sábado, novembro 27, 2010

A CRUEL VINGANÇA DE SEU IGNÁCIO/PARTE II

Ao termino de uma semana de tratamento domiciliar, Seu Ignácio inquiriu ao Dr. Israel sobre qual o motivo que o teria trazido à Capela do Norte, um lugarejo perdido no mundo, conforme suas palavras.
Dr. Israel sorriu, e placidamente explicou que, apesar de seus pais serem ambos da capital, bem como ele próprio, o seu bisavô teria vivido seus últimos anos em Capela do Norte. Aposentando-se como funcionário da extinta companhia férrea, onde cuidava da bilheteria. Daí viria sua simpatia e interesse pelo lugar.
_Vendia bilhetes? Perguntou Seu Ignácio ao médico, que consentiu positivamente com a cabeça, e completou dizendo que seu bisavô fora o velho Licurgo.
Os olhos de Seu Ignácio brilharam e emitiram faíscas ao ouvir o médico dizer que era bisneto do finado Licurgo Bilheteiro.
_Conheci demais o seu bisavô. Ele era freguês de cachaça no bar do meu avô. O destino foi quem nos colocou aqui, Doutor. Não tenho a menor dúvida disso, Doutor. Agora vejo que estamos em casa. Mundinho pequeno!
O médico sorriu surpreso e curioso ao mesmo tempo. Então perguntou ao Seu Ignácio sobre o que mais se lembraria de seu finado bisavô.
_Lembro-me demais! Seus parentes devem ter lhe falado, e o senhor é que não está lembrado. O seu bisavô só não morreu dentro do bar do meu avô por que o levaram às pressas para morrer no hospital.
A interrogação crescia no rosto do médico, bem como os ares de surpresa e apreensão. Afinal, eis que um estranho fora quem lhe revelara coisas íntimas de família as quais jamais havia tido acesso.
_O Seu Licurgo estava pra lá de Bagdá quando chegou o Chico Doido dizendo que a mulher dele, a senhora sua bisavó, que Deus a tenha em bom lugar, havia sido a meretriz mais competente da história de Capela do Norte.
Ao dizer a palavra meretriz, Seu Ignácio desfrutou com um malicioso sorriso o inevitável arregalar de olhos do espantado médico.
_Mas seu bisavô, mesmo quando bêbado, era um bom sujeito, e nunca foi homem de levar desaforo para casa não. Tomou Chico Doido pelo pescoço e começou apertá-lo quase o erguendo do chão. O azar de seu bisavô foi Chico Doido ter alcançado com a mão direita o gargalo da garrafa de cachaça que estava sobre o balcão. A última imagem que seu bisavô viu nessa vida foi a cara feia do Chico Doido roxo, quase enforcado em suas mãos.
O médico não dizia palavra. Ouvia a tudo hipotônico e com a palidez de um cadáver. E Seu Ignácio seguia entusiasmado narrando os fatos.
_Pobre Seu Licurgo! Ficou mais famoso postumamente do que em vida. Não havia um viajante que, vindo por essas bandas e passando pelo bar de meu avô, não perguntasse a respeito da história do tal homem que morreu duma garrafada.
Seu Ignácio dizia por entre pequenas pausas. Usava o tempo de silêncio para colher as feições do médico. E após um breve instante ele retornava.
_Sabe como é, né Doutor? Garrafada não é coisa que mata. Garrafada, aqui pra essas bandas, é coisa que cura, remédio dos antigos. Então, meu avô toda vez era obrigado a contar todo o caso. Inclusive a parte mais engraçada, que foi justamente a do velório de seu finado bisavô.
Doutor Israel, apesar de ainda não ter recobrado as feições, fora capaz de surpreender-se novamente ao ouvir a palavra velório dentro do contexto supracitado.
_Sim, um dos velórios mais engraçados da história de Capela do Norte - continuou Seu Ignácio - Aconteceu que, após o seu bisavô ser velado, indo pelas mãos do cortejo a caminho da cova para ser enterrado, o fundo do caixão, que era de madeira muito da vagabunda, começou a ceder. Foi um pandemônio. Já era possível ver parte do paletó do defunto apontando por entre as farpas. A sorte do seu bisavô foi meu avô, que era muito amigo da sua família, ter tido a idéia de arrancar uma estaca do jardim da Praça e colocá-la de atravessado no caixão, amparando o dorso do defunto. Se não fosse por isso, o seu avô teria caído na rua durante o trajeto do velório ao cemitério. Seu Ignácio concluiu a narrativa rindo muito. Como se fechasse a história com chave de ouro.
O médico ouviu a tudo com indisfarçável perplexidade. Porém, disse ao Seu Ignácio que já conhecia as tais histórias, mas nem se recordava. E disse que era bom saber por acaso de alguém tão amigo de sua família.
Despediu-se do marido da paciente dizendo para que cuidasse bem dela, fez as recomendações do costume, e partiu para retornar na semana seguinte.

No Twitter @Jefhcardoso74

79 Comentários:

Blogger Uni ver sos disse...

Oiiii Jefhhhhh!!!!!!!!

Quanto tempo, amigo! Vc continua escrevendo muito heim! Isso é muito bom, e sua casa está superlotada, isso é melhor ainda!


Estou passando para lhe fazer um convite especial, vc não pode ficar fora dessa festa:


Gostaria de convidar vc para participar do nosso 2º Amigo Oculto de Natal, as inscrições estão abertas para quem quiser participar, será uma linda festa de confraternização virtual. Para saber mais detalhes e se inscrever passe no meu blog.

Abraços e obrigada!!

Ξ ѕ t є я

27 de novembro de 2010 18:25  
Blogger Solange disse...

Jefh,
fico aqui pensando..
se o marido de Lorena, Sr.Ignácio, era amigo do bisavô do dr.Israel (que tinha 40 anos), qual seria a idade do Sr.Ignácio?
talvez Lorena satisfizesse sua carência, através das mãos do tal Dr.Israel..
já que seu marido era bom apenas em contar histórias..

bjs.Sol

28 de novembro de 2010 02:57  
Blogger Márcia Barreto disse...

Genial! Mais vingativo? Impossível! É como diz meu avô em seu poema o abutre: "E assim nós somos de vaidades cheios, sempre arranjando um pré-conceito a mais que sobrepuje os méritos alheios"

28 de novembro de 2010 06:39  
Anonymous elton meneses disse...

Primeiramente...obrigado pela "passadinha" no meu blog.Muito boa sua página.
Te seguindo ok!
Forte abraço e o estado da Paraíba é muito encantador sim.

28 de novembro de 2010 10:16  
Anonymous Anônimo disse...

Querido Amigo

Desculpe por demorar tanto desta vez, mas estou muitoatarefada com a escola eos 2 novos projetos que tenho que terminhar até o dia 10 de dezembro. Mas não esqueçode você dei uma mudança geral no visula do meu blog. dê uma passadinha por lá bjs Lu

28 de novembro de 2010 15:15  
Blogger flavio mouran disse...

ola Jefhcardoso, obrigado pelo seu comentario, em meu blog naão muito conhecido, espero um dia ser tao visitado como o seu. hehehehe!!
gostei do seu blog, ja sou um seguidor e vou visitar mais vezes! obrigado pelo incentivo!!

28 de novembro de 2010 16:37  
Blogger Elayne C.A. disse...

Poxa, Jefh, adorei seu texto, um verdadeiro contista. Esta história tem que virar um livro! Adorei as partes de humor. Lerei os outros com certeza. Um beijo! Já estou te seguindo e obrigada pela visita. Paz!

29 de novembro de 2010 02:07  
Blogger Milah Almeida disse...

Indica mesmo, ela vai adorar! :)
beijos.

29 de novembro de 2010 03:11  
Blogger DASLAN MELO LIMA disse...

Ao retribuir sua visita ao meu blog PASSARELA CULTURAL, quero parabenizá-lo pelo que escreve e registrar que já sou um dos seus seguidores.

Um abraço e uma semana abençoada.

29 de novembro de 2010 05:48  
Anonymous Lívia Cajueiro disse...

Me vi no mundo sagaz do Machado de Assis. Será tudo realmente fictício ou fruto de observações?

Admiro seu empenho em escrever. Já fui assim um dia. Escrevia de tudo, adororava sonetos, compunha músicas... Ainda estou tentando achar o que me fez parar com tudo isso, para quando encontar, matá-lo(a). Mas, e se tiver sido a vida? Melhor deixar como está: pingos de palavras caindo lentamente em papéis reciclados ou em telas de computador até adquirir volume suficiente para ter voz e gritar que existem e que saíram de mim. Ai, que coisa chata! Não é hora nem lugar para falar disso. Desculpe-me. E parabéns!

29 de novembro de 2010 06:20  
Anonymous Cristine Lore Cavalheiro disse...

Ola Jef, obrigada por escrever um comentario, nao sabia que pessoas como eu que só gostam de escrever lessem o meu blog, afinal onde voce encontrou? indicação de alguem? li alguns de seus posts também e adorei.
Um beijao.
Cristine Lore Cavalheiro
http://cristinelore.blogspot.com/2010/11/momento-be-happy.html

29 de novembro de 2010 07:39  
Anonymous Anônimo disse...

Mto legal!!! interessante!!! enquanto fui lendo, dava mais vontade de saber o final!!!!
Quero que continue entrando nos meus blogs!!
www.omundomodda.blogspot.com
www.viikizid.blogspot.com
www.beenlegais.blogspot.com
www.fimesestreia.blogspot.com

29 de novembro de 2010 08:11  
Blogger Gislãne disse...

Seguindo-te!

:)

29 de novembro de 2010 11:08  
Blogger Suellen Flopý disse...

Oi,Jefh...Obrigada pelo comentario no meu blog,mas esta historia do seu Ignacio vai ter terceira parte ne?
Ou ficará por isso mesmo?
Como ele foi cruel...Afffff...Quero ver a continuação...Espero q tenha e q ele se dê mal...
rssss...Bjaooo...

29 de novembro de 2010 12:28  
Blogger Aline Cardoso disse...

Oi Jefhcardoso, obrigado pelo comentario no meu blog, a propósito, nós temos o mesmo sobrenome............
beijussssssss e fica com Deus
ja sou seguidora

29 de novembro de 2010 15:50  
Blogger Aline Souto disse...

Oiie querido!

boa noite...
obg pela presença viu...
sinta-se a vontade pra visitar!
;)

bjus

29 de novembro de 2010 16:02  
Anonymous Anônimo disse...

Oi Jefh, se tiver curiosidade não, eu estava morrendo d ecuriosidade para saber o final dessa história, só não havia lido ainda por um pequeno detalhe: falta de tempo...
Muito obrigada pela visita e pelo comentário, filme eu havia pensado, mas já me cobraram o livro...
Mas que maldade do sr Ignácio, tadinho do médico, juro que vi suas feições enqto lia...
Uma ótima semana, obrigada mais uma vez.
Bjos se cuida.

29 de novembro de 2010 17:04  
Blogger Adriana Alencar disse...

Genial, supreendente e bem bolado... Tadinho do defunto, heheheheh! Estarei sempre por aqui acompanhando os seus contos, eles são ótimos!
Um abração e boa semana!
Adri

29 de novembro de 2010 23:59  
Blogger Escritora Moderna disse...

Adoro ler os seus contos!
Caso vc me permita, gostaria de usá-los em sala de aula com os meus alunos para fazermos análise.
Chamou-me muita atenção a forma como vc descreve os seus personagens fisicamente e psicologicamente. Todos eles paracem com personagens bem reais que estão a nossa volta e muitas vezes nem percebemos.
E sempre que puder vamos trocar figurinhas.
Eu tenho um monte de fotos com os meus alunos trabalhando em sala de aula , em semana literária e tal. Gosto de estar bem próximo deles, pois só assim consigo entender um pouco mais do universo deles.
Vc tem orkut?
Obrigada pela atenção!
Boa semana pra ti.

30 de novembro de 2010 03:19  
Blogger Tacyla disse...

Adoro quando você passa lá no blog!
Leio seus textos,muito bem escritos!
Parabens!
O blog tá de cara natalina e com 2 posts novos!Passa lá!
Beijão e ótima terça!
E claro, obg pela visita e comentário ontem!
Tacyla
http://miltacylas.blogspot.com

30 de novembro de 2010 03:58  
Blogger Thay disse...

Enquanto eu ia lendo , ficava mais anciosa pra saber o final.
Gostei muito das coisas que o senhor posta aqui, sempre que der vou dar uma passadinha aqui para ler mais postagens. Continue assim nos enriquecendo com os teus maravilhosos textos, se puder visitar meu blog : www.depooisdosdezoito.blogspot.com

Beijo, Deus te ilumine sempre paz.

30 de novembro de 2010 05:42  
Blogger Coisas do meu Coração! disse...

Bom dia Jefhcardoso!
Como vai meu amigo!
Desejo só coisas boas a você.
Olha deixo aqui o selinhdo do meu Blog pra você pegar e postar no seu blog.
Espero que goste.
O LINK> http://1.bp.blogspot.com/_rjunWqiECCQ/TO0x9Tike4I/AAAAAAAAB5M/hlHqK7WiFbg/s700/presente%2Bda%2Bleilinha.jpg
Beijos no coração
Eu! Leilinha

30 de novembro de 2010 06:26  
Anonymous Adelaide disse...

Adorei o final, cômico na medida certa e realmente muito mas violenta do que o triste fim do Licurgo Bilheteiro....rsrs.
Grande abraço

30 de novembro de 2010 07:06  
Blogger Patricia S² disse...

Olá Jef!

Vim retribuir a visita, tem chá com bolinhos aí? ;)

Um abraço

30 de novembro de 2010 12:50  
Blogger Bia Barbano disse...

Olá Jefh! Obrigada por dar uma passadinha no meu blog e me deixar as suas lindas palavras...elas fazem muito bem para o coração.
Vim visitar você rapidamente e simplesmente "amei" o que você escreve...histórias que quando começei a ler não queria mais parar.Também escrevo e acho uma das melhores terapias que existe.Você é muito bom no que faz,me encantou com seus textos,seus contos....parabéns e obrigada por me visitar,pois assim pude conhecer realmente o valor de um gênio de contos e histórias...(vou lhe seguir tá?) Beijos!

30 de novembro de 2010 13:15  
Blogger AdaPri disse...

ObrigADA pela visita ao meu blog.
Estou aqui retribuindo e aproveitando pra parabenizar o texto.
Abraços!

30 de novembro de 2010 13:43  
Blogger jefhcardoso disse...

Uni ver sos, que bom lhe receber aqui! Fico muito feliz com sua presença. Vejo que continua agitando os amigos secretos em toda parte. Este ano está em quantos? [sorrio]. Obrigado por lembrar-se de mim. Passarei lá. Abraço!

Sol, que braveza é essa? [sorrio]. Assim você arrebenta com o Seu Ignácio. Olhe, ele nem é tão velho assim. Na verdade é o avô dele que tinha mais proximidade com o velho Licurgo. Ele apenas conheceu o bisavô de Dr. Israel e as histórias que contavam. Abraço, linda! E obrigado por sua atenção!

Macia Barreto, genial do seu avô. Obrigado por compartilhar enriquecendo este espaço. Abraço!

Elton Meneses, foi um prazer lhe visitar. Todos os paraibanos estão de parabéns por sua rica blogosfera. Um dia conhecerei seu estado presencialmente. Obrigado por sua atenção e apoio, amigo. Abraço!

Lu Saldanha, não se preocupe. Eu sei que sempre se lembra. Venha quando puder. Será sempre festejada a sua visita. Quero ver suas mudanças. Abraço!

Flavio Mouran, obrigado por sua atenção e apoio. Vida longa e prospera ao seu blog, amigo. Um grande abraço!

Elayne C.A, você é muito gentil. Obrigado por seu carinho e apoio. Um grande abraço!

Milah Almeida, já está indicado. Abraço!

Daslan Melo, muito obrigado! Abraço!

Lívia Cajueiro, achei linda a maneira como se identificou com meus escritos. Fiquei pensando: “Ela precisa encontrar o que a fez começar a escrever e não o que a fez parar.” Não escrevemos por que queremos, escrevemos por que é natural escrever. Abraço!

Cristine Lore, sou eu quem lhe agradece. Fui ao seu blog através de passeios por blogs amigos. Faço visitas todos os dias. Assim faço amigos. Prazer. Um grande abraço!

Viik, que bom que curtiu. Obrigado por seu convite. Continuemos nos falando. Abraço!

Gislãne, a apaixonada por Milton Hatoum! [sorrio] Obrigado por vir e ficar. Seja muito bem vinda, linda! Abraço!

Suellen Flopý, o Seu Ignácio já se vingou do ciúme que o outro lhe despertou. Agora resta saber se há uma natureza vingativa também no Dr. Israel. [sorrio]. Sabe que essa história pode mesmo reservar outras surpresas? Abraço e obrigado pelo delicioso comentário!

Robson W., foi um prazer. E sou eu quem agradece por seu generoso comentário. Abraço!

Aline Cardoso, será que somos parentes? O meu Cardoso veio de Portugal. E o seu? Abraço!

Aline Souto, foi um prazer. Obrigado! Abraço!

Arigi Kuwanna, obrigado por seu carinho e atenção. Delícia de comentário! Abraço!

Adriana Alencar, obrigado! Viu só? Pobre defunto! Ai dele! [sorrio]

Escritora Moderna, eu? Em sala de aula? Seria muita honra. Peço para que tome a liberdade de corrigir as imperfeições gramaticais. Nunca fui bom nisso, mas estou tentando melhorar. [sorrio]. Use e abuse de meus textos. Quero que me conte tudo. Cada reação. Física e psicológica. [sorrio novamente, pois brinco]. Enviarei o meu contato. Não fiz antes por não ter ficado um link após seu último comentário. Abraço!

Tacyla, foi um prazer. Sou eu quem agradece. Passarei sim. Abraço!

Thay, é uma honra receber tão gentil comentário. Passarei sim. E é você quem me faz mais rico com sua amizade. Abraço!

Leilinha, você é muito gentil e atenciosa. Agradeço muito. Um grande abraço!

Adelaide, que maravilha! Estou extasiado. Você olhou com muita generosidade para o meu conto. Obrigado!

Patrícia S², sirva-se à vontade. Aqui temos de tudo. [sorrio]. Abraço!

Bia Barbano, você é muito gentil. Não mereço tudo isso, mas fico muito, mas muito mesmo, agradecido. Foi um prazer imenso lhe conhecer. Espero nos falarmos muitas outras vezes. Abraço!

AdaPri, foi um prazer. Fico feliz que tenha gostado. Venha sempre. Abraço!

30 de novembro de 2010 14:26  
Blogger -Yuh Rodriguez disse...

Jefh,
Por ter te conhecido a poucos dias, essa foi a primeira oportunidade de ler um de seus contos... Eu fiquei muito curiosa pra ver o final, e adorei! Você está de parabéns! Sempre estarei aqui te visitando.

Abraços.

30 de novembro de 2010 16:19  
Anonymous Anônimo disse...

Oi Jefh, na verdade o meu blog é feito de muitas besteiras, não é sério como o teu... A minha irritação com besteiras é por conta do twitter... pessoas que passam grudadas nos seus celulares twittando da poltrona de louça... hehe
Valeu pela visita e muito bacana teu blógue!
bjs

30 de novembro de 2010 16:29  
Blogger Gustavo disse...

E ai Jefh, valeu pelo comentário, sou seu seguidor agora.

Oh muito bom o texto "O candidato", bom mesmo.

Valeuuu

http://www.descobriminhapalavra.blogspot.com/

30 de novembro de 2010 16:52  
Blogger Alaila Resende disse...

Olá, isso é uma passagem do livro,dito por Serguê Mikháilich.
"(...) será que alguém pode ficar descontento com alguma coisa, se é tão feliz como sou agora? É mais fácil ceder do que tentar dobrar os outros, estou convencido disso há muito tempo. Não existe situação em que não se possa ser feliz"
Parabéns gostei do final.
FELICIDADE CONJUGAL- LEON TOLSTÓI

1 de dezembro de 2010 04:12  
Blogger Vanessa Costa ;) disse...

Olá Jefh, obrigada pela visita e pelo comentário. Gosto muito de ler mas não tenho o don de escrever como vc, gostei muito do seu blog.
Grande abraço!!!!

1 de dezembro de 2010 05:07  
Blogger Coração da Nena disse...

Oi Jeff,
Espero que tenha dado tudo certo p vc sobre o concurso.
UM grande abraço e boa sorte.
Nena.
www.coracaodanena.blogspot.com

1 de dezembro de 2010 05:08  
Blogger ★★ GIZA ★★ disse...

OLA
OBRIGADO PELA BELAS PALAVRAS EM MEU BLOG
BOA QUARTA
BEIJOS

1 de dezembro de 2010 07:15  
Blogger **sergio mingrone disse...

parabéns pelo seu trabalho/ caracteriza-se por atitudes voltadas ao comportamento humano/ nos faz bem/ sucesso

1 de dezembro de 2010 08:45  
Blogger Luiza MP disse...

Muito obrigado pelo seu comentário,porque afinal,as criticas e os comentários nos ajudam a crescer.
Adorei seu Blog,
Um grande abraço,

Luiza MP

1 de dezembro de 2010 09:07  
Anonymous Anônimo disse...

Olá Jefh, pois é, seu blog é muito legal, gera curiosidades!! rs.. Desculpe-me pela demora de uma resposta, mas aqui estou eu te escrevendo!(risos)... Boa semana! E parabéns!

1 de dezembro de 2010 20:56  
Blogger Caroll disse...

Oi Jefh!Obrigada por passar la no blog, querido!
A votação sempre se encerra no inicio do mes, ai o site fica em manutenção, mas acho que amanha ja esta de volta!
Adorei seu blog, acho muito legal quem escreve "livros" no blog, bom para acompanhar e a gente acaba sempre indo dormir curioso com a continuação né?!
Você escreve muito bem e a prova disso sao seus visitantes né?! Que nao sao pouco!
Te seguindo!
Bjs

2 de dezembro de 2010 04:04  
Blogger Thaysa Trajano disse...

Oi Jefh!

Adorei o seu blog! Você é muito criativo.

Obrigada pela visita.

bjos

http://trocandofigurinhas22.blogspot.com/

2 de dezembro de 2010 05:28  
Blogger Prazer em Educar! disse...

Jefh, mais uma vez te agradeço pela visita no meu blog, obrigada mesmo! Li a continuação do seu conto e pude ver a sua facilidade e criatividade para escrever, vc tem que públicar, é uma ótima história, parabéns! ABRAÇOS!

2 de dezembro de 2010 08:19  
Blogger Edelise Gabardo disse...

OI Jeh.
Obrigada pela visita.
Rubem Alves sabe o que dize né?
Sobre o fim do ano letivo, hj ganhei presentes, abraços, flores, bombons, beijos...
Tudo de melhor, até panetone eu ganhei rs e o mais interessante é que aqueles alunos que não nos demonstram carinho o ano todo, são os primeiros a nos agradar ao final e reconhecem nosso trabalho.
É bom demais ser professora!
=)

Seguindo aqui...
Bjãooooo

2 de dezembro de 2010 08:47  
Blogger Lara Lima disse...

Adorei seu texto!

2 de dezembro de 2010 10:57  
Blogger Leilah disse...

Querido novo amigo! Me permita chamá-lo assim...
vc é um verdadeiro escritor!
Me sinto honrada com seu comentário no meu blog só de músicas, sempre pensei que só eu e minha mãe olhássemos! Muito obrigada pela atenção!

tenho um outro blog, onde escrevo umas baboseiras... ainda estou aprendendo escrever!!
www.leilahlibaino.blogspot.com se tiver um tempinho que eu acho muito difícil, passa por lá!!! abraços carinhosos
Leilah

2 de dezembro de 2010 11:56  
Blogger Julianna Pacheco disse...

Adorei os seus posts, você tem um jeito muito bem de se expressar com as palavras, adoro isso *-* Por isso que gosto de ler bastante, para um dia poder me expressar meus pensamentos de uma forma boa.
Desejo muitas sortes a você :*
E se der, pode me seguir no blog e no twitter ? *-*
@JuPachequinho,jupachequinho.blogspot.com/

2 de dezembro de 2010 12:27  
Blogger VANESSA LARANJEIRA disse...

oi Jefh...

adorei o seu conto, muito bom mesmo, gostei tanto que estou te seguindo.
Como vc encontrou o meu cantinho?
eu não escrevo tão bem quanto vc mas espero que apareça mais vezes por lá...

bjksssss

2 de dezembro de 2010 12:30  
Blogger Mahcabra disse...

wow
historia legal =D

2 de dezembro de 2010 15:46  
Blogger Mahcabra disse...

daquelas que prende a atenção

2 de dezembro de 2010 15:46  
Blogger Marcela disse...

OI obrigado pela visita ao meu blog ...
Gostei muito do que você escreve.

2 de dezembro de 2010 16:00  
Blogger ♥Viciadinha em Make♥ disse...

Oi Jefh!
Tudo bem??
Obrigado pelos elogios la no blog!
Eu curti mto o post vio! Rsrs...
Bjo e volte sempre!
Gisele =)

www.viciadinhaemmake.com
@viciadinhamake

2 de dezembro de 2010 16:16  
Blogger jefhcardoso disse...

-Yuh Rodriguez, fico muito feliz que tenha gostado. Conto com sua presença. Abraço e obrigado!

Fê Nichele, a crítica é válida. É muito atual. Merece atenção. Prazer lhe receber aqui. Espero lhe falar mais vezes. Abraço e obrigado!

Gustavo, seja muito bem vindo. Espero que goste. Obrigado e um grande abraço!

Alaila Resende, obrigado por compartilhar Leon Tolstoi aqui. Tomo como a um presente. Muito grato! Um grande abraço e até breve!

Vanessa Costa, você é muito gentil. Eu tento escrever. Venha sempre. Grande abraço!

Nena, foi bom. Eu fiquei entre o 100 da categoria variedades. Isso foi uma honra. Obrigado por sua atenção, carinho e apoio. Um grande abraço!

Giza, foi um prazer. Boa quarta para você também. Beijos!

Professor Mingrone, que bom que vê desta maneira os meus escritos. Fico lisonjeado. Obrigado, e sucesso sempre para o senhor também. Abraço!

Luiza MP, foi um prazer. Fico feliz que tenha gostado. Um grande abraço!

“Pensardeumalagarta”, estou feliz que tenha vindo. Não se preocupe. Bom final de semana! Obrigado e abraço!

Caroll, muito obrigado por sua graciosa atenção. Espero atrapalhar o seu sono por muitas vezes. [sorrio]. Abraço e até!

Thaysa Trajano, obrigado! Fico feliz que tenha gostado. Um grande abraço!

PrazeremEducar, é uma honra receber tal comentário. Obrigado por sua atenção e apoio. Abraço!

Edelise Gabardo, Rubem Alves é fantástico. Legal isso que compartilhou aqui. Talvez estes alunos sejam os tímidos, e aguardaram ansiosos por esta oportunidade para lhe demonstrar a gratidão por seu trabalho. Abraço e seja muito bem vinda, linda!

Lara Lima, que bom que gostou! Você é muito gentil. Até breve! Abraço!

Leilah, será um prazer lhe visitar. Tenha certeza que muitas pessoas que nem imaginamos passem todos os dias por nossos blogs. A internet é uma janela para o mundo inteirinho. Valorize os seus textos. Nossas criações merecem todo o nosso carinho. Abraço!

Ju Pachequinho, obrigado por seu gracioso comentário e convite. Um grande abraço, linda!

Vanessa Laranjeira, você é muito gentil. Encontrei o seu blog enquanto visitava os amigos. Seja muito bem vinda. Um grande abraço!

Mahcabra, que bom que curtiu. [sorrio]. Abraço!

Marcela, sou eu quem lhe agradece. Um grande abraço!

ViciadinhaemMake, sim. Tudo. Que bom que gostou. Obrigado por sua atenção e apoio. Um grande abraço!

2 de dezembro de 2010 16:27  
Anonymous Anônimo disse...

Amigo voce passa escreve muito bem passa uma emoção para quem lê seus textos'

2 de dezembro de 2010 16:45  
Blogger KeyllA N. disse...

Oi...primeiramente, obrigada pelo comentário no meu blog. Adorei as suas histórias, vc escreve muito bem!!
Ainda estou iniciando esse negócio de blog, espero que continue me visitando!!

2 de dezembro de 2010 16:56  
Blogger Ruth Maressa Duarte (autora do blog) disse...

Muito bom! Gostei do seu blog! Muito legal mesmo! Gostaria que se vossa excelencia puder, comente novamente a postagem que comentou, porque houve um problema, e exclui a postagem, mas coloquei ela novamente lá em meu blog, fico grata. E sempre que tiver um tempo venho visitar seu blog! Tchau!

2 de dezembro de 2010 17:04  
Blogger Cacau Peres disse...

Ah, adorei o conto!!!! Tem uma veia literária forte, hein? Parabéns!

2 de dezembro de 2010 18:45  
Blogger Renan de Andrade disse...

Aê Jefh... obrigado pela visita e pelo tempo no meu blog/pub rsrs. Bom é isso mesmo, no meu blog quero simular um bar, com os assuntos jornalísticos que possam gerar um bom bate-papo em uma mesa, ou em um balcão, como se você estivesse cpnversando com o atendente, da melhor maneira possível...

O grande lance do blog é esse, não precisar passar pela mão e aprovação de um Editor. Você é o dono da informação e do texto.

Muito legal o seu blog. Curtir o prazer de escrever... fazer uma crônica e expressar o que está sentindo.

Valeu, abraço... e volte sempre ao Pub.. risos!

2 de dezembro de 2010 20:13  
Blogger V. Tosta disse...

Maravilhoso conto. Eu amei mesmo. Quando lançar seu livro vou querer comprar. Continue assim, seu trabalho é maravilhoso. Beijos.

3 de dezembro de 2010 02:44  
Blogger Meiroca disse...

Jef
Parabéns vc escreve muito bem..
muito interessante seu blog , estou retribuindo a visita !
sim e sou modesta assim mesmo !Neymar que é mesmo? (risos)

abraços

3 de dezembro de 2010 07:47  
Blogger Rafael Castellar das Neves disse...

Boa Jefh....muito bem como sempre!!

[]s

3 de dezembro de 2010 08:31  
Blogger Cris disse...

Ai, fiquei com dó do Dr. Israel!
Que sacanagem....rs
Isso vai ter volta...ow ow

Quando estava lendo o relato do caixão quase caíndo e o defunto já aparecendo o paletó, lembrei-me de um fato real que aconteceu em um enterro que fui. Mãe de uma caseira do sítio quando eu tinha meus vinte anos.
Na sua ficção a fatalidade foi contornada, na realidade que estive presente o defunto (a) realmente caiu no chão do cemitério. Cena horrível !

Amei o conto. Delícia ler e melhor ainda transportar-se para toda a "cena" e imaginar cada cara, cada gesto. Ler é viver o momento do autor.
Obrigada por dividir.
beijão

3 de dezembro de 2010 12:23  
Blogger JAMES disse...

Obrigado por comentar no meu blog. Eu não sou muito das letras, mas notei que tu é fera cara!! Parabéns pelo lindo trabalho! É o que eu sempre falo... cada um com seu dom, hehehe! abç do Zé

3 de dezembro de 2010 18:11  
Blogger Vanessa Laynara disse...

Muitíssimo obrigado pelo comentário em meu blog, Gordinhas Também Vivem!! Adoreiii ...

É você que cria essas histórias??
Morri de rir na hora que contas que o defunto podia sair do caixão, mas não por cima, mas sim por baixo ... hahahahaha!

4 de dezembro de 2010 03:44  
Blogger Sapo disse...

Parabéns pelo conto.

Abraço.

4 de dezembro de 2010 04:54  
Anonymous Anônimo disse...

Muito interessante o seu cantinho!.. Gostei!!!
Beijinhos em seu coração..
*verinha*

4 de dezembro de 2010 06:06  
Blogger Zell Maria & Artesãs Amigas disse...

Olá, quero que saiba que gosto muito do seu estilo, estarei sempre por aqui e obrigada pela visita .bjão

4 de dezembro de 2010 18:53  
Blogger Cícero disse...

Jefh, comecei a ler mas não pude dar continuidade pois sofro de cefaléia crônica. O fundo preto com as letras brancas mostrou-se um "gatilho" para o meu problema. Vou tentar ler de outra forma. Obrigado por sua visita e grande abraço.

5 de dezembro de 2010 06:20  
Blogger Marta disse...

Jefh, surpresa agradável de sua visita oportuna ao meu blog. Deixei lá os meus agradecimentos. Quanto à vingança de Seu Inácio, sem dúvida foi muito criativa e engraçada. No entanto ficou-me o desejo de saber se o doutor voltou na semana seguinte e como se comportou. Saberei? Um abraço.

5 de dezembro de 2010 08:59  
Blogger Eliana Romeu Trevizani disse...

Oi Jef!!! Tem razão!!! Como diria minha filha de 17 anos, Paloma: Brisei! Seus contos são otimos e estou aprendendo muito com vc! Um grande abraço!

5 de dezembro de 2010 09:08  
Blogger Grasi Souza disse...

Obrigada pela viista (: Gostaria de ler, porém estou correndo, sem tempo nenhum.

beijo
http://www.achadosdagrasi.blogspot.com/

5 de dezembro de 2010 09:37  
Anonymous Meire disse...

Obrigada pelo elogio...
Voce tem muita intimidade com as palavras, continue assim.
Abraços Meire

5 de dezembro de 2010 11:13  
Blogger Lua disse...

Olá...

Vim agradecer a visita ao meu blog e me surpreendi por uma leitura MUITO boa.

Parabéns...
Adorei..

5 de dezembro de 2010 16:47  
Blogger jefhcardoso disse...

Anônimo, muito obrigado. Abraço!

KeyllA N., você é muito gentil. Obrigado por sua atenção! Também espero que continuemos nos falando. Abraço!

Ruth Maressa, [sorrio] comentarei sim. Será um prazer. Um grande abraço!

Cacau Peres, obrigado! [sorrio]. Abraço!

Renan de Andrade, é bem legal a sua proposta de blog. Parabéns! Obrigado por seu convite. Abraço!

V. Tosta, quando isso acontecer, no caso de vender um exemplar, eu já sei a quem agradecer. [sorrio]. Você é muito gentil. Obrigado pela força. Abraço!

Meiroca, obrigado por vir. [sorrio]. Abraço!

Rafael Castellar, obrigado, amigo. Valeu! Um grande abraço!

Cris, fantástico o seu relato. Muito obrigado por compartilhar aqui. Beijão, linda!

James, foi um prazer lhe visitar. Obrigado por seu gentil comentário. Abraço, amigo!

Vanessa Laynara, pobre do defunto! [sorrio]. Sim, fui eu quem criou todas essas histórias absurdas. Abraço!

Sapo, obrigado! Abraço!

Verinha, seja bem vinda, linda. Espero que retorne. Abraço e obrigado!

Zell, fico muito feliz que curta minha escrita. Conto com sua atenção. Abraço!

Cícero, que pena. Você não é a primeira pessoa que fala sobre esse fundo dificultar a leitura. Já até tentei mudar, mas não consegui manter. Espero que melhore e quando puder retorne. Abraço!

Marta, prazer. Bem, não sei se o Dr. irá querer vingança. [sorrio]. Seria: “A Vingança De Dr. Israel Bravo”. Sabe que é um bom tema, né? Abraço e obrigado!

Eliana Romeu, muito cuidado. Não me sinto apto a ensinar quem sabe mais do que eu. [sorrio]. Abraço! A brisa já passou. Até!

Grasi Souza, volte quando puder. Será um prazer lhe receber. Abraço!

Meire, foi um prazer. Muito obrigado! Abraço!

Lua, você é muito gentil. Obrigado pelo carinho e atenção. Abraço!

5 de dezembro de 2010 17:51  
Blogger Joyce disse...

Oi Jefh!
Você escreve muito bem! Um verdadeiro "contista", rs!
Obrigada pelo comentário no meu blog. Ele fica meio às escondidas, não é divulgado pois é muito pessoal. Já que você o encontrou (rs), visite-o mais vezes!
O seu já está na minha lista de favoritos.
Beijo!

5 de dezembro de 2010 19:42  
Blogger Boneca com manual disse...

Nossa, que blog mais povoado! Mas, também, né? Adorei o texto. Isso tudo daria um livro! Já publicou!? Beijinhos e obrigada pela visita! Quero ser da turma também! Beijinhos!

8 de dezembro de 2010 13:59  
Blogger Lucia Mateus disse...

Primeiramente...Obrigada pela "passadinha" no meu blog.Sou Lucia Itatira mesmo pois adoro minha cidade.Talvés por curiosidade vc pesquise e veja as riquezas desse lugar que estar escondido no cantinho do Brasil.Adorei a história do Sr Ignácio um cara bem esperto em suas palavras e ao lado um médico muito curiosocom suas historia.Legal um contador e um observador.
Gostei do seu blog.Vou visitar mais vezes!Obrigada.

13 de dezembro de 2010 12:25  
Blogger Renata Cavalcanti disse...

olá Jefh! visitei, adorei, voltarei.
espero que voltes ao meu blog...
Adorei sua definição de si mesmo, meu blog na verdade pertence a minha paixão que é a moda, mas um dia farei um blog em que eu possa divulgar blogs como o seu. bjs Renata Cavalcanti.

28 de dezembro de 2010 06:46  
Blogger Jefhcardoso disse...

Joyce, sou eu quem lhe agradece, você é muito gentil. Visitarei sim. Obrigado e beijo!

BonecaComManual, você é muito gentil. Publiquei apenas em alguns locais, mas livro não rolou ainda. Espero que um dia aconteça. [sorrio]. Seja muito bem vinda. Um grande abraço!

Lucia Mateus, será um prazer saber mais sobre sua linda Itatira. Você é muito simpática e gentil. Fico feliz que tenha gostado de meu conto. Espero lhe ver aqui outras vezes. Abraço!

Renata Cavalcanti, é sempre bom termos um espaço para compartilhar nossas idéias, nossos gostos. Invista sempre. Faz bem. Abraço! Feliz 2011!

28 de dezembro de 2010 10:18  
Blogger ' Eduarda Lins disse...

seguindo ;)

15 de janeiro de 2011 17:22  
Blogger Thaís Capturando Minha Alma disse...

Uma verdade...
Obrigada pelo seu comentário em meu blog!

6 de março de 2011 14:30  
Blogger Jefhcardoso disse...

Eduarda Lins, obrigado por seu apoio, linda! Grande abraço!

Thaís Capturando, sou eu quem lhe agradece por sua atenção! Abraço!

8 de março de 2011 08:50  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial