particularmente, aprecio-o por isso. Amo o Natal e o que ele representa e por isso aadorei seu texto, bem como os demais que li. Eu consigo " sentir" as suas palavras em cada frase, em cada texto e isso não são todos escritores que conseguem, viu?!!
Adorei seu blog e pode apostar que o visitarei sempre que possivel.

Ah e Obrigada pelo comentario no meu blog poesiaosquatroventos.blogspot.com

Abraços,

27 de dezembro de 2011 19:15  
Blogger Julia Sá disse...

Obrigada por visitar meu Blog, Jefh! Gostaria de pedir também, que você recomendasse ele. Obrigada, e parabéns!

28 de dezembro de 2011 07:17  
Anonymous Anônimo disse...

Havia perdido este texto. Mas claro, voltei e li.
Fiquei feliz por seu natal também ter sido perfeito.
Bjokas...da Bia!!!

28 de dezembro de 2011 09:35  
Blogger Ana disse...

Ah, que lindo!
Tão bom encontrar alguém em paz com o Natal! Rsssss...
Penso como vc, sinto da mesma forma...

Obrigada pela visita!
Que venha 2012 (com seus rituais, brindes, abraços...)!!!

28 de dezembro de 2011 10:05  
Blogger ღღღღ Cici ღღღღ disse...

Eu acho que gosto muito mais do Natal do que do meu próprio aniversário... justamente por passar ao lado da família, de pessoas queridas.
Amei o seu post! Te visitarei sempre, pode apostar.

Bjns, e um FELIZ 2012!!
:)

29 de dezembro de 2011 07:32  
Blogger Jaqueline Morango disse...

muito bom o blog...
amei seu modo de escrever.
um feliz natal(atrasado)e um ótimo 2012.

29 de dezembro de 2011 08:38  
Blogger Lia disse...

Oi Jefh...estava aqui lendo seu texto sobre o Natal...e me senti tão pequena diante de uma beleza tão simples, que acho que tudo acontece e flui naturalmente dentro de vc, sem que precise pensar para escrever, não mesmo?! Sempre me achei capaz para issso, mas qdo vejo o que sai de dentro de vc, me sinto aquela "pequena" do inicio rsss. Lindo texto. Parabéns. Ao contrário de vc, adoro best sellers. Estou lendo no momento o segundo volume da triologia Millennium "A Menina que brincava com fogo" de Stieg Larsson. Como gostei muito do primeiro acho que vou chegar até o terceiro. Mas anoitei o nome do livro que vc citou na sua última postagem e com ctz irei compra-lo, depois te conto se gostei, ok?! Abraços querido e continie nos alegrando com suas linda cronicas!!! Até breve!!

29 de dezembro de 2011 10:21  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Querido amigo, que texto lindo você escreveu... Tem coisa melhor do que passar com quem amamos, em família? Não acredito que tenha! Por isso Jefh, posso te contar que também foi assim meu Natal, simples...mas intenso para a alma! Não bebi, agora eu tenho certeza que a felicidade, a alegria não precisam de estimulo alcoólico,brotam do coração que está aprendendo a seguir Jesus, caminhar com ELE... Assim é que despertamos, para o que é mais importante na nossa vida! A SIMPLICIDADE, O AMOR, A FAMÍLIA...
Grande abraço e continue com Jesus!

29 de dezembro de 2011 17:15  
Blogger CANTORA QUELLY SILVA disse...

Oi Jefh... Retribuindo a visita! Amei o texto, bj no coração e feliz ano novo pra ti!!! Virei sua seguidora!!!

30 de dezembro de 2011 08:26  
Blogger LAURA SVORAZAROVSKI disse...

inversamente, vc comenta do antigo ao novo
eu do novo ao antigo
e justo numa postagem antagonica, natal e horror e tal
e mais
vc passou com a familia
eu passei com os pais de familia que não respeitam seus votos familiares (pista)
bah
isso
essa sincronicidade
des-sincronizada
esta me assustando
assustar
finalmente condizente
com macabro ao menos

abraço!!!

30 de dezembro de 2011 16:51  
Blogger Pri disse...

muito bom seu texto, gostei muito de conhecer suas obras. obrigada pelo apoio quanto ao meu blog. nao pretendo parar de escrever, mas provavelmente mude de endereço e nome!!

um otimo 2012 pra voce, e parabens pelos seus tres anos de blog!

abraço

5 de janeiro de 2012 02:42  
Anonymous Anônimo disse...

"tudo que consegui imaginar foram figuras de Noéis macabros em ações hediondas"

Eu ri muuuito lendo isso! kkk

Fiquei curiosa pra saber como ficaria o conto. Acho que vc deveria ter deixado Poe te inspirar. Não combinaria com o seu estado de espírito, eu sei, mas combinaria muito com o meu, haha!

Boas férias. Divirta-se muito!
Bjsssssssssssssss!!!

6 de janeiro de 2012 06:45  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial