domingo, junho 19, 2011

OS ANJOS

Hoje não dáaaaa... Hoje não dáaaaa... Não sei mais o que dizer e nem o que pensar. (Legião Urbana)

Como explicar que depois de muitos anos, sem mais nem menos, acordei ‘Legião Urbana’? Sim. Acordei tão Legião Urbana hoje!


Fazia tanto tempo que não despertava com uma música dos caras na cabeça, nem me lembro quanto tempo faz.


Hoje acordei assim, com uma música na cabeça e o coração comprimido pela mesma. Preciso ouvir muita Legião Urbana pra dar conta do momento. O engraçado é que atravessei um túnel do tempo enquanto dormia da noite passada para este dia com nove horas decorridas. Foi como acordar de um sono profundo de mais de vinte anos e encontrar um computador sobre minha escrivaninha (algo que jamais havia tocado), e um YouTobe em sua tela, uma televisão que eu mesmo poderia programar (algo que jamais havia imaginado).


Talvez tenha sido a juventude dos outros que tenha me causado este despertar. Quando somos jovens, o poder deste estado de ser é tão grande que causa a nítida impressão que aquele é um estado permanente e jamais irá acabar, e talvez seja, e talvez jamais acabe quanto feito realizado e intocável. Naquela fase da vida, os limites não são bem definidos. O futuro é algo proporcional a nossa capacidade de sonhar. Somos tão capazes. E a mesquinhez é coisa dos mais velhos incapazes, um mudo à parte. Não se trata apenas de uma fase utópica, platônica, hormonal, de ímpetos e de furor energético. Não! É muito mais que isso. Nada pode nos deter quando jovens. Somos os cronistas de nosso momento. Tudo é extremado e extremo. Nosso pequeno mundo é o grande mundo que existe. Ainda não nos enfileiramos nas posições do quadro e nas funções da máquina. Mesmo os mais ‘centrados’, aqueles que muito cedo tomam para si as aspirações dos pais, vez ou outra se encontram flertando com a avassaladora liberdade daquele momento. Como fez entender um filósofo, que não me recordo o nome entre os tantos nomes que surgem na tela da televisão, não exatamente com estas palavras: “Os jovens estão no palco da vida, e os adultos devem descer do palco para assisti-los”.


Talvez a explicação mais coerente para o meu ‘sono viajem’ pelo túnel do tempo seja a propriedade efusiva da juventude. Hoje acordei tão Legião Urbana!


Mas hoje não dáaaaa... Hoje não dáaaaa... Vou consertar a minha asa quebrada e descansar.(LegiãoUrbana)


Obs. Peço o seu voto para o meu blog no Prêmio Top Blog 2011. Por favor, vote logo abaixo do meu perfil. Obrigado por seu apoio e atenção! Um grande abraço de blogueiro!

59 Comentários:

Blogger Leo disse...

Hacía tiempo que no pasaba por aquí, ya puedes estar contento, tienes un blog fantástico.....
Saludos afectuosos y que sigas adelante como hasta ahora.
Leonor

19 de junho de 2011 14:34  
Anonymous Nina Dias disse...

oi Jefh, viajando também pelo túnel, mas acordada, lembro que minha filha pequena com seus 6 anos de idade, queria " ser tudo" como ela dizia,ela "sabia tudo"... Quem sabe, não sabia mesmo...Assim como agora jovem de 19 anos, tantos ideais, e vivendo esses momentos em que parece que tudo é possível, até o impossível, eu deixo que ela experimente e viva sua vida longe, mas sempre perto do meu coração...bj e boa semana, Nina

19 de junho de 2011 15:04  
Blogger ♥♥ஐEli§@n§elaﻬ♥ disse...

é issso ai querido tem dia que: hj não dá e temos sempre uma asinha quebrada pra consertar!!
gostei muito desta meditação!
nos faz refletir, qual é a nossa asinha quebrada!!?
abraçosss

19 de junho de 2011 15:23  
Anonymous Anônimo disse...

É Jefh.. tem momentos que nos acontece isso mesmo.. do nada nos vem algo à mente e permanece insistentemente.. e sempre procuramos o porquê.


Beijocas super em seu coração e uma maravilhosa semana para você!

Verinha

19 de junho de 2011 15:31  
Blogger shan-Tinha disse...

é, é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã...o tempo passa, a vida passa, eu vou voando pela vida sem querer chegar...uhhh agora embarquei na tua nave hehehe!
o melhor da vida vivida é a memória que temos do que já passou!
bj e ótima semana pra ti!

19 de junho de 2011 17:11  
Anonymous JAN disse...

É... ACONTECE. NOSSA JUVENTUDE NÃO VAI EMBORA... APENAS CEDEMOS LUGAR NO PALCO E, ACHO QUE NÃO APLAUDIMOS O SUFICIENTE...

A PROPÓSITO, NÃO INVENTA DE PUBLICAR LIVRO;-) PREFIRO LER SEUS TEXTOS AQUI MESMO...

19 de junho de 2011 17:17  
Blogger Kleber Augusto Martins Weck disse...

Bom eu ainda sou jovem mas sempre procuro aprender com quem está "decendo do palco"... e nunca se esqueçam o exemplo que se da ensima do palco durante a vida vale muito mais do que as palavras ditas quando se vai decer deixando espaço para outro subir!

19 de junho de 2011 18:21  
Blogger Celinha disse...

Gostei muito, bem leve. Também tenho meus dias de Legião Urbana. Talvez seja a vontade de voltar aos tempos de juventude.

19 de junho de 2011 18:55  
Blogger ㋡ Simone - §♥§ ㋡ disse...

Olha só... Esses dias me encantei com o vídeo/propaganda que à VIVO fez contando à estória de Eduardo e Mônica - http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=gJkThB_pxpw
... e agora vc faz um post desse ?!?! - Até eu tive meu momento Legião Urbana agora... rsrsrs
Bjkssssssss Jefh

19 de junho de 2011 19:48  
Blogger Rosana disse...

Viajar no tempo sempre é bom , rever amigos refeletir sobre a vida.
Tenha uma otima semana.

20 de junho de 2011 03:38  
Blogger Cristina Almeida disse...

Não sei o que os sonhos significam, gostaria de saber, mas não sei...Só sei que alguns sonhos nos deixam com sensações estranhas...Uns nos remete à um túnel do tempo, onde podemos avançar ou retornar, outros nos deixam com uma sensação de leveza como aqueles que temos de estar com alguém especial, alguém que beija diferente, alguém que nos faça sentir diferente!
Outros sonhos nos deixam nervosos, como aqueles que sonhamos que estamos fugindo de algo e nunca conseguimos escapar!Se pudesse escolher que tipo de sonho sonhar, escolheria o segundo, aquele romântico todas as noites, pra acordar totalmente nas nuvens!!!rsrsrs...
Bjs e uma bela semana...

20 de junho de 2011 03:42  
Blogger Viviane Rocha disse...

Meditei por alguns estantes em sua mensagem e pude ver o quanto eu perdi minha juventude com coisas fúteis e sem valor, pude ver a importância do viver sem medo mais com sabedoria, vivi muito tempo com as asas quebradas sentindo dores mais sem saber onde estava a ferida, hoje totalmente em outro nível e de asas leves sem dores enxergo a vida em outro angulo e tento passar isso para todos os jovens que alem de ter as asas quebradas tem os olhos cegos e não pode ver e nem voar diante das maravilhas que Deus tem pra nós, lindo é o mundo para ser perdido com coisas fúteis e sem valor... parabéns pela sua postagem! vivi rocha

20 de junho de 2011 05:57  
Blogger Queremos falar de música! LET'S TALK ABOUT MUSIC disse...

Olá pessoal!
Como vocês sabem, estou concorrendo a um jantar com o Kiko Loureiro e a uma guitarra da Tagima. Mas pra eu ganhar, preciso que vocês me ajudem votando no link abaixo:
Galera! Por favor DIVULGUEM e me ajudem a ganhar essa promoção!
http://www.tagima.com.br/voteemmim/marinab/
;*

Marina

20 de junho de 2011 06:00  
Blogger Wynne Melo disse...

"Não se trata apenas de uma fase utópica, platônica, hormonal, de ímpetos e de furor energético. Não! É muito mais que isso. Nada pode nos deter quando jovens."

Muito bom, papai! [sorrio]

20 de junho de 2011 06:28  
Blogger Smareis disse...

Oi Jefh, eu costumo estar sempre de volta nesse túnel do tempo. As vezes ando quebrando minhas asas nos meus vôos, mais acordo sempre pra realidade.Na juventude, somos atraídos por aquilo que é chamado de interessante; na idade madura, pelo que é bom.Desejo um ótimo começo de semana cheio de coisas maravilhosa pra você. Um Beijo!

Aproveitando pra votar, bingooooo!

20 de junho de 2011 07:02  
Anonymous Ju Lemos disse...

Cara curti teu blog! Sabe, é super dificil acharmos por ai blogs com textos como os teus, ainda mais um blogueiro homem!

Sobre Legião Urbana, as vezes me pego cantando musicas deles, até já andei a cantarolar na rua... tenho bons momentos com mtas delas e convenhamos Renatão é eterno.

Se quiser as portas do meus cafofo estão abertas para sua visita
Bjus e boa semana

20 de junho de 2011 07:30  
Blogger Rafael Castellar das Neves disse...

hahaha...boa Jefhão!! Esse momentos são bem estranhos, doidos no nascer e esquisito de viver..

[]ssss

20 de junho de 2011 08:07  
Blogger Isa Messias disse...

Essa música me lembra de tempos que eu nem vivi mas que tenho saudades...

20 de junho de 2011 08:59  
Blogger Impulsiva disse...

Me identifiquei muito com esse texto, muitas vezes já viajei no tempo e tive as mesmas sensações. Tantas coisas mudaram, mas hoje, aos 30, prefiro pensar que a juventude é mesmo um estado permanente, desde que saibamos cultivar não somente a capacidade de sonhar, mas a crença que o nosso espírito pode comandar todo o resto...

Abraços,
Kenia Araújo.

20 de junho de 2011 10:49  
Blogger Jorge Manuel e Daniele Dallavecchia disse...

Nossa, este post me fez viajar... E lá se foi o melhor da mpb, era uma vez aqueles que não saem da nossa cabeça. A legião me descreveu tanto, já me compreendeu em tantos momentos. O Renato sabia como falar, como tocar cada alma, era a sensibilidade aguçada daquele espírito revoltado que me prendia tanto...Poxa, valeu muito a pena dar uma volta no teu blog. Este post está um luxo! Parabéns!

beijos e votos duma semana abençoada!

20 de junho de 2011 11:42  
Blogger Janaína Pupo disse...

Amo Legião, muito mesmo!
"Somos os cronistas de nosso momento. Tudo é extremado e extremo"

Adorei isto, meu amigo... aliás, adoro tudo o que vc escreve.
Beijos e linda semana.

20 de junho de 2011 13:25  
Blogger Ma Ferreira disse...

lá Jefh...

MAs indepndente da musica do Lwgião, tem dia que não dá...mesmo!!!

Mas voltando ao sentido do seu texto..
Eu com uma filha de 17 anos, volto e meia relembro de quaudo eu tinha a mesma idade.
Ai fica fácil de entender certas aitudes.
Certos ímpetos de minha filha. A sensação que que pode tudo. E realmente pode. Com responsabilidade..( isso eu, mulher madura falando )
Nós sobrevivemos, com toda aquela vontade, disposição, garra,..
Não eramos tão focado na opinião da sociedade exercitamos nossa liberdade mais facilmente.
Hoje somos mais comeditos. Eu pelo menos sou.
Como se fosse um ave dentro de uma gaiola com a porta aberta. Mas a vezes falta aquele impedo de sair da gaiola e voar..
Por acomodação, por preguiça..sei lá..por que é assim..
Comecei a entender que muitas coisas são porque são..não tem explicação..
Vc ja assitiu um filme chamado magnólia??
É meio complicado..mas depois de assisti-lo, comecei a ser mais conformada : é assim porque é assim..

Mas o assim.,me faz feliz..quer dizer..pensando bem...

Um bj...
Ma

20 de junho de 2011 14:19  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Oi amigo, em algum momento todos viajamos no tempo...e é muito bom, boas lembranças...sonhos que se foram, outros chegaram... O tempo passou e neste finalzinho de tarde me permiti viajar também...lendo, lembrando, amando cada dia mais VIVER!!! Um grande abraço, até amanhã!

20 de junho de 2011 17:14  
Blogger RhaqueLNusA disse...

Olá Jefh, você leva mesmo jeito com as palavras. Mesmo eu não sendo fã de legião, curti muito o sentido do seu texto e senti uma boa nostalgia ( não de legião...rs). abraço!

20 de junho de 2011 18:33  
Anonymous Rayane Marques disse...

Obrigada pela visita.Seu blog é lindo!!!
Tenha um ótimo dia.

21 de junho de 2011 05:11  
Anonymous Suellen disse...

realmente é verdade,as vezes acordamos com coisas na cabeça impossiveis de serem tirados,elas nos atormentam pelo dia inteiro :( mas faz parte da vida,se não tivesse essas coisas,com o que nos preucupariamos?;x

21 de junho de 2011 08:31  
Blogger Kaká Magrela disse...

Obrigada pelo comentario no meu blog ..bjus

21 de junho de 2011 09:24  
Blogger patybiscuit 'artes disse...

Oi,vim agradescer pelo comentario,e dizer que adoro legião. E com certesa quando adolecentes nunca imaginamos um dia passar a fasi Chamos que jamais ficaremos velhos um dia.um grande beijos.paty...

21 de junho de 2011 09:44  
Anonymous Anônimo disse...

É Jef tem dias que não dá mesmo. Mas, a gente acorda com aquela música na cabeça, cantarolando não sei que trechinho, com a sensação de que o relógio voltou.
A verdade é que a gente nunca pára de representar nesse palco chamado vida, o que acontece é que o nosso espetáculo amadurece mais, fica mais cheio de detalhes... E as vezes nos dá saudades do texto original. Mas hoje nao dá, as asas já estão cansadas, feridas, quebradas... Hora de consertá-las e descansar um pouco.
Amei Jef, seu devaneio meio Legião Urbana.
Beijos

21 de junho de 2011 14:45  
Blogger Danelize Gomes disse...

Despertar de um sono ou sonho,qualquer um pode, com uma música na cabeça é tão bom!
Ainda mais quando é uma música ou banda que faz parte da tua história. Faz tempo que eu não acordo com alguma boa música na cabeça,mas sempre acordo pensando em alguém... :$
Enfim, teus textos são sempre ótimos,mas esse de viajar pelo túnel e de resumir o teu tempo de jovem como " Tudo é extremado e extremo", foi espetacular! *-*

21 de junho de 2011 17:00  
Anonymous Anônimo disse...

Tentei enviar pelo gmail e hotmail e os dois retornaram, nao aceitaram o seu endereço.

Bem, aí está o que aconteceu com os pombinhos do meu vizinho que não era pinguço, mas o pai da Maria D'Guia era... Não sei se vou publicar isso, mas fica como resposta pra você. beijos.

MARIA D'GUIA, POBRE MENINA!

Maria D’Guia era a caçula de 14 irmãos de uma família nordestina, que veio pra Brasília tentar uma vida mais fácil. Mas, tinham uma vida bem difícil. Às vezes faltava o que comer e a pobre menina, que nessa época tinha 09 anos, ia pra escola com o bucho vazio, e por vezes o ouvíamos roncando, reclamando comida. Nessa hora juntávamos moedas daqui e dali por toda a turma da escola pra comprar o lanche pra ela.
A menina tinha uma imaginação muito fértil e contava casos mirabolantes, de discos voadores, fantasma que sujava o uniforme dela(sempre estava sujo), duendes que apagavam os deveres e por aí. E por causa dessa “imaginação” mais do que fértil ela apanhava todo dia. A mãe, era chamada sempre para comparecer à escola porque ela não fazia os deveres, ou se fazia, os duendes apagavam. A mãe, nordestina arretada, dizia: “ Professora, pois te dou direito de espancar essa mentirosa, castigue essa bichinha, que ela não é fácil. D’Guia ficava com os olhos arregalados de medo... Mas, mentir era algo que já fazia parte do cotidiano dela.
Um dia chegou na escola parecendo uma berinjela de tanto que apanhou por mentir, e nesse dia tomou a decisão de nunca mais falar uma mentira na vida.
O pai trabalhava em construção como pedreiro, e não ganhava o suficiente pra alimentar tantas bocas. Todavia, podia faltar tudo, menos a garrafa de cachaça que nos fins de semana era motivo de confraternização entre os amigos de pinga. E para tira gosto nada como pés de galinha bem cozido até formar um caldo grosso. Era uma festança só!
Num desses dias de festança, faltou o dinheiro pro tira gosto corriqueiro e ficaram imaginando o que fazer para acompanhar a pinga. De repente, a resposta veio do céu: Os pombos do vizinho! Fizeram pombos à passarinho, e a festa rolou o dia todo.
O vizinho esperou que os pombos voltassem pra casa na boquinha da noite, como era costume. Não apareceram e ele saiu procurando os seus bichos de estimação. De porta em porta, chegou até a casa do pai da D’Guia e perguntou:
- Por acaso os senhor viu meus pombos? Só voltaram quatro e seis não retornou para pombal.
- Não vi não. Hoje não vi nenhum, achei até que estavam presos. Mas, procure que vai achar...
D”águia ouviu todo o diálogo. E quando o vizinho agradeceu e estava no portão, ela saiu pela lateral da casa e chamou:
- O senhor ta procurando seus pombos né?
- Sim estou. Mas, ninguém sabe deles.
- Eu sei... Olha aqui os 12 pezinhos dos seus pombinhos- ela tinha colocado todos os pés num saco e abria pra ele ver – Eles comeram seus pombos com pinga. Esconderam as penas e os pés dentro de um saco pra jogar bem longe amanhã, mas eu trouxe os pezinhos pra você acreditar que eles morreram...
Nesse dia quase que D’Guia ficou órfã. O vizinho enfiou um revolver na boca do pai dela e disse que ia fazê-lo engolir a arma, tal qual engoliu seus pombos. Depois de muito deixa disso, pare com isso, pense bem, o vizinho relevou e foi embora. E nesse dia a pobre menina apanhou como nunca tinha apanhado na vida.
Pobre menina pobre! Lamuriosa repetia sem parar: “ Eu não entendo o que querem comigo, pois se minto, apanho, e se digo a verdade, apanho também! Assim fico confusa...
Pensava eu com os meus botões, enquanto ela berrava e lamuriava, que o problema é que disse a verdade numa hora errada... E ainda dizem que a verdade cabe em todo lugar! Sic...sic...sic

21 de junho de 2011 17:09  
Blogger Lugreen disse...

Oi Jef!!!
Eu diria:
"Todos os dias quando acordo
Não tenho mais
O tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo...
O que foi escondido
É o que se escondeu
E o que foi prometido
Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens...

Tão Jovens! Tão Jovens!...
Sabe querido com a expectativa de vida beirando os 100, eu com meus 44 aninhos me sinto uma adolescente!!!
continuo muito jovem!!!
Sempre é tempo de pintar quantos quadros quiser e eu continuo cronista da minha propria vida,ainda não desci do palco(estou vivendo)!
Tenha uma quarta quem sabe quase sem quer!
Tenho andado distraído,
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso,
Só que agora é diferente:
Sou tão tranqüilo e tão contente.
shalom

21 de junho de 2011 19:21  
Blogger BLOG BIA DE JESUS disse...

Oi, tudo bem? Parabéns pelo blog, seus textos são muito bacanas, realmente você é bom na arte de escrever.
Quero também agradeço a visita que vc fez ao meu blog, você será sempre bem vindo viu?
Um abraço, fique com Deus.
biadejesus.blogspot.com (Um blog sempre com palavras de fé,ânimo, coragem etc...)
Te aguardo outras vezes lá ok?

22 de junho de 2011 08:02  
Blogger Malú Nunes disse...

Mas não descartemos a possibilidade de mantermo-nos jovens pra sempre!

22 de junho de 2011 10:22  
Anonymous Herberth Reis disse...

Ah!! se todos fossem poetas o mundo seria muito melhor entre no meu blog e vote no melhor cantor de 20011

22 de junho de 2011 12:47  
Blogger Atelier de Arte Floral disse...

Obrigada pela visita em nosso blog. E parabéns pelo seu, adoramos!!!

22 de junho de 2011 12:50  
Blogger Eliana disse...

Oi Jejh, maravilhoso o seu texto!
E me fez ir longe... lá em um show do Legião, que eu fui só para ouvir a música: "É precisso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, e se você parar pra pensar, na verdade não ha!" Muito linda não é?
O show foi inesquecivel e o Legião também!
Ótima lembrança Jefh. PARABÉNS!

Fica com Deus, tenha uma ótima noite!!!

22 de junho de 2011 13:29  
Blogger Messias Daniel disse...

hj por sorte ou acaso encontrei em meu pc uma pasta com um monte de musicas do legião urbana
os cara são os melhores escrevendo e ouvindo teatro dos vampiros
tem um post novo no meu blg da uma olhada lá depois abçs

22 de junho de 2011 17:49  
Blogger ATELIER CORES E FORMAS disse...

PASSEI PARA DESEJAR UM BOM FERIADO.ESPERO QUE VIAJE BASTANTE E DESCANSE BEM.RSRSRS.PORQUE EU VOU DESCANSAR, VOU VIAJAR NO SONO. MUITO LEGAL ESSE POST.AMEI.BJUS

22 de junho de 2011 20:34  
Blogger Solange disse...

e hoje eu acordei tão jefh..

com vontade de escrever o mundo em poucos parágrafos..
e desenhar uma estrada, em que mais de tres mil pessoas, jovens ou adultos estão seguindo..

bjs.Sol

23 de junho de 2011 05:21  
Blogger Nayana Anastácia disse...

Que nostalgia de manhã chuvosa...
Retribuindo!
Um grande beijo!
Adorei o blog.

23 de junho de 2011 06:45  
Blogger Evany Bastos disse...

Lindo sua cronica jefh, parabens, voce hoje tocou meu ser, seus textos sao otimos toca a gente profundamente. Voce tem livros publicado? Passa la depois e me responde se tiver onde encontrar.
Abraco.
Evany.

23 de junho de 2011 08:41  
Blogger Ariane disse...

hahahahaha... me convidar pra ver seu blog? Não se preocupe, não piorou em nada meu humor, até melhorou!
E Legião Urbana é bem melhor do que histórias sobre sua mãe te perseguindo no boteco, hahaha.
Gostei muito do blog... Vou seguir.

23 de junho de 2011 08:42  
Anonymous Mari disse...

Ola, adoro legião e eles tb me fazem me lembrar
de algumas fases da minha vida...
adorei seu post, muito muito bom mesmo!!

23 de junho de 2011 10:01  
Anonymous Cristina Pessoa disse...

Jefh, vlw a visita! "Todos os dias quando acordo, não vejo mais o tempo que passou...temos todo o tempo do mundo..." E é com esta frase que recomeço um velho projeto de mesmo antes de toda esta febre tecnológica disponível. Quando sonhei isto eu era jovem e mesmo com toda a força da juventude os dias foram passando, os compromissos aparecendo e um sonho adiado, mas sempre sonhado. Enfim! Espero que todos os dias acordemos com "Legiões Urbanas" na cabeça e sempre dispostos a sermos jovens, faça chuva ou faça sol. Um grande abraço e muito sucesso pra ti!

23 de junho de 2011 16:41  
Anonymous Anônimo disse...

Olá! Como disse no meu blog, repito aqui! Rs. Por mais que queiramos errar para aprendermos, é necessário que saibamos das experiências dos nossos antecessores. Nós, jovens, temos a mania de achar que estamos certos em tudo e que conhecemos o mundo e as pessoas, quando, na verdade, não sabemos nem do que estamos falando. Hoje você acordou Legião Urbana e eu acordei Natiruts. Gostos extremamente diferentes, sons distintos, mas o mesmo objetivo, a mesma vontade de deixar tudo pra lá e viver a vida, feliz hoje e sempre. E a saudade, bem, só sentimos falta do que é bom. Então, sim, é muita saudade! Parabéns pelo blog! Beijos da Gypsy ;*

24 de junho de 2011 05:50  
Blogger Suzane Weck disse...

Demorei,mas cheguei.Quero agradecer sua visita em meu cantinho e lhe dizer que adorei seus textos e sua maneira de escrever.Estarei sempre espiando suas novidades.Grande abraço.

24 de junho de 2011 16:29  
Blogger Maho disse...

Ah! Adoro Legião Urbana, apesar de ser uma criança ainda, todos dizem para mim, que não pareço tanto criança, pois gosto de bandas bemn antigas e coisas antigas também. Não andava a entrar no seu blog, pois, mal estava entrando no meu própio.
Abraço ^^

25 de junho de 2011 11:45  
Blogger lucimarmoreira disse...

Não importa quantos anos temos, sempre seremos jovens, enquanto fomos jovens iremos viajar no túneo, porque recordar é viver, beijos Jefh.

25 de junho de 2011 11:56  
Blogger Evanir disse...

A você meu anjo que esta presente em todos os meus dias,
me alegrando e me fazendo feliz.
Com seu carinho venho deixar meu
afeto ,carinho e gratidão
Por nunca me deixar sozinha.
Um feliz Domingo beijos no coração.
Eu serei sua amiga para sempre,Evanir.

25 de junho de 2011 13:56  
Blogger MARIA HELENA disse...

Oi Jeferson, estou aqui retribuindo a visita que vc fez ao meu blog (maravilhas do crochet) fiquei muito feliz.
Quanto ao seu é uma maravilha, mas como estou só de passagem vou tirar uma tarde para ler seus textos pois merecem toda minha atençao.

Um grande abraço.

Lena

25 de junho de 2011 15:32  
Blogger Camila... disse...

Legião, uma ótima pedida para falar de sonhos, paixão e vida....Legião sempre tem algo de bom para te dizer nas entrelinhas, eu adoro....
Estou retribuindo a visita...ah e vc perguntou sobre quem seria "Hillary Duff"...ela é uma atriz e cantora americana, fez diversos filmes....adolescentes...ainda não li o livro, vou ver de baixo algo na net e depois comento....
Seu blog é interessante, vc explora o seu "eu" sua vida, isso é bom...vou linkar...
se quiser visite tbm:
www.clickdamagia.blogspot.com (cinema)
www.amoresublimeamore.blogspot.com (texos e poesia) (estou num momento sem inspiração)
www.mundodecacau.wordpress.com
E um ótimo fim de semana!!!

25 de junho de 2011 20:00  
Blogger Paula Moraes disse...

Adorei seu blog, obrigada pela visitinha tbm...=)
AMooooooo de paixão Legião Urbana, Renato era um grande poeta, até hoje suas letras atuais falam consoco de forma direta e profunda. Depois deles não houve outra banda nem parecida de longe. E dizem que nada na vida é insubstituível...
Bjs

25 de junho de 2011 21:33  
Anonymous Rerem disse...

Extremamente encantador
essa história.
Viajei no túnel da imaginação.
Bom domingo.

26 de junho de 2011 04:59  
Blogger mydreams disse...

Nossa você está de parabéns, seu blog é show !

27 de junho de 2011 07:24  
Blogger Jeh_Baluarte disse...

Amei o texto e principalmente a forma como descorreu sobre a juventude, eu já havia procurado maneiras de descrever essa fase tão fantástica da vida, mas nunca havia encontrado e você conseguiu traduzir em palavras exatamente o que sempre senti.
Amei mesmo.

Parabens.

11 de julho de 2011 09:49  
Blogger Simone butterfly disse...

QUE BOM! TEMOS A MESMA AFINIDADE PELAS MÚSICAS DO LEGIÃO URBANA! BOM GOSTO! RS,RS

25 de julho de 2011 05:08  
Blogger Ceiça disse...

Adorei! Esse texto me fez lembrar de quanto curti "Legião Urbana" E ainda hj acordo muitas vezes e começo o dia a cantarolar suas músicas, e tmb ouço ainda. O que é bom não se esquece. E quanto a ser jovem isso é muito relativo, pois a juventude no nosso interior depende de como conduzimos nossa vida,podemos ficar com a pele marcada pelos anos de existência ,mas o nosso interior só muda na EXPERIÊNCIA que adquirimos.Jamais quero ter um coração envelhecido,mas sim renovado pelo AMOR de Deus. Siga em frente com essa tão bela iniciativa! Deus o abençoe e te encha de muita juventude para que continue a escrever tão belos textos! Um bom final de semana! Paz e Bem!

29 de outubro de 2011 07:15  
Blogger Psicopedagoga ROSÂNGELA disse...

É... aos meus 39 anos recém feitos também me pego assim, com saudades do passado e muitas das vezes o que remete a ele são canções dos bons momentos: Capital, Legião, Ultraje, Engenheiros, Nenhum de nós, estes dois últimos aqui do sul. Abç

11 de maio de 2012 10:52  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial