Amigos

sábado, novembro 06, 2010

DENTISTA (O PRELÚDIO DO TRAUMA)

Sempre torço para que a dentista esteja de bom humor mesmo quando marco a sessão para o primeiro horário, pouco depois das sete horas da manhã. Tenho minhas razões para torcer, o que nada tem a ver com a minha dentista atual, que é, na verdade, uma fada do dente. Porém, hoje não tive sorte.
Ela nem mesmo retribuiu de forma perceptível o meu “bom dia!”. Pior, ela certamente estava no dia em que a última coisa que queria em seu primeiro horário era um cliente medroso.
Medo de cadeira odontológica também responde por pavor de cadeira odontológica. Só quem tem pavor por essa modalidade terapêutica sabe como é.
Contudo, que outro remédio, senão sentar-se, estar preso, estar tenso, e abrir a boca até sentir doer a articulação temporomandibular?
_Você tem preferência por algum dente hoje? Ela perguntou.
Eu respondi que iniciasse pelo dente que estivesse em pior estado, ou o mais visível, por favor.
_Com ou sem anestesia? Foi a segunda pergunta que me fez. Aí já me pareceu piada da parte dela, sarcasmo.
_Com anestesia, é claro. Se possível geral. Eu respondi.
Enquanto ela me picava, comentou que se informou sobre uma forma de anestesia nova, moderna, onde o paciente teria um relaxamento não somente local, mas geral, porém ela ainda não havia feito o curso para usar a tal técnica, eu lamentei.
Picadas. Sonda de sucção no canto da boca. Respiração quase suspensa. Taquicardia. Mãos à obra.
Logo no primeiro contato dou um sobressalto da cadeira - Sim, eu estava histérico. Sei que o leitor pensou isso, eu também pensaria.
_Doeu? Ela perguntou. Eu disse que sim, com um movimento enérgico de cabeça. Ela completou: _Não era para ter doido, a restauração é minúscula e super rasa. Eu pensei. “Diz isso pro meu dente, vai que ele compreende e acata.” Ela deve ter pensado: “Frouxo”.
Mais picadas... Ela mexeu a broca e eu temi a morte. Não é que eu seja exagerado. Tenho minhas razões pra tanto. É que, quando eu era criança... bem.

Meu primeiro contato com o profissional dos dentes foi no mínimo vexatório.
Eu cursava o primeiro ano da escola pública, ainda nem era alfabetizado. Franzino, fracote e dominado por uma timidez abismal. Veio uma mulher de jaleco branco até nossa sala, falou com a professora, esta ordenou que nos levantássemos e seguíssemos em fila indiana para fora. Fomos. Na fila as palavras vinham de cochicho, sussurradas. Algum garoto mais esperto anunciou da frente que o nosso destino era o dentista. Eu não sabia como era um, logo os iniciados trataram de espalhar o terror aos desavisados. As exclamações mais horríveis corriam a fila em sentido proximal para distal e vice versa. Ninguém ficava muito tempo lá dentro. O tal motorzinho, que soube de sua pavorosa existência ali naquele momento, não estava “vociferando” contra os que adentravam a sala. Um saía dizendo: _Duas. Outro dizia: _Nenhuma. Outro: _Uma. Esses números corriam a fila, e isso não seria problema nenhum, se não fosse o caso de eu ter sido o recordista. O Doutor, por de trás da máscara, disse para a assistente arregalando os olhos: _Sete! Esta reagiu com a mesma cara de espanto, repetia o numero enquanto anotava a quantidade de cáries na prancheta: _Sete! O próximo da vez não teve dúvida. Eu ainda estava de boca aberta quando o ouvi virar-se para a fila e anunciar em auto e bom som que eu era o recordista da podridão oral.
Caro leitor, um garoto aos sete anos sonha em beijar a menina mais bonita da sala. Você imagina como é que ficou qualquer expectativa minimamente pretensiosa que eu nutria com um mísero grão de alpiste diário, porção permitida por minha imperiosa timidez?
Contudo, não foi essa situação que me causou o grande trauma à cadeira odontológica, mas sim outro fato ocorrido numa...

_Cospe. Ela disse. E eu, surpreendentemente, ainda tinha forças para tal ação. Cuspi. Sentia-me atordoado, e ainda teria um dia inteiro de trabalho pela frente. Eu queria, na verdade, ir para casa, enrolar-me numa coberta, passar o resto da manhã deitado, me recuperando.
_Terça feira, pode ser? Ela perguntou-me. Eu concordei automaticamente. Não tinha condições nem energia para recusar-me.

Obs. Estou agora, no twitter. Se quiser falar comigo lá é @Jefhcardoso74.

117 comentários:

  1. Oi Jefh!
    Gostei muito do seu post...
    Eu tmbm não gosto de ir a dentintas.
    Acho tão desconfortavel...
    Vc escreve muito bem , sempre tem desenvoltura nas palavras, clareza no assunto em si abordado...Parabéns!

    Adoro estar aqui...

    Abraços cpom carinho!

    ResponderExcluir
  2. Esse post caiu como uma luva.Eu estou passando pelo trauma de fazer tratamento com dentista.Não existe coisa pior, depois de extrair o dente, ficar tendo restrições no início pra comer.E quando a obturação não dar certo, então....

    ResponderExcluir
  3. Primeiro que sempre estamos bem humoradas e mesmo as 7 da manhã...rsrsr, segundo que somos treinadas para atender pacientes anciosos ! Adorei seu post, passe no blog tem selinho , bom final de semana, e tomara que na proxima ela já saiba a nova tecnica de anestesia rsrsr

    ResponderExcluir
  4. Tenho trauma de dentista, estou adiando mas não por muito tempo, vou ter que enfrentar e me sentar nessa cadeira que mais parece elétrica,rs.

    Bom domingo amigo.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Jefh

    Taquicardia, palavra que me define ao dentista.

    Perguntei à minha dentista anteontem: "Alguém já infartou nessa cadeira?" Ela gargalhou, mas eu suava frio.

    Juro.

    Não tem terror maior, torço para uma anestesia geral, plena, mumificante.

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  6. CAro amigo, desculpe mas seu texto me causou boas risadas, na verdade essa sua história me abriu a imaginação, fui criando cada cena...
    BRILHANTE !
    PArabens...

    Atualizei o meu também, espero sua visita !
    Abraços !
    http://realcre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Jef,
    teve um ano da minha vida que tudo que rondava na minha vida era a odontologia, namorava um estudante que por sinal estudava com minha prima, sendo que uma de minhas melhores amigas também estudava odontologia, até hj em festas somos conhecidos pela "galera da odonto"... passei dias ouvindo sobre dente, quando saíamos, imagine quando foram surgindo os paciêntes, já ouvi histórias muito parecidas com essa sua e piores de paciêntes muito mais nervosos, eles me contam cada experiência... mas relaxe isso é normal!!
    beijos
    ps:. tbm naum gosto de dentísta!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Jefh, adivinha por que vim ler seu post?
    Tenho também alguns traumas básicos com a palavra dentista, sem contar que as anestesias não são muito minhas amigas, na verdade elas quase nunca fazem efeito rsss
    Nossa, sabe que lendo seu relato que me toquei como os adultos podem destruir o futuro de uma criança com palavras?
    Na escola então... quanta humilhação passamos por causa de profissionais que não tem um pingo de ética e conhecimento sobre psicologia humana.
    Gostei da maneira como escreve, dei boas risadas aqui...
    Beijos e ótimo domingo pra ti!

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!! Ri muito com o seu post! Lembro-me das minhas aventuras nas cadeiras dos dentistas também. Nossa, dá até frio na espinha. Lembro de uma vez que fui em um consultório no qual a cadeira ia fazendo massagem no meu corpo, para poder relaxar ou pelo menos tirar a atençao da boca. Não deu certo!rsrsrsrsrs.

    Obrigada pela visitinha e pela força lá no meu blog!


    Té Mais!

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho pavor de Médico ,dentista ou qualquer coisa que o valha, mas vou...

    ResponderExcluir
  11. Ah Jef, você tem razão para ficar traumatizado! Para nós, os tímidos, qualquer situação minimamente vexatória é uma catástrofe. Enquanto algum descolado sairia dessa roubada fazendo piada de si próprio e ainda lucrando com isso, um tímido vê ali toda a sua existência social ainda nem começada se encerrando definitivamente!!!
    Belo texto, divertido sim, gostei.
    Qto ao selo, vc pode clicar em cima dele com o botão direito do mouse e mandar salvar a imagem no seu computador, depois fica mais fácil de adicioná-lo ao blog usando os recursos disponíveis na página de gadgets do blogger. É bem fácil, até eu que sou meio loira consigo. (risos)

    Beijos, bom resto de domingo e uma ótima semana

    ResponderExcluir
  12. Eu tb tenho pavor de denista.
    Não sei o que me causou esse trauma, mas o certo é que sentar naquela cadeira de tortura já me faz suar frio mesmo antes do dentista colocar sua mascara de carrasco!!!!
    Affff
    Porque tudo avança, tecnologia, medicina, bla bla bla, mas dentista continua fazendo sofrer????
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Pior que ir ao dentista, somente ir ao ortodontista. Suportar vários brackets metálicos na boca durante anos, extrair um dente aqui, outro ali, pra mordida ficar exata, adequar a dicção, mastigar com cuidado, enfim, pavoroso. A parte legal é que podemos mudar a cor das borrachinhas mensalmente, se é que compensa o sofrimento.
    Ótimo teu texto, como sempre. Me divirto com essas coisas autobiográficas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Cara eu tenho o maior medo de dentista msm quando ele esta de bom humor.

    http://partesdeumdiario.blogspot.com/

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Tbm morro de medo de dentistas...quando estava no primário (faz tempo), tbm havia uma dentista na escola...e como meu pai era zelador da escola que em estudava, adivinha quem ele sempre pedia para a dentista chamar????Eu!!!Ela me arrancou vários dentes, me assombrou com aquele mootrzinho dos infernos...e hoje, estou procurando um para arrancar meu siso!!!Já fico arrepiada de imaginar aquele alicate gigante na minha boca...socorro!!!
    Gostei do post!!!

    ResponderExcluir
  16. Claro , pois assim estamos mais para bruxas do que para fadas do sorriso rsrrs e ca entre nós quando inverto a situação... quando sou eu que estou na cadeira do paciente sinto as mesmoas coisas rsrrs bjs

    ResponderExcluir
  17. Oiiii....
    primeiro quero agradecer o comentario no meu post.... tenho certeza q Goias vai ser perfeito!
    HEHEHE
    Achei muito legal o seu blog.... vc escreve muito bem, parece ate que estou lendo um livro... adorei!
    mas qnt ao dentista graças a Deus não tenho esse problema... sempre fui tranquila qnt a isso... talvez pelo fato de ter q bate cartão la tds os meses!!! =/
    Boa sorte na sua proxima vez... com o tempo agente se acustuma!!!

    abraços da compania eviados em blogs anonimos ou não!hehehe

    ResponderExcluir
  18. Jefh..
    na maioria das vezes, nós dirigimos a nossa vida e traçamos o nosso caminho..
    mas na cadeira do dentista...
    kkkkkk..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  19. Olá.. retribuindo a visitinha.. amei teu blog, já estou te seguindo!!!
    Nossa adorei o post.. tudo a ver comigo.. tenho horrores de dentista, última vez que fui a um dentista, foi para fazer uma obturação, tomei 3 anestesia e ainda assim não deixei a dentista concluir.. kkk sou medrosa mesmo!!!!
    Beijosss
    ótima semana p ti!

    ResponderExcluir
  20. Oi Jefh, adorei seu post, pior que esse terror entre a molecada acontece até hoje rss
    E acredite , até mesmo os dentistas tbém tem um certo,vamos chamar de "receio", para não ficar muito feio, de sentar na cadeira .
    Obrigada pela visita no blog.
    bjosss

    ResponderExcluir
  21. Somente em pensar nessa cadeira já acaba com meu dia... Valeu!!

    ResponderExcluir
  22. ola jefh obrigado pela visita em meu humilde blog como vc ve a blogosfera ´´e cheia de gordinhos e gordinhas com objetivo de estar bem consigo mesmo estou te seguindo e valeu pelo insentivo da frase espero que me visite e qunado poder sempre opnehehe valeu abraços

    ResponderExcluir
  23. Olá, gostei do seu blog e o estou seguindo.

    Não confio em dentistas, se eu adiar o máximo que puder pra evita-los eu evito, mas eu sinto que já está mais que na hora de eu me consultar novamente.

    Não tenho muitas lembranças de dentistas, todos eles foram estúpidos e impacientes comigo, tenho um verdadeiro trauma deles(as), eu sentia muita dor durante e depois da sessão de tortura, tem dentistas que tratam agente como pedaços de carne a ser fatiada no açougue.

    Mas infelizmente terei que me submeter a essa tortura novamente, o que é complicado!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  24. Jef, vim agradecer o carinho por ter ido no meu blog e deixado um comment, antes que minha memória "falhe!" Rs Bjs.Bom domingo. :))

    ResponderExcluir
  25. Olá! Tudo bem? Obrigada pelo comentário.
    Vejo que partilhamos das aflições da cadeira de dentista, rs. Ninguém merece!!!!
    Mas, pensemos por este lado: quanto mais adiamos a visita ao dentista, pior a situação fica. Então, o jeito é ir com frequência! Uiii...

    ResponderExcluir
  26. Muito, muito obrigada mesmo pelas palavras! Nem sei bem o que responder, acho que já ficou tudo dito com o comentário que me fez (:
    Adorei imenso o blog, vou seguir *

    ResponderExcluir
  27. Jefh,
    Amanhã de manhã é a minha vez... Affe, estou desesperada!
    Rsss
    Um beijo,

    ResponderExcluir
  28. Elzira Dourado, obrigado por seu gentil comentário, e por compartilhar aqui. Um grande abraço!

    Niseloka, nada fácil. [sorrio]. Abraço!

    San, então você veio defender a classe, eim? [sorrio]. Muito bom! Passarei sim. Muito obrigado e abraço!

    Luara Mendonça, sim. [sorrio]. Um grande abraço!

    Peloscaminhosdavida, essa dadeira... [sorrio]. Bom domingo! Abraço!

    Carla Farinazzi, maquiavélica essa gargalhada, não? [gargalhando]. Abraço e obrigado por compartilhar aqui! Beijos.

    Renato Alexandre, que bom, cara! Irei ver o que está aprontando de bom, amigo. Abraço!

    Beeta, eu tentarei relaxar. [sorrio]. Obrigado por compartilhar aqui sua experiência de galera de odonto. Abraço!

    Isa Mar, que bom que gostou! Sim, os adultos devem se tocar que as crianças são pessoas completa, porém em evolução. É certa idiotia não os tratar com o devido respeito. Abraço e obrigado por comentar aqui. Bom domingo!

    Letícia, caramba!, mas nem a cadeira vibratória deu resultado? Pior, eu tinha esperança que um dia uma dessas fosse me ajudar. [sorrio]. Abraço e obrigado por compartilhar aqui!

    Herberth, temos que ir, seja lá como for. Fazer o que? Obrigado por compartilhar, amigo. Abraço!

    Tuka Siqueira, é verdade. A praga da timidez é um post que ainda pretendo realizar. Invejemos os descoladinhos. [sorrio]. Obrigado por sua dica, irei usar. Se eu tivesse pensado nisso antes, eu já teria vários selos, e não teria desapontado vários amigos que os dedicaram a mim. Obrigado mesmo. Abraço e uma semana mágica pra você!

    Rê, eu não sei!!!! [rindo]. Bem que podia ser diferente. Abraço, linda!

    Lara., incrível esse seu relato do ortodontista! Eu nunca havia me tocado da vaidade contida nas borrachinhas coloridas. Muito bom! Você já usou muitas cores? Quais? [sorrio]. Muito obrigado por compartilhar, e por suas gentis palavras. Um grande abraço, linda!

    Luana Farias, o medo é uma coisa medonha. [sorrio]. Abraço!

    Andriéli Musette, e eu que pensava estar sozinho nesse drama. [sorrio]. Tomara que você encontre uma fada do boticão mágico para extrair o seu dente. Abraço e muito obrigado por vir!

    Ótimo, Sam. Que tamanho espírito jamais lhe falte. Muito bom. [sorrio]. Abração!

    Ana Claudia Reina, você que é feliz. Não imagina a sorte que possui em ser tranqüila. [sorrio]. Obrigado por seu gentil comentário. Abraço!

    Solange, sim. Estamos nas mãos deles. Ai de nós medrosos! Abraço, linda!

    Amandalindinha, não se preocupe. Você está no lugar certo. Veja quantos medrosos estão se unindo a nós. [sorrio]. O mundo é nosso! Abraço!

    Cristina, sim. [sorrio]. Nada é fácil! Boca podre... unf. Obrigado pelo carinho e atenção!

    Luis Nantes, é preciso coragem, amigo. Ânimo! Abraço!

    DeFofuxaAGostosa, foi um prazer. Força em sua luta. Abraço e obrigado por sua atenção!

    Superman, como em toda área profissional, há os que são mais e os que são menos. O que não podemos perder de vista é a importância do trabalho dessa classe. A saúde dos dentes é essencial para a saúde do corpo todo, além da questão do bem estar e tudo mais. Obrigado por compartilhar aqui o seu pavor, e muita calma nessa hora. [sorrio]. Abraço!

    Olga, então nos abracemos. [sorrio]. Até!

    Cristiane, sou eu quem lhe agradece, enquanto minha memória permite. [sorrio]. Abraço!

    Juliana, sou eu quem agradece por sua atenção e apoio. Abraço!

    Andrea Pacheco, sim, sim. Profilaxia. [sorrio]. Abraço!

    Marta Marques, obrigado por sua atenção, linda! Um grande abraço!

    Mayra Di Manno, te acalme, menina. Pense na postagem que pode lhe render. [sorrio]. Abraço!

    ResponderExcluir
  29. Olá!!! Amei seu blog.
    Pânico de dentistas é quase unanimidade mundial.
    Eu tb me encaixo no grupo. kkkkk

    Estou te seguindo.
    Visite meu blog: http://diariopaulamota.blogspot

    Bjs........

    ResponderExcluir
  30. Eu não tenho medo de ir ao dentista, mas acho incômodo ficar com a boca aberta por tanto tempo... Imagino o seu pavor quando pequeno! Outro profissional do qual não gostamos de visitar é o ginecologista: será que alguma mulher realmente "relaxa" como ele pede com aquele instrumento frio????
    O post é bem humorado e ilustra bem esse sofrimento, comum a muitos!
    Um abraço,
    Adri

    ResponderExcluir
  31. Seu blog é muito legal...=)
    Adorei seu comentário no meu! rs
    Vc escreve muito bem...

    ResponderExcluir
  32. Jehf, é o melhor texto teu que li.
    Super espontâneo, sem desvios para enfeitar palavras ou procurá-las outras.
    Prometo escrever a minha versão dos fatos.
    Por enquanto fica o conselho aos medrosos de dentista: quanto mais problemas voce tiver com seus dentes, mais deve ser amigo do seu dentista e visitá-lo sempre, por iniciativa própria, de maneira constante e regular, sem esperar um sinal de alerta. Uma visita de rotina pode evitar uma urgência, minimizar tratamentos e até te dar a excelente notícia que você não tem nada para fazer. Isto redime qualquer record negativo de infância.Boa sorte,um abraço e um sorriso da Tia dentista.
    Ah! A Tia dentista tem um blog, http://tiadentista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Olha querido, eu realmente sou uma pessoa do contra eu adoroo dentistam, adoro tb nao, mas eu curto, durmo na cadeira e td, eu realmente consigo relaxar com aquele barulho que a maioria acha horrivel e tal, mas tive com meu filho uma experiencia parecida com a tua, depois disso, eu acabei levando ele num dentista infantil e tal ate ele acostumar, nao que ele fique tao a vontade como eu, mas ja vai sem reclamar, bjos

    ResponderExcluir
  34. Não vou discutir quanto ao trauma.
    Mas é desde novo que a criança deve ir ao dentista, e vale o ditado "Melhor prevenir do que remediar".
    Trabalho com uma dentista de crianças, para ser mais precisa uma odontopediatra, há três anos, e sei que mesmo tendo coisas dificeis para ser feitas (como canal) as crianças voltam na outra consulta sorrindo.
    Então vale lembrar que para não ter trauma de dentista o segredo é procurar um dentista bom desde pequeno para fazer uma revisão, e não ir apenas quando a dor aparece.
    Um bom odontopediatra seria a melhor escolha, ouça opiniões de outras pessoas antes de ir a um dentista! Abraços.

    ResponderExcluir
  35. Jeferson...
    Eu só quero saber uma coisa...
    Quem é sua dentistaaaaaa??? Pra não correr o risco...
    Lendo seu texto me vi na fila indiana anos atrás...rs Mas no meu caso não fiquei com traumas.
    Bj. Marina Antonelli

    ResponderExcluir
  36. Eu adooooooooooooro ir ao dentista, haha!
    Sério mesmo, será que sou anormal? humm
    Adorei o blog e agradeço sua visita, beijão :*

    ResponderExcluir
  37. Eu nao tenho traumas com dentistas (ainda) rs
    -
    Obrigada por suas palavras lindas em meu blog, e a musica que recomendastes a mim é linda!

    Volte sempre. Beijos

    ResponderExcluir
  38. Jefh,

    Adorei o seu post e o blog todo na verdade...estou vagando por aqui há pelo menos 40 minutos e estou muito contente com o que tenho lido..texto limpo, inteligente, papo reto...já estou te seguindo..bjos

    ResponderExcluir
  39. Olá Jefh
    Atendi teu pedido (desesperado ...rsrsrsrs) e fui lá votar, deixei nome e e-mail.
    Não tenho cachorrro senão ele iria também viu?
    Por que este prêmio é tão importante?
    Eu fui convidada a participar mas não dei importância alguma, não gostei de fazerem tanta pergunta a respeito da gente e não topei o convite.
    De qualquer forma, Boa Sorte e que Venças!

    ResponderExcluir
  40. Olá! adorei seu post dei muitas risadas.... Eestamos em boa sintonia, eu hoje fiz um post sobre meus medos e o meu não é bem dentista mais agulha....rsrs por isso ri muito a cada "desatre" seu...pois me identifiquei e muito.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  41. jefh..
    oi , vim retribuir sua visita ao uivo da loba..
    adorei a história do dentista...todos nós somos um pouco traumatizados com a cadeira e o maldito motorzinho que só faz com que fiquemos com os nervos em frangalhos...
    mas é necessario que cuidemos da dentadura afinal ela é e sempre foi nosso cartão de visitas....kkkk
    estou aqui com vc agora, adorei.
    bjuivos no coração.
    tenha dias sensacionais.
    ah! votei em ti, tá???
    loba.

    ResponderExcluir
  42. Obrigado pela visita!!!

    Agora vou lá no meu e-mail confirmar o voto!!!

    Abraço...

    ResponderExcluir
  43. Oi Jefh

    Passei aqui com o simples intuito de agradecer-lhe a visita em um dos meus blogs. Mais aí, você já sabe: curiosidade é um bicho do mal...(rs)
    Acabei lendo seu texto.
    E que coisa bacana descobrir que não fui a única a sofrer um trauma com dentista escolar. Caraca! Nunca me esquecerei daquela mulher de jaleco branco que punha a sala em polvorosa. Até hoje sinto um frio na barriga quando tenho que ir ao dentista.
    Gostei da forma como você escreve. Instigou-me a leitura.

    PS: Caso tenha oportunidade, visite-me em minha outra casa http://profmieseusdesvaneios.blogspot.com
    Um abraço,
    Michele

    ResponderExcluir
  44. Olá Jefh!
    Passando pra conhecer seu blog e agradecer pela visita e dica de vídeo!
    Bacana seu blog! Assim que tiver um tempinho, vou ler suas postagens!
    Conte com os votos dos meus 8 e-mails, ok!
    Já votei! Agora vou confirmar cada voto!
    Tudo de bom!

    Sempre que puder, venha nos visitar!
    Jesus te abençoe!!!
    Abraços...
    Izabel

    ResponderExcluir
  45. Olá, acabei de votar em vc no top blog, até tentei votar mais de uma vez, mas o sitema não permitiu e eu só recebi email p/ confirmação de um voto!!!
    Beijão e Boa sorte!!
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  46. Cumpadi, votei nocê, viu?! Copiei o link q saiu lá...

    Categoria: Variedades
    CÓDIGO: 2198612
    TÍTULO: Jefhcardoso
    DESDE: 01-2009
    INDICADO POR: Jeferson Cardoso de Matos
    URL: jefhcardoso.blogspot.com

    Já validei no imêi tamén, tá bão?! Ispero q cê ganhe...=D
    Um abração!
    Vinni

    ResponderExcluir
  47. Nossa...essa postagem me lembrou de que preciso ir urgente ao dentista e fico adiando esta visita. Tem meses que planejo. Pq será??? rsrsrs

    BeijO*-*
    Passa lá!!
    http://evesimplesassim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  48. Oii Jef!
    Obrigada pela visita, já to te seguindo aqui e no twitter hehe
    Quase morri de rir aqui lendo seu post, demais! Minha irmã também tem medo de dentista, acho que esse medo provoca tanta tensão que a anestesia acaba não funcionando né! Hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  49. Oi Jefh! Votei no seu blog para o prêmio!!!Nick

    ResponderExcluir
  50. Ir ao dentista é sempre um drama!!!
    vou lá votar em vc!
    Abraços
    paula

    ResponderExcluir
  51. Gostei muito do seu Blog. Eu tbém já votei em vc!

    ResponderExcluir
  52. oi Jefh, ja tinha lido este post e adooorei. olha votei no top blog com meus tres emails, estou agora na torcida por vc. boa sorte. tudo de bom pra ti

    ResponderExcluir
  53. Já votei no seu blog, desejo boa sorte pra vc!!!!
    Já estou seguindo tb.
    abraço!

    ResponderExcluir
  54. Eu graças a Deus em toda minha vida tive dentistas que me tratavam com tanta doçura que até irrita hehe

    Eu vi seu comentário no meu blog antigo. este é o meu novo http://a-veelhanovidade.blogspot.com/
    beijos.

    ResponderExcluir
  55. Oi Jefh, tudo bem?

    Muito bacana te encontrar no meu blog! seja bem vindo!
    E se a Andreia precisar de algumas dicas para o pão de mel me chame ok!! Tenho certeza que vai ser um sucesso na sua familia, todos vão adorar!

    Já votei no Sr. no Top blog, ok! rsrsrs
    Boa Sorte para você!

    Cris - Kitutisdacris

    ResponderExcluir
  56. OI ..
    JA VOTEI NO SEU BLOG TA...
    SEU BLOG E OTIMO PARABENS..
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  57. Oi amigo,votei com certeza no seu blog!
    ah! eu adorei seu post, apesar de ter um filho que está terminando odontologia, eu sou um fracasso quando sento numa cadeirinha daquela...
    bjs

    ResponderExcluir
  58. Oi Jefh!
    Adorei seu blog.Parabéns!!
    Sou sua seguidora e já dei meu voto a vc.Ok?
    Sucesso!!
    Abraço

    ResponderExcluir
  59. Paula Mota, isso é quase verdade. [sorrio]. Visitarei sim. Obrigado por vir. Abraço!

    Adriana Alencar, limito-me a falar sobre os dentistas. [sorrio]. Nada é fácil. Obrigado por sua atenção, e fico feliz que tenha gostado. Abraço!

    Ana Paula, você é muito gentil. Obrigado! Abraço!

    Eliane Ratier, Tia dentista?! Eu não sabia desse blog. Visitarei. Quanto ao texto, fiquei muito feliz com o que disse. Você é escritora, é poetisa, quando diz que viu meu melhor texto ao ler o mais recente, fico animado com isso. Estou procurando a minha escrita. Já são mais de 200 textos se eu contar o http://gazetasetetrombetas.blogspot.com/ . Fiquei feliz. Aguardo a sua versão dos fatos e mais contatos. Abraço e muito obrigado!

    Lea, legal o seu relato. Obrigado por compartilhar aqui. Sabe, minha dentista é muito boa. Tenho tido boas sessões. O medo é que é algo intrínseco. Uma coisa que pretendo explicar melhor aqui mesmo. Abraço!

    Bruna Mees, aqueles eram tempos difíceis. Com minhas crianças a coisa é mais natural. Eles não têm medo. Obrigado por sua carinhosa atenção. Abraço!

    Marina, o texto é em sua maior parte ficcional. Minha dentista é uma fada. Porém, traumas são traumas. [sorrio]. Obrigado por sua atenção e apoio! Abraço!

    Marie Raya, humm, não sei. [sorrio] Obrigado por sua atenção, abraço!

    Ana Clara Tavares, que bom que você curtiu! Abraço!

    Giovana, muito obrigado! É uma delícia saber que você está lendo e gostando. Um grande abraço!

    Noah, muito obrigado! O Prêmio é bastante reconhecido, pode abrir portas. Eu estou sim muito a fim de vencer. Obrigado por seu apoio. Abraço!

    Adelaide, que legal está sintonia! Obrigado por sua atenção. Irei ler sua postagem. Abraço!

    Valéria Russo, obrigado pelo carinho, pela atenção e pelo apoio. Você é muito gentil. Cuidemos de nossos cartões de visitas. [sorrio bem]. Abraço!

    Manu dos Manjares, obrigado por sua atenção e apoio. Um grande abraço!

    Michele P., choremos abraçados as nossas mazelas, afoguemos as mágoas em flúor. [sorrio]. Visitarei sim. Um grande abraço!

    Izabel, muito obrigado por sua atenção e carinho. Na verdade, obrigado 8 vezes. [sorrio]. Um grande abraço!

    Amanda Luna, muito obrigado, linda. Um grande abraço!

    Amehlia Digital, cumadi, bão dimais, uai. Brigado, viu? Inté!

    Evelin Pinheiro, por que será eim? [sorrio]. Abraço, e não se esqueça de ir o quanto antes. Até!

    Má, é por aí. O medo faz tudo isso mesmo. [sorrio]. Obrigado por toda a sua atenção e um grande abraço, linda!

    Nick, muito obrigado! Um forte abraço!

    Paula, abraço! Drama com final feliz. [sorrio]. Obrigado por seu apoio!

    Alê Gonçalves, fico feliz que tenha gostado. Muito obrigado por seu apoio. Abraço!

    Gracinda, nossa! Você é muito gentil. Muito obrigado, linda! Um enorme abraço pra você!

    TrocandoIdéiascomaDênia, muito obrigado por tudo! Um grande abraço!

    Lizzy S., garota de sorte! Obrigado por sua atenção e convite. Venha mais vezes. Abraço!

    Cris linda, muito obrigado por sua atenção, apoio e carinho! Um imenso abraço!

    Jéssica Araújo, você é muito gentil. Um grande abraço!

    Teresa Aragão, pois é. Acontece. [sorrio]. Sucesso ao seu filho. Esta é das profissões mais lindas e essenciais que existe. Parabéns pelo rapaz! Abraço!

    Lu, conto sim. Beijo também! Obrigado!

    Rosemeire, obrigado por seu carinho, atenção e apoio! Um grande abraço e sucesso a você também! Até!

    ResponderExcluir
  60. Nossa Senhora,larguei corri tanto pra votar que até me enrolei...kkkk...votei,mas como se confirma o voto no meu email...eu faço oque depois que colococo lá o meu nome e email e voto.
    deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  61. Conseguiiii,fui no meu email e votei....vou ver se consigo mais votos...
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  62. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,depois deste pedido absurdo de POR FAVOR e POR FAVOR,só me restou correr com os dedinhos para achar o tal TopBlog,e agora me restou saber o que raio estava acontecendo aqui.....kkkk....e li seu post....kkkkkkkk,estou as lágrimas....impossivel não rir do jeito como você conta.Homens....
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  63. Parabéns pelo excelente blog.

    E obrigada pela visita ao meu cantinho.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  64. mas é simples.

    agendemos um horário, e eu resolvo o problema dos dentes... vc vai sair satisfeito


    eu tenho gas hilariante estocado em casa

    ResponderExcluir
  65. Oiii Jef tudo bom?! Passando pra retribuir a visitinha e pra dar uma olhadinha no seu blog... ainda estou na segunda página dos posts...adorei o conteúdo e a foma que vc escreve seus textos... agora quanto ao dentista... será que é só eu que gosto de ir... desde criança adorava o efeito da anestesia... huhuiahiuehaeuihe o que neu não gostei foi de ter que passar 3 anos com aparelho nos dentes.. ams tentei aproveitar fazendo a festa dos elasticos coloridosna minha boca hihihihi ahhh outracoisa... não foi bem a situaçao de estar no dentista que foi ruim foi o depois... quando tirei os dentes do siso odiei ficar com cara de fofão por uns 2 dias! hehehehe estarei semprepassando por aqui... já te sigo! http://mirzabraga.blogspot.com

    ResponderExcluir
  66. Sem problemas com esses profissionais. Te garanto que se você fosse mulher e tivesse que fazer um ginecológico a cada 6 meses, você acharia a cadeira do dentista, fichinha...rs


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  67. Oi Jefh! Tudo jóia? Gostei muito desse post.. Li sem nem perceber o tempo passar!
    Seja, sempre, muito bem vindo ao SINTA!! :) E obrigada pelo comentário! Beijos!

    ResponderExcluir
  68. Meu dentista uma vez me disse que o último paciente dele que havia dado chilique na cadeira tinha 3 anos rsrs e eu na época tinha 20 anos rsrs que vontade de matar o fulano,não e facil dentista e tenso,mas o pior mesmo são os exames ginecologicos pode acreditar =)

    Obrigada por sua visita ao meu blog já virei seguidora do seu e adorei =)

    Fabi =)

    ResponderExcluir
  69. Grande Jefh! Adivinha quem faz 1 aninho?

    ResponderExcluir
  70. Eu também, quando era criança, tive que fazer uma porção de obturações. Nem me lembro direito quantas. Não tenho medo de dentistas e médicos em geral, só me incomoda o fato de sentir dor. Não pela dor em si, mas porque logo depois que ela começa, sinto que ela como se parasse e eu, então, é que começo a ficar com raiva da triste que insiste em doer. Ou seja, fico atacado dos nervos por causa de qualquer dor, e isso acaba incomodando mais que a própria...rsrs..

    Lembrança bem descrita. Ainda mais com a angústia de ir à dentista servindo como inspiração.

    E obrigado pelas visitas e comentários em meu blog. Gostei da ideia, comentada no O Ovo ea brotinho, de que “A solidão é para os solitários, os outros não a suportam”. Concordo plenamente com isso.
    Ah, e frisbee é aquele disquinho com o qual geralmente se brinca na praia, jogando-o de uma pessoa para outra :)

    Abraço!

    ResponderExcluir
  71. Eu também não me sinto confortável em ir ao dentista, apesar de ter que ir uma vez ao mês para dar manutenção no meu aparelho, ainda não me acostumei com a ideia! ótimo texto, como sempre :) beijos

    ResponderExcluir
  72. Pois é ... meu primeiro contato se deu no Uruguai no início da década de setenta, quando meu pai estava asilado. Lembro que a máquina com "broquinha" era a pedal . Foi uma coisa horrível, inesquecível ....

    ResponderExcluir
  73. Ei Jeff, ainda não acabou! Somos top 100, mas ainda não sabemos se seremos top3! Só saberemos isso no dia 16 não é mesmo? A torcida continua!
    grande abraço
    Juju

    ResponderExcluir
  74. Me fala uma coisa, o certificado apareceu automaticamente no seu blog? NO meu esta escrito top100, finalista do segundo turno. No site do top blog eles falam que os top 3 seram anunciados no dia 16!
    Fiquei confusa agora...rs

    ResponderExcluir
  75. Querido!!!!!!!!
    Já me tiraram a dúvida, somos top 100, mas, ainda não acabou!!!!! Só saberemos quais os TOP 3 na terça dia 16!
    Boa Sorte pra vc
    Beijos da Juju

    ResponderExcluir
  76. Trauma de criança a gente guarda por muito tempo: leva pro túmulo! Você comentou no meu blog sobre o texto "Amor eterno dos Namorados", sem querer ser petulante mas já sendo: me manda o link? fico grata (: Estou seguindo aqui e vou começar a acompanhas, tem talento! E muito sucesso aí!

    ResponderExcluir
  77. Olá, meu camarada!

    Estou aqui para retribuir a visita e dizer que sonho não acabou...rs.

    O certificado Top 100 quer dizer que ainda estamos no jogo. Dia 16/11 sai o resultado final, fique ligad e continue acreditando.

    Grande abraço!

    Guilherme Bandeira
    www.olhaquemaneiro.com.br
    www.fandangossuicida.com.br

    ResponderExcluir
  78. Olá Jefh

    Tudo bem contigo?
    Como acha que se saiu esse ano. Não nutro grandes esperanças, pois a categoria variedades foi a grande fuga de outras como celebridades, cultura, humor etc. Pretendo propor que no próximo ano seja criada a categoria "MODA E BELEZA". BOA SORTE!

    Bjo

    ResponderExcluir
  79. Jeph, primeiro queria agradecer suas visitas. E depois, te confessar que eu tenho pavoooooooooooor de dentistas...rs
    Beijão

    ResponderExcluir
  80. Jefh, escrevi seu nome errado...desculpa...rs...bjão

    ResponderExcluir
  81. Obrigada pela visita no meu blog e pelo comentário ! Vim conhecer seu blog e amei, já estou seguindo. Vc escreve muito bem!Um grande abraço !

    ResponderExcluir
  82. Eita que dentistas me apavoram também. Tenho medo até do postim de saúde perto da minha casa, essas coisas me aterrorizam e nem adianta enviarem uma dentista/enfermeira bonitona que o meu temor não passa. Dia desses fiquei seis dias internado por pneumonia, SEIS DIAS, sofri bastante com medo do que poderia vir, mas nada aconteceu além de eu ficar deitado ou sentado e conversando com uma garota (linda) que estava acompanhando o pai, um senhor já de idade e bem debilitado. Ela me salvou do tédio que é ficar num quarto sozinho (e quente) tomando soro, sem revistas, tv ou qualquer outro meio de distração. Foi o que de bom aconteceu até o dia em que fui avisado que receberia alta.

    Valeu um abraço

    ResponderExcluir
  83. Oi Jehf,
    Agradeço a visita no blog..volte sempre lá..

    A respeito de dentista, bom, morro de medo..ahahaha, mas aguento no osso, quando não precisa de anestisia, porque prefiro assim,
    sou alergica a certos componentes que existem nas anestesias, quase morri por causa dela..
    então prefiro a dor do qeu anestesia..pode? pode... depois do que passei..srsrsr só assim agora..se tiver mais cirugia pela frente..affe
    não sei como vai ser..e talvez vai ter uma pela frente...

    até mais..
    ah, estou de seguindo..
    já vim aqui mais vezes...rsrs

    ResponderExcluir
  84. Deusa, muito obrigado por seu carinho e esforço em conseguir mais votos. Isso foi lindo. Pois é, homens são medrosos mesmo, né? [sorrio]. Abração!

    Paula Nadler, obrigado! Você é muito gentil. Abraço!

    Barata Voadora, éh! E eu que pensava já ter sentido todo medo possível. Por Gotham! Céus! [sorrio].

    Mirza Braga, você é uma sortuda como poucas pessoas. Depois desta vasta experiência em consultórios odontológicos e ainda dizer gostar... Parabéns! Obrigado por compartilhar aqui. Muito divertido seu comentário. Obrigado! Abraço!

    Mahria, ótimo! Muito boa essa. Fichinha é? [sorrio]. Vejo que tenho sorte. Abraço!

    D. Cherry, que bom que lhe roubei a atenção. [sorrio]. Venha você também mais vezes. Abraço!

    Fabi, com essa postagem estou conhecendo um pouco mais do universo feminino. Obrigado por compartilhar aqui. Abraço!

    Daniel Beça, quanto tempo, amigo! Você deve estar falando do “Ofensivo”. Levarei os meus parabéns! Abraço!

    Rob Novak, seja bem vindo, amigo! Muito bom! Dor é mesmo coisa para mulheres, elas é que são fortes. [sorrio]. Fico feliz que tenha curtido o meu comentário, foi um prazer ler e comentar aquele texto. Sim, frisbee, claro! Eu o chamada de... disco. [sorrio]. Abraço, Rob!

    -Ana Menezes, nada fácil essa sua rotina, eim. Obrigado por sua atenção e carinho. Abraço!

    Ivancezar, muito bom, amigo. Sempre com boas histórias pra contar. Sempre um homem rico. Obrigado e um grande abraço!

    Juliana Magalhães, depois da confusão aquariana que lhe ocasionei... [sorrio]. Desculpe. Vamos torcer então, ora. Abraço e boa sorte pra gente!

    Clapatricio, levar traumas para o túmulo não tem graça, aliás, nada tem graça naquele lugar. Bom mesmo é fazer uma postagem. [sorrio]. Cla, eu não manjo nada de envio de links, mas é simples, basta você colocar o nome da postagem na barrinha de buscas do blog, aí abrirá. Quero que leia e me diga o que achar, ok? Abraço!

    Guilherme Bandeira, sim. Eu soube a pouco. Obrigado por sua atenção e pela força. Torçamos, amigo. Abraço!

    Kinha, oi! Estou bem, obrigado! Olhe, é meu primeiro ano, já fiquei bem feliz por figurar entre os 100. Sua idéia é ótima. Podiam criar uma categoria textos autorais também. Seria ótimo. Abraço e boa sorte, linda!

    Renata Nogueira, não se preocupe, está dado o recado. Pavor eu sei o que é. [sorrio]. Abraço e obrigado por vir. Até!

    Célia Costa, você é muito gentil. Muito obrigado por seu apoio, carinho e atenção. Abraço!

    Bruno Fernado, e dizer o que sobre o poder tranqüilizador da presença feminina? [sorrio]. “Anestesia” geral, brother. [sorrio]. Abração e obrigado por vir!

    Gisa, eu também sou alérgico a anestesia, só que a ausência dela. [sorrio]. Andei fazendo alguns procedimentos menores sem anestesia e fiquei orgulhoso de mim. Espero que não precise fazer cirurgia, porém, se necessário for, que tudo dê certo, linda. Obrigado por vir e ficar desta vez. Seja muito bem vinda! Abração!

    ResponderExcluir
  85. Olá.. =D
    Obrigada pelo comentario, já estou te seguindo..
    Aquela musica é Nando Reis, é uma das antiguinhas dele, adoro as musicas dele, me acalmam..
    Abraços.

    ResponderExcluir
  86. Olá! Venho retribuir a visita ao meu blog e o comentário carinhoso! Adorei seu post, ri demais! hahahah
    Obrigada por alegrar a minha noite!

    Até mais!

    ResponderExcluir
  87. Realmente fiquei pensando como seria as cenas de verdade, vc passou de uma forma bem verdadeira e engraçada otimo texto parabens pela postagem seu paciente
    Euricojr

    ResponderExcluir
  88. Venho trazer um pouco de poesia
    e desejar que seu fim de semana seja de mil cores, que tenhas muitas alegrias!


    Com Novembro a chiar nestas cigarras
    as acácias sangrando suas flores
    e um sol afirmativo num céu alto

    Espero a tua carta e a minha vida

    Uma pausa do tempo em minhas mãos
    preenchida
    pela contagem das horas
    nas cigarras e pétalas caídas.

    Mário António
    (poeta angolano)

    Bjs

    ResponderExcluir
  89. A cadeira do dentista realmente é um trauma. Acredito que eu sejá o único que gosta dessa dor!!!! r.rrs.

    Seu blog é muito bacana, uma pena não te-lo conhecido antes.

    Obrigado pelo seu comentário e eu concordo contigo: "Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso”.

    Abraços!

    http://beneditojoao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  90. Jef

    Tá, não tneho tanto medo de dentista, mas confesso que tbm gelo na cadeira quando vejo aquele motorzinho. Aquilo foi feito para matar de pânico a alma mais tranquila do mundo, não é?

    Bom... ridemais!!
    ADOREI!! Obrigada por trazer alegria ao meu dia...
    e boa sorte na próxima consulta!!

    beijos

    ResponderExcluir
  91. Olá, Jeph. Muito obrigada pelo seu comentário em meu humilde blog Hahaha. Como vc o descobriu?
    Quanto aos seus posts, adorei também. Principalmente por se tratarem de coisas cotidianas. Textos objetivos, simples e gosotosos de serem lidos.
    "Dentista" é a cara do meu pai. Medroso como voce HAHAH
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  92. Nossa, fazer alguma coisa no dentista.. eu odeio!
    Muito interessante seu blog, estou te seguindo e gostando dos textos!! :D

    abraço

    ResponderExcluir
  93. Obrigado pela visita viu?
    Eu nunca tive traumas com dentistas, com nenhum tipo de médico eu acho, minha mãe até dizia que eu tinha 'nervos de aço'.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  94. 2 Sorteio do blog: Um Super sexy vermelho: As inscrições começam hoje dia 13-11-2010 e vai até o dia 18-12-2010..sorteio dia 19-12-2010

    ResponderExcluir
  95. Oiii boa tarde!
    É...uns com medo da balança...outros com paura do dentista..fada ou não..o medo prevalece !;)
    Pode parecer masoquismo...mas amoooo dentista...adoro marcar e não vejo a hora do dia chegar...verdadeee...e nunca tenho cárie...profilaxia básica minha fada sempre fala..., mas tbm já sofri...e tive que perder o medo aos 9 anos qdo quebrei um dente e meu pai disse " Eu pago esse dente...só que pra vc aprender vai sozinha" Vaidosa desde então...fuiiiiiii...sozinha..daí por diante...a cadeira é um detalhe pra mim!!

    Bjikos...e obrigada pela força!!

    An@

    ResponderExcluir
  96. Opa.. vim retribuir a visita.. ahhh, e quem gosta de dentista?? rs, acho que ninguem.. e olha, nem limpeza eu consigo fazer sem anestesia.. ohhhh negocio do inferno..rs
    bjss

    ResponderExcluir
  97. Jefh, já fui lá votar ,seu blog é muito interessante parabéns espero que ganhes abraços.

    ResponderExcluir
  98. Adorei seu texto e muitos de nós temos esse "problema" com dentistas,seu blog é muito legal parabéns!

    ResponderExcluir
  99. Olá Jefh.

    Não tenho medo de dentista, mas meu maior medo é sentir dor... Geralmente quando sei que algo será doloroso, começo a sofrer por antecipação... rsrs...

    Bacana seu texto.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  100. Retribuindo a visita no meu "Blog da Guida"...
    Parabéns pelo blog e pelo texto. Me desculpe Jefh, não é que esteja desrespeitando o seu trauma, mas eu ri muito com o texto..rsss
    Sds, Margarida

    ResponderExcluir
  101. Meu companheiro de Terror, como o entendo!!!

    ResponderExcluir
  102. Você me prendeu durante o texto inteiro e, paradoxalmente, eu divagava, enquanto lia, imaginando como, a partir da sua simplicidade, você se tornou um ser humano especialíssimo.
    Pelos comentários lidos, percebo o quanto você consegue mexer no íntimo dos seus leitores, proporcionando catarses.
    A forma de escrever é simplesmente maravilhosa! A sua espirituosidade é algo que faz com que o trágico nos roube um sorriso.
    Das situações inusitadas você extrai o humor. Para mim, esta é uma fórmula infalível para viver melhor o dia a dia.
    Cheguei aqui para ficar!
    Sinto-me privilegiada de ter encontrado um escritor tão espontâneo e talentoso. Mas o que mais admiro é como você sabe lidar com o sucesso sem deixar de ser simples!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  103. Olá, adorei sua visita. E acertou ... tenho muitos sonhos em curso. Seu texto sobre sua visita ao dentista, me fez lembrar das minhas. Vc parece sofrer bem menos que eu, que já cheguei a desmaiar na cadeira! Tenho verdadeiro pavor dessa especialidade e adoraria poder dormir antes, durante e depois! Hahaha! A medicina tão adiantada e ninguém tira o barulhinho daquele motor? Por não usar anestesia geral? Nossa, torço por isso!
    Aos poucos vou conhecendo vc e sua arte.
    Volte sempre! Beijinho!

    ResponderExcluir
  104. uauuuuuuuu quase morri lendo isso rsrsrsrs bem, tenho traumas de infancia, de juventude e agora na digamos meia idade, e ja é certo que terei na terceira idade tbm, a nao ser que opte logo por uma dentadura ahahahahaha

    ResponderExcluir
  105. HAHAHAH' gostei do seu texto,
    e uau .. seu medo é grande mesmo HAHAHA', eu até gosto de ir ! rsrs, minha mae fala que eu vou gostar ate nao ter de tratar canal '-' . . , mas obrigada pelo comentario no meu blog ^^ ,
    beijos e boa sorte

    ResponderExcluir
  106. Olá Jefferson,
    Fiquei impressionada com tanta riqueza de detalhes no seu texto. Realmente você escreve muito bem.
    Obrigada por ter dedicado alguns minutos em prestigiar minha profissão...rs...
    Estou acostumada a lidar com medo, pânico.
    Estranho é alguém gostar de me visitar...rs
    A maior satisfação é minha quando o paciente fica contente com o resultado, mesmo depois de horas no sufoco.
    Não demore para aparecer de novo!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  107. Haylla, eu também gosto muito de Nando Reis. Tenho uma postagem onde falo de uma ocasião em que fui a um show dele. Fiz algumas fotos. Talvez você curta. Foram feitas meio de longe. Não repare. Obrigado por sua atenção e apoio. Abraço!

    Luiza Vieira, oi! Que bom que te alegrou. Gosto muito quando acontece isso. [sorrio]. Obrigado por sua atenção! Até!

    Euricojr, fico feliz que tenha gostado. Um grande abraço, amigo! Obrigado!

    Helena Castelli, muito bonito isso. Parabéns! Abraço e obrigado por compartilhar aqui! Até!

    Benedito João, que bom que veio! Seja muito bem vindo, amigo. Você não é o único que não tem medo de cadeira odontológica. Veja acima quantos são assim como você, destemidos. [sorrio]. Não são muitos. Obrigado por vir, e um grande abraço!

    Kamomylla, que bom que te alegrou minha história. [sorrio]. Obrigado por desejar-me sorte. Beijos!

    Ow Mônica, quem foi que disse que sou medroso? Uhm? [sorrio]. Fico feliz que tenha curtido. Dê um abraço no seu pai por mim. Um abraço pra você! Até!

    Ninna, agora que sabemos que temos algo em comum, espero lhe ver aqui mais vezes. Abração! E obrigado!

    MireliSantana, muito bom! Parabéns! Minha mãe nunca disse isso sobre mim quando o assunto era consultas. [sorrio]. Abraço!

    Moda,atitudeeatualidade, obrigado por avisar. Abraço!

    Aninha, sua trajetória é a de uma valente. [sorrio]. Parabéns! Abraço!

    Cyntilante, você me superou. [sorrio]. Abraço!

    Rosangela, obrigado por seu carinho e apoio. Abraço!

    Viviane, obrigado por suas gentis palavras. Um grande abraço!

    Kate Batista, fico feliz que tenha gostado. A dor é o verdadeiro fator causador do pavor. [sorrio]. Abraço!

    Margarida, e que bom que riu. Fico feliz com isso. Um grande abraço e obrigado por sua atenção!

    Rosa Carioca, conforta-me. [sorrio]. Abraço, linda!

    Maria Helena, você não imagina o quanto fico feliz em roubar sorrisos e atenção. [sorrio]. Lendo as tuas palavras sinto-me extremamente lisonjeado. E meu sucesso é ter amigos tão generosos como você, lindo. Isso é um grande sucesso nessa vida. Muito obrigado por este carinho desmedido o qual tem me dedicado. Que seja lindo e mágico o seu dia. Forte abraço!

    Jamile Salim, desmaiar. Isso não havia me ocorrido. Melhor eu nem pensar muito nisso. [sorrio]. Obrigado por sua visita tão gentil e atenciosa. Um grande abraço e espero que nos falemos mais. Até!

    Pueblo, fico muito feliz que tenha curtido e rido muito. Desejo saúde aos seus dentes. Abraço e obrigado!

    Maria Costantino, esse medo não me deixa em paz. [sorrio]. Nunca tratei canal, mas a sua mãe deve estar certa. Abraço e obrigado por sua atenção!

    Juliana Marçal Maciel, fico honrado. Obrigado por seu generoso comentário. Se você tiver um tempo, observe nos comentários dessa postagem o grande numero de pessoas que curtem sentar-se numa cadeira de dentista. Ficará surpresa. Quanto à minha visita periódica, tenha certeza que não demorarei, pois minha dentista é uma fada, e deixa o meu sorriso bem mais apresentável. A ela sou muito grato. [sorrio]. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  108. É. Ir ao dentista... ninguém merece! Valeu pela visita lá no meu cantinho

    ResponderExcluir
  109. Q bom q gostou. Só pra esclarecer: a prof do vídeo não sou eu... Mas voltando ao seu comentário: ser eclético é o que há! Abçs

    ResponderExcluir
  110. Mariza, sou eu quem lhe agradece. Abraço!
    Obrigado pelo esclarecimento! [sorrio]. Mais um grande abraço, linda!

    ResponderExcluir
  111. Olá caro Amigo um abraço.Estou em uma cidade costumes diferentes,aonde parece que a ditadura vive,a falta de justiça é muito grande,mais continuamos lutando por uma melhor qualidade de vida para todos um abraço, do amigo carioca,digulgue este blog um abraço.

    ResponderExcluir
  112. Jefh... Só rindo!!! Imaginei a cena.

    Como sempre vc consegue nos prender a nossa atençãocom sua escrita. E com suspense..a até o final! ( rindo ).

    Um beijo..
    MA Ferreira

    ResponderExcluir
  113. Caramba...vai ter medo assim lá no ....
    rs... imagina quando tem que tomar injeção ou ficar internado... deve ser um vexame.
    Beijos

    ResponderExcluir

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails