sexta-feira, maio 28, 2010

Um Dia De Fúria

Ao retornar para sua casa Bronson não havia se dado conta da situação que criou ao partir, atendendo ao chamado do Dr. Mendelson, sem dar maiores satisfações à Frida, que agora se derramava em lágrimas.
Em meio à bagunça de fotografias jogadas sobre a cama, Frida chorava compulsivamente, ouvia Marisa Monte e escrevia em um caderno no qual maldizia o dia em que conhecera o marido em prosa e verso, por assim dizer.

Ao ver Frida com a velha calça jeans desabotoada, “vestida” somente até as coxas, aquela velha calça que funcionava feito uma armação sólida para que Frida se sentisse “gostosa”, a calça parâmetro para que a mulher ligasse o dispositivo alerta para inicio de dieta, Bronson pressentiu que o momento era bastante delicado.

_Bronson, arrependo-me amargamente do infeliz dia em que entrei naquela espelunca para comer a porcaria da famosa coxinha cremosa da Dona Maria. Disse Frida, ao levantar-se da cama, amassando uma folha com as duas mãos e salivando feito um cão raivoso ao ver o marido de pé diante da porta do quarto _ e seguiu _ arrependo-me mais ainda de ter sorrido do seu comentário estúpido sobre o pastel de pizza, que, segundo você, era pastel de orégano; _como fui burra! Pastel de orégano! Que idiota!
Bronson tentou o caminho da paz, tentou conciliar dizendo para que Frida se acalmasse, pois não havia motivo para discussão. Argumentou que apenas havia ido até a casa de Dr. Mendelson que passava por sérias dificuldades, e observou que isso não era motivo para tanto estardalhaço.

Mas Frida estava mesmo furiosa e seguiu com sua explosão: _ Mais tola ainda fui ao aceitar que se sentasse a minha mesa na lanchonete. O achei espirituoso, ousado, ou bonitinho, sei lá que porcaria eu achei. Vê se pode! Pensei que fosse por um senso de humor ímpar que dizia aquelas bobagens, mas não era nada disso, na verdade você nunca passou de um bruto insensível. Bronson achou melhor não dizer nada para ver se a mulher se acalmava, mas ela continuou furiosa, e disse: _Você riu, riu Bronson, como se ouvisse uma piada quando lhe contei que havia acabado de sair de uma temporada em um spa de emagrecimento. Você ao menos sabe o que é isso na vida de uma mulher? Você imagina o que é pesar mais de 100 kg e ter que ficar tomando chá verde com uma porcaria de uma torrada integral no café da manhã, lanchar maçã e almoçar praticamente alface? Sem falar das malditas palestras fascistas que pregam o fim da alimentação da humanidade. Você não sabe. Só sabe o que é isso quem já sentiu na própria pele. E você riu de mim, Bronson. Riu.
_Como eu poderia saber que era sério? Você estava em tão boa forma, parecia perfeita em sua calça jeans. Por acaso não é essa mesma? Disse Bronson.

Aquilo foi a gota d’água para a mulher, já no limite da fúria, explodisse: _Pro inferno, Bronson! Pegue as suas coisas e não apareça nunca mais na minha frente. Suma daqui seu maldito! Frida disse estas palavras e empurrou o marido para fora do quarto, bateu a porta violentamente e continuou com os xingamentos e acusações. Bronson desceu para dar uma volta, pensar um pouco, espairecer, quando viu suas roupas sendo atiradas pela janela do sobrado. Parou, contemplou, tomou uma calça e uma camisa e partiu deixando o resto de seu guarda-roupa ali mesmo na calçada da Rua José Dantas de Matos.

Obs. Quero aproveitar para pedir a sua contribuição em forma de comentário e, se achar que mereço o seu apoio, vote em meu blog para o Prêmio Top Blog 2010. Mas se você também estiver concorrendo na mesma categoria que eu (variedades), queira me desculpar.

Obs II. Respondo aos comentários no blog dos próprios comentaristas.

83 Comentários:

Blogger Dica Cardoso disse...

Amei o texto!Forte e envolvente!
Abraços no coração

28 de maio de 2010 18:56  
Blogger Manifesto Interno disse...

Ah, que bom que esta saga continua... me divirto lendo seus textos, e há o lado verossímil e tanta dessas histórias a nossa volta no mundo real,
Frida me faz lembrar algumas mulheres destemperadas na TPM,
Bronson não sabe lidar com as emoções da mulher,
Dr. Mendelson deveria mediar uma reconcialiação entre esses dois,

abraço, amigo.
Ester.~

28 de maio de 2010 19:07  
Anonymous Anônimo disse...

cara, pelo amor de todos os seres terráqueos, e dos alienigenas que ocupam todos os espaços do kosmos e as dimensões do mesmo, parabens pela criatividade de tirar uma foto de si mesmo vestido de terrorista e kolokar no blog. meus parabens, e não adianta dizer não ser vc, seus olhos são os mesmos. e que surpresa em ver que um blog merda desse tem mais de 800 seguidores. o que vc faz? paga a eles para te seguirem? quanto é? eu posso te seguir também...

28 de maio de 2010 20:04  
Blogger Caminhos Poéticos disse...

"As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

(FERNANDO PESSOA)


Feliz Noite e BOM FDS...M@ria

28 de maio de 2010 21:13  
Blogger Daniel Savio disse...

Cara, neste tipo conversa, o melhor que ele faz é ficar calado, fato...

Fique com Deus, menino Jefh Cardoso.
Um abraço.

28 de maio de 2010 21:50  
Blogger El ave peregrina disse...

Texto cheo de enfado e riña...onde a furia e o descontento alporizan...
É normal entre parellas...

Un placer leerte amigo Jefh.

Unha aperta.

28 de maio de 2010 22:51  
Blogger Eurice disse...

Un buen texto Jefh, excelentemente narrado.
Saludos!

28 de maio de 2010 23:50  
Blogger João de Sousa Teixeira disse...

Volta! - gritou Frida, em desespero -
Bronson já não a ouviu. Ajeitou a fralda da camisa, pensou na mulher pela última vez e sumiu no horizonte...

Abraço
João

29 de maio de 2010 00:42  
Anonymous Anônimo disse...

Another interesting post. My translator doesn't give me exact phrases, but this is brilliant :-)

29 de maio de 2010 03:13  
Blogger Eliane disse...

KKKKKKK Acho melhor o Bronso levar a Frida para uma consulta com o Dr. Se ela não emagrecer junto ela pedir o divorcio. hihihihi.
já votei em vc inclusive com o email do meu gato!!!!!!! Tentei comentar seu texto da semana passada mas meu pc deu tilti e comeu meu comentário. Um beijo e bom dia!!!!!

29 de maio de 2010 03:51  
Blogger babbler disse...

I want to tell you what a fun blog you have, thanks for adding your translator so I could read in english. I appreciate your thoughtfulness to include a way to read it. I am on my way out, I will finish reading your blog (and commenting!) now that I know where to find you. You are welcome to visit my blog too, I plan to put a translator on mine too so your friends around the world can read it more easily. I am at www.babbler-slimyslugfriends.blogspot.com
Love, Mrs. Slug

29 de maio de 2010 08:33  
Blogger anita sereno disse...

pelo contraio as vezes pergunto por que nasci o que faço nesse mundo bom fim de semana

29 de maio de 2010 08:38  
Blogger Manifesto Interno disse...

Jefh!

Passei aqui de novo por dois singelos motivos,

1- Para votar e não só isso, torcer muito para que vc ganhe.

2- Dizer que não sou perspicaz e sim mulher... (sorrindo muito)

3- O comentário do Petrucian é hilário... ri muito, que criatividade, se valesse uma postagem ele ganharia,
estava olhando justamente isso, a quantidade de seguidores que vc tem.. fantástico! E não é de se espantar, vc mantem a simplicidade como carro chefe desse blog, e espero que não a perca!

Bom, falei de 2 mas acabaram sendo 3 comentários,

abraços,
Ester.

29 de maio de 2010 08:59  
Blogger María Jesús Verdú disse...

Paso a dejarte mis saludos en esta tarde de sábado después de haber disfrutado de tu espacio virtual. Un placer pasar por tu rincón y leer tu post

29 de maio de 2010 09:20  
Blogger Solange disse...

isso tudo porque ela deve ter engordado uns dois ou três quilos..kkkkkkk
siga em frente, mas desvie-se de outra Frida..
bjo...

29 de maio de 2010 10:01  
Anonymous Anônimo disse...

Meu querido amigo! Realmente Bronson encontrou uma encrenca daquelas," largar" a esposa de lado humhum isso é o mesmo que pedir separação.
Mas acho que apartir do momento em que ela acalmar-se poderá ver as coisas de outros ângulo. Desejo sorte para ele. bjs Lu

29 de maio de 2010 10:13  
Blogger legalmente loira... disse...

Olá,
passando para desejar a você,
um bom fim de semana,
fui pega por varias ites....sinusite,
faringite e por ai vai.estou pessima ai ai ai
volto na segunda.
beijos.
amigo querido,
estou pessima... fiz a leitura e eu focaria muda rsrs
amei seus filhos...

29 de maio de 2010 10:21  
Blogger Loira disse...

jefh querido..
obrigada pelo carinho..
quando me livrar das ites faço uma leitura bem melhor.
hoje não estou podendo...
abraços.

29 de maio de 2010 11:28  
Blogger IVANCEZAR disse...

Excelente post . O título remeteu ao excelente filme com o mesmo título . As pessoas guardam, cada uma, seu próprio limite . Abraço !

29 de maio de 2010 14:01  
Blogger Wanderley Elian Lima disse...

Suas narrativas nos prende até o final, parabéns pela imaginação e criatividade.
Grande abraço

29 de maio de 2010 14:07  
Blogger Dóris disse...

Olá Jeferson.
Pobre do Bronson...ninguém merece aturar faniquito, seja de quem quer que seja.
Abração Jeh.

29 de maio de 2010 15:50  
Anonymous Anônimo disse...

Achei o Bronson meio "babaca", será que ele sofreu alguma influênciaaaa... É talvez, né não? Afinal, é difícil separarmos os personagens de nossas próprias vidas!
Era só isso?
Abraços, BB.

29 de maio de 2010 17:20  
Blogger jefhcardoso disse...

Dica Cardoso, fico feliz que tenha gostado do meu Um Dia de Fúria. Abraço e obrigado!

Ester, você é muito perspicaz, eu não havia notado que era TPM que causava o dia de fúria da Frida do Bronson. (sorrio). Quanto ao Dr. Mendelson, não sei se ele é a pessoa indicada para mediar uma reconciliação do casal. Abraço e muito obrigado, Ester!

Petrucian, a foto é apenas um sinal de que o conto está sendo postado praticamente em tempo real (conforme a idéia evolui a barba cresce, ok?). E meu blog não é o que você está dizendo não, amigo. É fruto de trabalho e exercício de liberdade (faço e posto o que quero, ok?), e os seguidores, que são pessoas generosas sim, vieram ao meu convite, por livre e espontânea vontade; convide-os a conhecer o seu trabalho, quem sabe eles não lhe sigam também, mesmo que você não os pague. Quanto a seguir-me, fique à vontade, será bem vindo, terei prazer em responder aos seus comentários. Abraço!

M@ria, obrigado por enriquecer meu lugar com o Pessoa! Abraço!

Daniel Sávio, vejo que possui sabedoria nesta arte, amigo. (sorrio). Abraço e obrigado!

El ave peregrina, muito obrigado por sua atenção! Muchas gracias!

Eurice, muchas gracias!

João, ótimo desfeche para a saga, porém, receio que terríveis acontecimentos estejam por vir sobre a sorte de Bronson. (sorrio). Abraço, amigo, e obrigado!

Sashi, you always kind. Thank you for your kindness! Thanks!

Eliane, dar tempo ao tempo, é isso que o Bronson deve fazer; mas não faço idéia do que ocorrerá na sequencia. Obrigado por seu comentário e o carinho com que trata o meu trabalho. Abraço!

Incredible story of the couple of slugs obsessed with organizing and cleaning! The suspense with the arrival of the new vacuum cleaner was intense and seductive. I love to visit the couple Slug.

Ester, obrigado por todo seu carinho! E quanto ao comentário do amigo, eu não ri não. Sorrio pra você que é uma gracinha e me trata com carinho. (sorrio). Abraço.

María Jesús, muchas gracias!

Solange, a Frida é difícil, e o Bronson é um cara do bem, mas o final dessa história nem mesmo eu sei. Eu apenas conto o conto.

Lú, eu também desejo sorte ao Bronson e a Frida. Obrigado por seu carinho e atenção! Abraço!

Rita, espero que você fique legal o quanto antes e, que, curta o final de semana dodói, pois é uma rara ocasião para dar uma parada. Assista a bons filmes, leia um bom livro, pense coisas boas, essas lhe trarão bons sonhos se acaso só der para dormir. Curta, amiga e sare. Abraço e obrigado por seu carinho extensivo aos meus filhos!

Ivan, meu amigo, post sem teu comentário é post incompleto. Grande Michael Douglas em Um Dia de Fúria! Obrigado por sua atenção e comentário, amigo. Abraço!

Wanderley, você é muito sempre generoso, amigo. E seu comentário é algo que me incentiva grandemente. Obrigado!

Dóris, eu concordo. Pobre Bronson! Este sujeito está comendo o pão light que o diabo amassou. (sorrio). Abraço e obrigado por sua atenção!

Mariana Klein, me ocorreu uma piadinha com o nome do blog, eu contarei sob o risco de você odiar, mas contarei: Um jacaré não concordaria com o nome do seu blog. (sorrio meio sem jeito). Péssima piada né? Mas ocorreu, fazer o quê?

Glória, eu também acho o Bronson meio babaca, simplório, mas quem não é babaca às vezes, né? Deve ser mesmo por influência, porém me dou ao benefício da dúvida. Adorei o seu comentário. Volte sempre. Abraço!

29 de maio de 2010 17:32  
Blogger Tânia regina Contreiras disse...

Bacana é que, independentemente dos personagens, os sentimentos, as emoções são todas reconhecidas, bem nossas, bem humanas.

Abraços,
Tâni

29 de maio de 2010 18:28  
Blogger Manifesto Interno disse...

(por favor depois de ler delete este comentário)

Meu amigo, fiquei sem graça, porque achei que o rapaz era seu amigo e estava brincando com vc... bom, parece que não é o caso,
mas se fosse um amigo, a brincadeira seria engraçada, mas se é despeito e inveja, aí é outra história e não vale à pena considerar...
Não dou ibope para esse tipo de coisa, mas só comentei porque achei que ele fosse seu amigo... Jamais passaria pela minha cabeça que alguém escreveria uma coisa dessas por maldade..
Mas Jefh, siga em frente, meu amigo, seu caminho é de luz, vc tem um talento incrível, e ninguém tem mais de 800 seguidores por obra do acaso, vc está colhendo e que tem plantado, e os invejosos estarão sempre nos espreitando nas curvas da escrita, sempre...
Fique um ano fora da blogosfera por conta de pessoas invejosas que deixavam comentários maldosos e enchiam meus email de mensagens ruins... estou voltando agora devagar, e selecionando muito o tipo de pessoas que quero perto de mim,

Deus te abençoe, meu amigo! Muito sucesso para vc,
Ester.

29 de maio de 2010 18:45  
Blogger Manifesto Interno disse...

Ah então.. já ia me esquecendo (ai.. eu falo muito)rs
Com respeito a minha postagem, eu recebi essa mensagem por email de um amigo. Eu já tinha lido isso em outro lugar, é uma história verídica, Olavo Bilac é um genio mesmo!

Eu e que agradeço sua atenção e carinho, sendo que vc tem tantos seguidores para dar atenção!

Fica com Deus!Bjs,

29 de maio de 2010 18:50  
Blogger Luiz Henrique disse...

Olá,

passei para agradecer o comentário feito em meu blog. Confesso que sempre acho que ninguém lê aquilo.

Agradeço de verdade e parabenizo pelo seu blog.

Seguimos em busca de leitores.

Grande abraço!

Luiz.

29 de maio de 2010 20:55  
Blogger Mariana Klein disse...

Hey, obrigada por passar lá
hahahahaha um jacaré certamente não concordaria comigo !
vou passar por aqui qualquer hora pra ler com calma !
Um abraço!

30 de maio de 2010 12:07  
Anonymous Anônimo disse...

Meu Deus!!!
A mulher tá brava mesmo rs.Ele é bem paciente rs.
Vamos ver o q acontece agora rs.
Beijokas amado.

30 de maio de 2010 12:29  
Blogger Ownando disse...

Olá! Obrigada pela visita, vim retribuir, conhecer teu blog. O título "Um Dia de Fúria"
ficou perfeito! Adorei! E quem já não teve na real um dia assim? Muito bom! Já tem meu voto.
Abraço!

30 de maio de 2010 13:43  
Blogger L&L-Arte de pensar e expressar disse...

meu blog esta concorrendo ao premio top blog se der vote e não deixe de conferir o novo post

parabens pelo texto adoreiii

30 de maio de 2010 15:59  
Blogger Rosana disse...

Olá, desculpe a demora em vir responder a sua visita, ando meio, perdida no espaço, mas tentando colocar de novo meus pés no chão, geralmente tenho pensamentos próprios, decisões, erros e acertos, só preciso recuperar meu senso de equilíbrio e razão, beijos em seu coração, obrigada, volte quando quiser.


Rosana Morena!

30 de maio de 2010 16:11  
Blogger Altamirando Macedo disse...

Estou vendo que algumas opiniões não deveriam ser emitidas pois vão do nada a lugar nenhum e ainda irritam. Gostei do texto e parabéns pelo blog com tantos seguidores, isto é a prova de sua simpatia.
Abraços.

30 de maio de 2010 16:36  
Blogger Talita Confusão! disse...

Olá!
Paz e flores.
Obrigada pela visita. Tem como você me mandar o link do texto sobre os dois últimos dias de vida? Quero muito ler.
Obrigada!
=]

30 de maio de 2010 18:04  
Blogger . disse...

ahh muito obrigada ♥
tudo de bom, beijos!

31 de maio de 2010 15:12  
Blogger Paulo Vitor Cruz disse...

gracias pelas palavras no meu humilde blog...

*bacanaço o blog, cara... vou virar seguidor..

abraço grande e feliz semana ae.

31 de maio de 2010 15:16  
Blogger Thainá Vivas disse...

Realmente Jefh, um selinho aaaanda! ashiasuhas
Legal teu blog, bjs!!!!

31 de maio de 2010 16:04  
Blogger jefhcardoso disse...

Tâni, a composição do texto é algo complexo para mim, mas estou tentando ser fiel a cada personagem que criei na saga (Crisóstemo, Frida, Bronson, Dr. Mendelson, Maria). Obrigado por seu comentário e um forte abraço!

Ester, não se preocupe com isso não, eu notei sua inocência e, não tive intenção de lhe repreender. Gosto muito da maneira como você vem aqui. Você é sensível, atenciosa, gentil... E quanto a esse rapaz, acho legal poder dar espaço para quem é também agressivo. Quando digo que posto todo comentário eu realmente faço isso. Creio que não colocarei apenas algum comentário que possa lesar a imagem de outra pessoa, ou coisa assim, agora quem quiser vir aqui e esculachar meus textos, não impedirei.
Ester, você é uma graça. Adoro quando você parte e deseja que eu fique com Deus.
Fique com Deus, menina.

Luiz, na verdade não sabemos quantos nos lê; talvez apenas os nossos credores, a fim de saber de nosso paradeiro, mas isso é só uma hipótese. (sorrio).

Mariana, se é assim, tenha cuidado com o jacaré. (sorrio). Abraço!

Pérola, eu temo pelo Bronson. Pobre Bronson! Abraço, moça!

Ownando, obrigado, amigo. Abraço!

Boa sorte meninas do L& !

Rosana, obrigado por vir. Espero lhe ver novamente aqui. Abraço!

Altamirando, obrigado por seu apoio, amigo. E quanto a esses comentários mais agressivos, estou aprendendo lidar com eles, mas os acho natural em um ambiente democrático.

Talita, falei dos dois últimos dias de nossa vida na postagem anterior, mas é figurado. Obrigado e abraço!

Paolla, não há de quê. Abraço!

Paulo Vitor, sou eu quem lhe agradece por sua atenção e apoio. Abraço, amigo!

Thainá, e como anda. (sorrio). Abraço!

31 de maio de 2010 17:08  
Blogger Suziii disse...

Olaaaa...
Obrigada por visitar o meu blog.. essa historia de selinho eh muito legal neh, hehehehe.
Seguirei o seu blog, segue o meu tbm =*

beijooos fiquee com Deus

1 de junho de 2010 04:17  
Blogger Jéssy disse...

obrigada pelo carinho... seu blog é demais ...já te seguindo
bjooO

1 de junho de 2010 06:03  
Blogger Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Agradeço a sua visita. Quanto a sua escrita, ela é muito boa, concordo com o primeiro comentário que se refere ao texto como envolvente e de fato o é. Parabéns.

Abraços Imundos.

1 de junho de 2010 06:29  
Blogger Ruth disse...

Gostei das palavras registradas aqui!

Obrigada pela visita!

=]

1 de junho de 2010 06:31  
Anonymous Anônimo disse...

Olá amigo,
Bronson é o cara!!! Mas a Frida também é a própria. Pelo que parece, ambos se merecem!!! rsrs. Mas cá pra nós, vou ser advogada do diabo, só um pouquinho. Veja bem, eu defendo a Frida. Talvez ela já estivesse furiosa por outras razões e a tal saída do Bronson foi só a gota dágua, hehe! Nada de dizer que é TPM, tpm coisa nenhuma, isso é (pré)conceito. Só quero saber porque o Bronson não avisou aonde ia? Que custava avisar? Quem vive a dois tem esse dever e, de mais a mais, o texto não dá nenhuma dica da vida em comum que eles levavam, será que o Bronson era um santinho, etc. e muito etc. Portanto, nada de pré julgamentos nem induções, eu hein!!! rsrs. Vou ficar de olho nesse tal de Bronson e tirar minhas conclusões!!! Nada de injustiças, nada de deixar a Frida mal na foto. Amigo, desculpe a brincadeira, adorei o texto e tem verossimilhança, uma característica que aprecio demais. Bjssssssss

1 de junho de 2010 08:05  
Blogger anita sereno disse...

oi boa semana para você um abraço xauu

1 de junho de 2010 09:48  
Blogger Gilmar disse...

Meu caro. Publiquei um texto (Blogar, simplesmente!), onde falo da experiência de participar de uma blogagem coletiva. Como não podia deixar de ser, publiquei também uma extensa parte do seu texto "O verbo blogar", com todos os créditos e merecimentos a você, pela inspiração ao escrevê-lo.
Fraterno abraço.

1 de junho de 2010 10:43  
Blogger Sika disse...

Estou melhor.
A vida sempre com altos e baixos, não é mesmo?
Rss

Eu sou super fã do Neruda..
tem textos e poemas deles que faço como se fossem meus de tão "meus" que são. hahaha

Enfim, adorei o texto do post. Rsrs

Abraços e tenha uma excelente semana! :D

1 de junho de 2010 17:05  
Blogger ஜ♥_Sabrith_♥ஜ disse...

Nossa
Faz tempo que não tem texto seu no Calcinha Fru-Fru... to sentindo falta!
Eu fico meio perdida aqui porque não sei o começo dessa história...
Bjokas:D

1 de junho de 2010 17:15  
Blogger jefhcardoso disse...

Suziii, legal lhe conhecer através de um selo que anda, voa até. (sorrio). Obrigado por seu apoio e terei prazer em retribuir. Abraço!

Jéssy, fico feliz que tenha gostado do meu blog, é só bondade sua. Muito obrigado por seu apoio. Abraço!

Imundo meu amigo, sou eu quem lhe agradece e fico feliz que tenha sido envolvido por meu humilde texto. Obrigado e abraços! (sorrio).

Ruth, quem gostou fui eu ao ver o seu rosto em meu blog. Seja muito bem vinda. Abraço!

Marliborges, seu comentário é fantástico, o quanto você analisou as personagens é algo que muito me honra por seu cuidado e atenção. Quero concordar com tudo o que você disse, que abraçar a sua ‘causa’, mas existem tantas coisas. Esse Bronson não me parece mesmo flor que se cheire, fiquemos de olho no sujeito. As vezes o acho bonzinho demais para um ‘reeducando alimentar’. Marli, espero ter mais comentário seus. Muito obrigado! Abraço!

Anita, obrigado pelo carinho, amiga. Que você também tenha uma ótima semana. Abraço!

Gilmar, muito me honra ser citado em seu texto. Creio que este é o maior prêmio que se possa receber pela criação de um texto; a divulgação espontânea, carregada de empatia. Obrigado, amigo. Abraço!

Sika, fico feliz que esteja melhor. Também gosto do Neruda. Obrigado pelo carinho e atenção. Abraço e tenha também uma excelente semana!

Sabrith, tenho me dedicado somente a este blog, pois o tempo tem sido escasso. Estou trabalhando muitas horas na Fisioterapia, e em uma fase de muitos plantões; sendo assim, estou devendo textos aos blogs nos quais colaboro. E a história do Bronson não exige acompanhamento em sequência; trabalho de modo que cada texto tenha começo, meio e fim. Ou seja, onde você entrar e ler haverá algum propósito do texto. Ao menos eu tento que haja. (sorrio). Abraço e obrigado!

1 de junho de 2010 17:31  
Blogger legalmente loira... disse...

amigo querido, eu estou sempre votando...
decansei e dei uma melhorada.
estou lendo um otimo livro dei uma boa adiantada e vi otimos filmes.
adorei sua amavel atenção.
eu fiquei xonada nos seus filhos.. que fofos a gente se fala com mais calma.
belo texto mas eu ainda fico muda rsrsrs.
obrigada pelo carinho!!
para você com bjos.


"Amo pessoas que fazem do presente um caminho para o futuro com algumas trilhas secundárias e até alguns atalhos...Elas entendem de liberdade..."

(Ledy Foppa)

1 de junho de 2010 18:00  
Blogger KINHA disse...

Vc perguntou sobre ideias ao topblog. Esse ano para ser bem sincera, não sei, com a viagem. Estou meio sem pic, mas como lá continuarei a fazer normalmente as postagens, talvez me inspire. Pode ter certeza que se pintar uma ideia brilhante como a do ano passado te passo por email, ok?

Bjo

1 de junho de 2010 18:04  
Blogger Fátima disse...

Dá pra instalar um elevador aqui para que não nos cansemos tanto em percorrer esse povo todo, louco por comentar e palpitar, rsrs .
Meu querido, se crucificar a pobre da Frida gorda, vai se encrencar e muito, pois o desligado do Bronson poderia ter tido a delicadeza de avisar que ia sair, não acha!
Tá boooom....ela é meio estérica eu também acho mas, se sentiu ofendida com a atitude do mala né.
Será que as suspeitas da Frida não teem fundamento, vá saber o histórico do "bonzinho" do Bronson, vá fuçar pra saber...
Vou aguardar o que tem por vir.

Beijinho Jefh, vou viajar agora para fazer a bendita verificação das palavras "Hebraicas" láááááááááá em baixo.
Ave Maria, só por Jésus ops, por Jefh .

1 de junho de 2010 18:25  
Blogger Katia Bonfadini disse...

Que texto forte, intenso e quantos comentários!!!! Vim agradecer o elogio e comentário no meu blog e conhecer o seu. Acho que já virei sua fã e estou te seguindo! Beijos e parabéns por escrever tão bem e de forma tão envolvente! Bjs!

2 de junho de 2010 07:04  
Blogger Carmem Gomes disse...

Delicia ler você!!! É como se eu tivesse num finzinho de tarde, tomando uma agua de coco, na beira do mar e.. lendo você. Beijosssss

2 de junho de 2010 10:04  
Blogger Amapola disse...

Parabéns, amigo! Você é show!

É impresionante como você consegue levar a gente até o cenário narrado.
Me senti encostadinha num canto, assistindo tudo, rindo em alguns momentos, e em outros, com medo de ser atingida por algum objeto lançado pela Frida.
Ao mesmo tempo, fiquei com dó dela. Mulher sofre...


Um grande abraço. Você merece todos os prêmios!

2 de junho de 2010 10:08  
Blogger Maino disse...

Obrigado pela visita. Virei mais vezes.

Abraço e boa semana!

2 de junho de 2010 14:12  
Blogger ♫ FáZinho ♫ disse...

Um Talento infinito...
Parabéns...

2 de junho de 2010 16:01  
Blogger Esquadros disse...

Bronson e vc tudo a ver ou seria Frida?

Adorei o texto, adorei mais ainda o humor...
Obrigada pela visita... aqui vou ficar freguesa... Inte

2 de junho de 2010 16:36  
Blogger jefhcardoso disse...

Rita, fico feliz que tenha melhorado.
Diga-me, sou curioso: que livro tão bom é esse? (sorrio).
Obrigado pelo carinho extensivo a minha família, Rita. A sua família também é muito bonita. Temos sorte na vida. (sorrio novamente). Aguardo você falar sobre o texto. Abraço!

Kinha, qual foi a idéia brilhante que lhe deu o prêmio no ano passado? (sorrio). Quero saber. Estarei torcendo para que tudo dê certo pra você, e acompanhando via blog a sua viajem. Abraço!

Fátima (estou rindo muito do final), que delícia de comentário. Começo a temer pelo Bronson, creio que a Frida está angariando a simpatia do público enquanto o Bronson começa a cair em desconfiança.
Muito obrigado, Fátima. Você me alegrou muito com o seu comentário. Abraço!

Katia, pura bondade sua, moça. Muito obrigado pelo carinho e a atenção. Abraço!

Carmem, delícia é receber um comentário como este. Muito obrigado, moça. Abraço!

Amapola, muito obrigado! Hoje estou ficando arrepiado por tamanha generosidade. Pobre Frida! Esse Bronson... rum! Abraço! (sorrio).

Maino, sou eu quem lhe agradece. Estarei lhe aguardando. Abraço!

Fázinho, você é um cara bom demais, amigo. Sinto-me honrado por suas palavras. Abraço!

Esquadros, ótima a sua pergunta. Gosto muito quando o texto causa essa dúvida. Bem, eu diria que tudo a ver com ambos, e nada a ver com ambos. São criações puras e simples, e há muita gente me ajudando na composição. Cada pessoa que vem e comenta me inspira de alguma forma, e assim vou tecendo. Abraço e muito obrigado pela freguesia. (sorrio). Obrigado mesmo!

2 de junho de 2010 16:43  
Blogger Rosane Marega disse...

Oiee...adorei o seu blog e com certeza voltarei muitas vezes.
Obrigada por sua visita e pelas palavras de carinho, seja bem vindo sempre ao meu cantinho romântico.
Beijoss

2 de junho de 2010 18:19  
Blogger RAFAEL disse...

oi Jefh....

primeiro quero agradecer sua visita e o comentario deixado...valeu...

Que texto interessante. Vou dar uma fuçada no seu blog...quero entender tudo oq ta por aqui.

abração, volte sempre.

2 de junho de 2010 18:49  
Blogger Daniel disse...

Olá meu amigo como vai? Esse dia de fúria tb faz parte do diário de bronson? As mulheres são assim mesmo, na mesma hora que parecem estar calmas ficam iradas por qqer coisa. Pode deixar que eu vou lá votar em vc cara. Olha, te mandei um selo, quando puder passa lá pra pegar blza? Tenha um ótimo feriado abçs.

2 de junho de 2010 20:31  
Blogger Marianna disse...

grazie per il complimento ...sei sempre il benvenuto ciaooooooo

3 de junho de 2010 06:32  
Blogger Andrea Pagano disse...

Olá,
Obrigada pela visita!
Vou te lendo aos poucos...
(Amei o texto de o que ser um blogueiro, excelente!)
Bjs

3 de junho de 2010 07:50  
Blogger Andrea Pagano disse...

Ah, esqueci de responder sua pergunta...
As fotos não são minhas não...são da net, só o post que é meu...acho que vou ver de quem são as fotos e colocar o nome..rsrs
Bjs

3 de junho de 2010 07:57  
Anonymous Anônimo disse...

Olá. Muito interessante o teu blog!!

bjo
bjo

prity

3 de junho de 2010 11:20  
Blogger Amapola disse...

Toda vez que leio você, eu imagino seu texto num imenso teatro, sendo interpretado pelos melhores atores brasileiros.
Parabéns!
Se a rede Globo ainda não descobriu você, é porque não garimpou direito.

Um grande abraço. Desejo-lhe muito sucesso!!

3 de junho de 2010 13:34  
Blogger Luna disse...

Oi!
Obrigada pela visita! Fico feliz que tenha lido mais uma produção da Clarice Lispector e que tenha gostado do meu blog. É unicamente uma forma de terapia para mim sem pretensão alguma. Mas, o teu blog é mt show! Adorei mesmo e virei outras vezes, com certeza! Ah, fui a nr. 831 = 8+3+1 =12 = 1+2 = 3 Um excelente nr. para a comunicação...rs... maneiro né? Bom, bjs mil e até breve! =)

3 de junho de 2010 16:19  
Blogger Eneida disse...

Que situação!
E ela sentiu-se realmente injuriada, caluniada e ainda difamada!
hahaha
Coitada!
Mas isso é sério!
Abraço!

3 de junho de 2010 16:56  
Blogger Lara. disse...

Excelente o teu comentário no blog do Carpinejar. Temos aqui um apreciador da literatura gaúcha? Teus textos também apresentam grande qualidade. Sobre "O céu de Anabela" eu gostaria muito de saber qual a tua relação com a personagem, ou se ela é fictícia, mas a a julgar pelas fotos, creio que não. Beijo.

3 de junho de 2010 17:12  
Anonymous Anônimo disse...

Ah!!!!!!!!! meu querido amigo vim aqui agradecer-lhe por sua delicadeza em palavras no comentário sobre o video sintonia.Deixou me muito feliz, venho também em nome daVanda agradecer a sua visita pois ela tentou postar aqui mas não conseguiu mas deixo bjs imensos a ti.Lu

3 de junho de 2010 17:22  
Blogger Liliana Rosa disse...

Amigo Jefh, quando li que estava longe já imaginei que morava do outro lado do oceano!!!rsrs Afinal, se não estou errada,sua cidade fica no interior de SP! Não consegui que o Sr.Google me desse uma localização exata. Esse ano vou levar o espetáculo para outras cidades e até espero levar para fora! Como vê, nada é longe para nossos veículos com asas!rsrsrs
Obrigada pela visita, já sou sua seguidora também!
Abraços e parabéns pelos filhotes lindos!

3 de junho de 2010 18:29  
Blogger Cida disse...

Jefh

Obrigada pela visita ao mosaicos!
Acho que você escreve muito bem.

Não de ouvidos aos invejosos de plantão, pois eles existem por todos os cantos, e querem mais é aparecer.

Abraço

Cid@

3 de junho de 2010 20:18  
Blogger legalmente loira... disse...

Olá, vi dar meu oizinho, deixar um beijinho e levar seu carinho e estou na correria, ma pitou uma saudadinha!
com carinho e bjos...

corujando os filhos...hehehehe

Amigo depois conto tudo...

4 de junho de 2010 01:12  
Blogger *L’essentiel est invisible pour les yeux* disse...

Ufa...quase que eu não achava espaço p comentar. kkkk Gostei do seu blog tb. Obg pelo comment no meu. :)

4 de junho de 2010 07:28  
Anonymous Anônimo disse...

Realmente...
acho que encontrei o Bronson
por aí...
beijos
Leca

4 de junho de 2010 14:00  
Blogger Foquinha! disse...

Olá Jeff, mto gentil, obrigada pelo mergulho, fiquei feliz! Virei visitá-lo mais vezes, prometo, bjss!

4 de junho de 2010 14:22  
Blogger Amapola disse...

Uma pessoa com o seu talento, não é comum não. Você cria, você encanta, você é show!

Um grande abraço.

4 de junho de 2010 15:03  
Blogger jefhcardoso disse...

Rosane Marega, obrigado! Abraço!

Rafael, muito obrigado. Fuce à vontade, amigo. Abraço!

Daniel, eu estou bem. E você? Cara, Um dia de Fúria é parte de O Diário de Bronson sim, mas não coloquei o titulo a frente para que as pessoas não se vissem obrigadas a ler o conto inteiro para compreender esta postagem. É que muitas pessoas desanimam quando vêem o quanto está adiantado o conto. Cara, obrigado pelo selo! Não sei se buscarei de fato, pois não possuo habilidades para transpor para o meu blog; os quais eu colei só o fiz quando recebi um passo a passo e mesmo assim tive muito trabalho. (sorrio). Tenha um ótimo final de semana, Daniel! Grande abraço!

Marianna, grazie! Ciaooooo!!!!

Andrea Pagano, obrigado por sua atenção. Abraço!


Prity, obrigado! Abraço!

Amapola, muito lisonjeiro o seu comentário. Sinto que valoriza muito o trabalho que faço, e isso é um grande prêmio; tenha certeza. Você é muito atenciosa e generosa. Se algum dia eu vencer na literatura direi que parte da culpa foi sua. (sorrio).

Luna, você curte numerologia, certo? Diga-me, meu nome, Jefhcardoso, pode me falar sobre o significado numérico dele. Eu acredito tanto na força dele. (sorrio). Abraço e tenha um ótimo final de semana, Luna!

Eneida, que bom que entrou no espírito do conto! Abraço e obrigado por sua gentil atenção!

Lara, eu aprecio literatura de modo geral. Os gaúchos são muito bons, inclusive. Adoro quando me perguntam sobre os meus textos. Respondo: O Céu de Anabela é uma criação minha, baseada em fatos reais; eu sou fisioterapeuta e todos os dias vejo situações em que o céu é o único prazer de uma pessoa; escrevo quando essas coisas falam dentro de mim a ponto de me inquietar. (sorrio). Lara, obrigado pela oportunidade. Abraço!

Lú Saldanha, quem tem a agradecer sou eu: obrigado e um abraço extensivo à Vanda. Abraço!

Liliana Rosa, minha cidade fica a 100 km de distância de Ribeirão Preto. Ribeirão sempre recebe espetáculos de fora. Por acaso não virá a Ribeirão? Pois, se vier, eu e minha família iremos ver-te. Obrigado pelo delicado comentário. Abraço e sucesso!

Cida, obrigado por seu elogioso comentário, e quanto às pessoas menos amistosas, eu diria: todo exercício de liberdade é válido. Abraço!

Rita, que bom que sentiu saudades e veio. Muito gostoso é ficar por conta dos filhos, ‘corujar’. (sorrio). Abraço!

*L’essentiel, fico feliz que tenha gostado de meu blog. Venha mais vezes. Abraço!

Leca, o Bronson disse que lhe conhece. Abraço!

Foquinha, se prometeu eu espero que volte. (sorrio). Abraço!

Amapola, se for depender de sua generosidade eu serei sem dúvida alguma, dentro de pouco tempo, um escritor de sucesso. (sorrio). Abraço e muito, mas muito mesmo, obrigado!

6 de junho de 2010 09:31  
Anonymous Anônimo disse...

Jefh,
Até que enfim me deparo com um texto fluido que discorre graciosamente. Nem parece um texto pq a imagem forma-se na cabeça da gente como se fosse mágica, isso é um texto bom, qdo o texto nem aparece, mas sim um filme na nossa cabeça.
Abraços, estarei sempre por aqui.

6 de junho de 2010 13:12  
Blogger Ari Meneghini disse...

Cara!,
gostei muito do texto. Bem escrito,direto, envolvente criativo. É bom mesmo. Consigo visualizar a história como num filme.

Vou ler os outros textos com mais tempo.

valeu!!!
abraço

7 de junho de 2010 11:47

7 de junho de 2010 11:50  
Blogger Nyce Pinto. disse...

Jefh querido, confeso que hoje tive vontade de ler todos os comentários...não deu tempo, mas imagino que assim como eu, muitos ficaram com "peninha" do Sr. Bronson... Aconteceu tudo na mesma hora! Parabéns amigo, você me surpreende a cada dia..(continuo as leituras, um dia conseguirei ler todo Blog (sorriooo).
Hoje eu permiti que o coração "gritasse" alto e deixei lá no meu cantinho o que senti naquele momento...o dia que tiver um tempinho quero ler tua opinão, críticas também! Um grande abraço e muita paz!

2 de novembro de 2011 05:47  
Blogger Ceiça disse...

Jefh, bom dia! Acabo de ler mais um dos seus textos e dessa vez " entrei no cenário e assisti de camarote a briga da gordinha! Por que não se cuidou ? Agora reclama por ter que mudar a alimentação. Curta agora seu excesso de "FOFURA" e não culpe os outros! Isso acontece todo dia, a gulodice e o resultado dela! Não tenho essa queixa na minha vida! Quanto ao Bronson, fiquei imaginando na bela escolha que fez.Coitado! Um abraço e mais uma vez;PARABÉNS! Adorei!!!!!!!!

7 de novembro de 2011 04:48  
Blogger Nathi disse...

Que loucura meu santo! Será que a história é doida assim mesmo ou eu que li pela metade do caminho..[?]

Ps: Você já tem mais de 4 mil seguidores [as]...será que mais uma faz diferença?

10 de janeiro de 2012 10:57  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial