Amigos

terça-feira, março 23, 2010

Conjuguemos os Cônjuges


Agora mais, se eu quiser vejamos além.
E,
Eu miei
Tu miaste
Ela miou
Nós miamos
Vós miastes
Eles miaram; e por quê?

Obs. Não me perguntem nada, pois eu não saberia responder. Terei a humildade, que não me custa, de admitir que esse poema veio-me ao lembrar as conjugações verbais, as provas de gramática das professoras sem ou com paciência, e deste verbo que não me lembro de um dia ter conjugado em sala. (sorrio). Veio-me também de pensar que quando miam está tudo bem, assim como quando latem a coisa não está boa, e ainda está pior quando rosnam. Mas não me perguntem nada, e se der vontade digam o que quiserem. Estou ansioso para ler todos que se sentirem impelidos a comentar. (sorrio novamente). Há de convir que a coisa seja mesmo de rir.

51 comentários:

  1. É verdade,amigo... é de rir.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ah!!!A moça q fala pelos cotovelos chegou rsrsrsr.
    Meu amigo essa suas postagem é maravilhosa rsrsrsr.
    Miando a gente faz tempo q está,sinto saudades de quando eu latia rsrsrsr.
    Hoje está tudo muito complicado rs.
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  3. Há sentido sempre, em todas as linhas, os versos. E um riso hoje, é raro!

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    eu gosto mais dessa conjugação verbal

    Eu te amo,
    Tu não amas a mim,
    Ele ama a ela,
    Nós não amamos juntos,
    Vós amais outras,
    Eles amam aquelas.
    E enquanto meu amor puder caminhar no canteiro de rosas vermelhas, enquanto o último suspiro de esperança ainda abraçar meus pensamentos, eu sigo te amando. Te amo de olhos fechados ou abertos, te amo quando durmo ou quando levanto, te amo de azul, de rosa, de todas as cores do mundo. E mesmo que não queiras conjugar comigo o verbo amar eu o faço sozinha. Minha gramática é paciente... E se um dia meu verbo tocar em teu coração, ainda estarei aqui te esperando. Conjugaremos juntinhos quando o Sol sorrir, e quando a Lua cantar estaremos lá verbalizando o som do amor maior.
    Eu te amarei
    Tu me amarás
    Nós amaremo-nos... pra sempre.

    PS: de que vale a vida? para mim ela vale muito, e para vc o quanto ela vale?
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Está bem !
    Espontaneidade
    Isso importa .... e muito !
    A postagem , além de simpática
    é irreverente !

    ResponderExcluir
  6. Miau! ahahhahahh Só o que me veio a cabeça diante de tanta originalidade.
    Bjo

    http://futilidadesqueamamos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Rosnei, qundo vi que esta estoria não era de bronson

    ResponderExcluir
  8. Legal Jéferson...
    Mas quem miou? Porque miou?
    Rs rs rs rs, isto não importa, não é mesmo? Afinal tu já respondeu.
    Não é sempre que miam que está tudo bem...prefiro um bom latido...rs rs rs.
    Ótima conjugação.

    Abraço repleto de PAZ.....

    ResponderExcluir
  9. Obrigado Ianê! (sorrio)

    Pérola (estou rindo muito). Obrigado!

    Priscila, você riu? Obrigado!

    Simone, obrigado pelo poema. Também gostei muito desta conjugação. Parabéns! E a vida vale tudo. Pra mim é isso.

    Ivan Cezar, mandei bem? Obrigado, amigo!

    Ale Barchini, (rindo muiuuiito; caramba!). Obrigado! Miau!

    Calma Jailson, o Bronson volta “chá” (como diria Walter Mercado). Abraço, amigo!

    Dóris, que delícia de comentário mais descontraído. Fico feliz que tenha vindo comentar. Muito obrigado e que você lata muito! (sorrio)

    ResponderExcluir
  10. Hello, you commented on my blog and I'm sorry I do not speak Spanish. I got a rough translation online and though I'm not sure exactly what you are saying. Apart from make-up which I consider a hobby and a form of self expression, I also study English, Drama, Advertising, Media and Anthropology. Thank you for your interest.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Jefh!
    Desculpe o atraso...rsrsrsr. Você esteve no blog da FestaRotamix em fevereiro e eu estava por aí pulando carnaval, depois veio março e eu estava por aí comemorando o meu níver. Claro que também estava procurando um local para voltar a agitar com a festa, pois foi preciso mudar de "botequim". Enquanto tudo isso acontecia, fomos arrecadando alimentos e leite em pó da maneira mais tradicional: pedindo.O meu presente de aniversário troquei por leite em pó e doações de 10,00 pra reverter para as crianças que ajudamos.
    Fiquei em dúvida se deveria postar lá no blog essas aventuras e contar essa chateaçao de termos "perdido" o local da festa. De repente a casa não estava entendendo a natureza do evento. Na dúvida deixei os posts quietinhos.
    Mas voltaremos em maio com casa nova!
    Beijo grande, obrigadíssima pela sua visita e mais uma vez desculpe ter demorado em responder.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Oi Jefh, que bom que compartilha com a gente essas pequenas grandes coisas que transbordam da alma. Tem mesmo uma relação com gatinhos miando, brincando, fazendo arte... E melhor ainda é enxergar uma certa inocência nisso, que tantas pessoas parecem haver perdido. É ótimo saber que você não sofre dos efeitos colaterais dessa nossa sociedade, em que vale o ter muito mais que o ser.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Hello Jeri! Thank you for your thoughtful comment. When I entered his blog was in order to disclose my texts (chronicles, stories and poems). Actually I wonder if my texts are able to appeal to people from other countries. That's how I chose your blog to this disclosure. I do not speak English, but will be happy to try to match me with you and to read their texts through translation tools.
    I await contact. Grateful: Jefhcardoso of Brazil

    Rozzi, não há por que se desculpar e lamento que esteja tendo dificuldades com seu blog que possui um propósito tão bacana. Espero que tenha muito sucesso com seu novo blog. Avise-me quando começar para que eu o visite com muito carinho. Abraço!

    Kátia, que lindo o seu comentário. Estou lisonjeado. Obrigado e espero lhe ver mais por aqui. Abração!

    Love, o que é que significa miar para você? Me diga, pois fiquei curioso. Acho que todos que entram e dão uma olhada nos comentários gostariam de saber. (sorrio). Abraço e aguardo resposta!

    ResponderExcluir
  15. oii, seu blog é super legal.. já virei seguidora viu!!!
    este post está muito bem escrito, parabéns!!!
    passa pra me visitar!! beijocas
    sermulhereomaximo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Amanda Luna, obrigado! Obrigado por sua atenção e por seu convite. Irei sim. Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Oi Jeff, obrigad pelo comentário lá no blog.
    Devo te dizer que amo literatura e gostei muito dos textos que li por aqui!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oiiii.... eu gosto muuito de literatura... escrevo algumas coisinha tbm....
    parabéns pelo seu blog! Muito bom!
    Obrigada pela visita!! =)

    ResponderExcluir
  19. Olá! espero que tenhas muito sucesso, tenho um amigo que escreve crônicas e assim já vai publicar o seu segundo livro, o nome dele é Lima Neto, não me recordo o nome do Blog, mas acho que vocês deveriam trocar figurinhas. bjnhs

    http://biologadesalto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Olá, agradeço o contato, e devo dizer que com toda a certeza seu blog de contos me interessa, pois sou estudante de Letras e apaixonada por literatura. Já estou seguindo.
    Bjss

    ResponderExcluir
  21. oi...
    vc passou no meu blog e perguntou, qual era a art essencial...dei esse titulo ao espaço pois a arte q eu faço deixo que venha da essencia. essa é a ideia...
    legal seu blog.. bjs e boa tarde!

    ResponderExcluir
  22. Taíssa, fico feliz que tenha gostado. Espero lhe ver aqui mais vezes. Obrigado e abraço!

    Ranny Cavalcante, obrigado e sou eu quem lhe agradece; abraço!

    Janine França, agradeço por sua visita, e se me apresentar-me ao seu amigo terei prazer em conhecê-lo.
    Espero lhe ver mais vezes nesta casa. Grande abraço!

    Thais Pracidelli, muito me honra ter uma estudante de letras nesta humilde casa de fisioterapeuta (sorrio). Espero que goste das publicações ao ponto de indicar para suas colegas e todos do curso. Abraço e obrigado!

    Jê, obrigado pela resposta! Obrigado por sua atenção. Beijos e boa noite!

    Letícia Mariano, obrigado por seu espirituoso miado! Abraço e miau com certeza!

    ResponderExcluir
  23. passando pra conferir...
    hehehe..gostei
    bjs.

    ResponderExcluir
  24. Não sei porque ainda navega atrás dessas blogueiras.
    Com tanta coisa legal, elas que tem que vir até você!
    E outra coisa...com esse montão de comentários nos textos acredito que vc está tendo a prova de que as blogueiras curtem literatura né? rsrs

    Obrigada pela sua visita.
    Voltarei mais assim que der. Eu corro mto!
    Bjos e adorei os textos. Mto bacana msm!

    ResponderExcluir
  25. Solange, que bom que gostou! Você volta logo? Espero que sim. Adoro lhe ver por aqui. Abraço!

    Carol Dornelles, adoro fazer amigos. Essas pessoas que me visitam, que comentam, que ficam são fascinantes. Cada um trás consigo um universo. Se eu tivesse mais tempo não sairia dos bogs delas.
    Sou eu quem agradece por sua visita, e estarei lhe esperando. Abraço e muito obrigado!

    ResponderExcluir
  26. Confesso que nunca fui lá muito fã de gramática... mas, essa conjugação ficou muito massa amigo, pq leva a gramática para ares mais literários... rsrs...

    parabéns amigo! até.

    ResponderExcluir
  27. Tati, abaixo a gramática e viva la poesia!!!
    Abraço e muito obrigado!

    ResponderExcluir
  28. Miam os gatos e as gatinhas. Miam amando e vivendo.

    Latem os cães e as caravanas passam.

    Rosnam os políticos em massa enquanto os cães latem e ouvem-se miados.

    Muito bom!

    Abração, amigo!

    Mirse

    ResponderExcluir
  29. Ola,
    Obrigada pela visita. Gostei demais do seu blog e quanto a sua questão, de minha parte, posso afirmar que adoro ler. Tenho certeza que fará sucesso com seu blog. Parabéns.

    ResponderExcluir
  30. Mirse, obrigado por seu espirituoso complemento. Ficou uma graça. (sorrio). Abraço!

    Maristela, são bem animadoras as tuas palavras. Obrigado por sua atenção; e como gosta de ler espero lhe encontrar por aqui muitas outras vezes. Abraço!

    ResponderExcluir
  31. Eu cheguei
    tu foste
    ele ficou
    nós restamos
    vós percebestes
    eles consentiram.

    Meu amigo, já sou tua seguidora... Gostaria também que quando me visitasse, lesse alguma coisinha e deixasse seu comentário.
    um Abraço
    angel

    ResponderExcluir
  32. Angel, será um prazer lhe visitar. Parabéns pelo delicioso comentário. Muito obrigado pelo prazer da visita. Retribuirei com carinho. Abraço!

    ResponderExcluir
  33. Oi Jefh!
    Desculpe a demora em responder, viajo muito e vou respondendo os recados aos poucos.
    Adorei o seu blog! Vou acompanhar sempre!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  34. Rô, conto com suas visitas já que gostou. Legal isso de viajar. Viajar é bom (sorrio). Abraço e obrigado!

    ResponderExcluir
  35. Eu me Hei
    Tu minha haste
    Ela mingnom
    Nós miramos
    Vós miastes
    Eles mijaram;
    e por quê?

    Sei lá... responde você!
    Beijos, prazer em te conhecer,
    fernanda Matos

    ResponderExcluir
  36. Fernanda Matos, respondo nada; não respondi nem ao que criei, a cria é sua você fala. (sorrio). Adorei, muito legal! Obrigado por seu poético comentário!

    ResponderExcluir
  37. Meu amigo, essa coisa de gramática da maneira q ainda ensinam nas torturantes aulas de português, são motivos p/ miar e até mesmo latir, pois ñ servem p/ nada, infelizmente a nossa sociedade está apenas interessada em apresentar palavras enfeitadas, mas sem significados profundos, creio eu, que o mais importante é comunicar com raciocínio e isso se adquire por meio da leitura. A gramática como "doutrina" só deixa as pessoas mais confusas. Gostei de sua conjugação vc comunicou algo muito gostoso de ouvir...

    ResponderExcluir
  38. Sônia, o seu comentário foi muito verdadeiro e agradável. Realmente não mostram a gramática de forma atraente nas escolas da vida, mas depois lendo vemos o quanto é agradável nos comunicarmos por meio da linguagem. Obrigado por seu carinho, e por sua leitura e por seu comentário elogioso. Abraço!

    ResponderExcluir
  39. hahahaha que maravilha.

    Muitto bom, Jefh

    Beijoca

    ResponderExcluir
  40. hola, gracias por tu visita, aqui estoy, he leido algunas cosas y me ha gustado, aunque la traduccion no es muy buena, pero se entiende. un saludo desde las islas canarias.

    ResponderExcluir
  41. Sylvia Araujo, obrigado por seu comentário! Beijoca.

    Mery, estoy preparando los textos en español. Publicará en breve. Manténgase en contacto. Su atención es preciosa para mí. Gracias!

    ResponderExcluir
  42. paso para agradecer tu visita a mi espacio!!

    tus palabras son mimos al alma que dan energías para seguir adelante..

    gracias!!
    un abrazo y felicitaciones por tu espacio

    ResponderExcluir
  43. gracias por tu visita :) curioso y creativo poema, aunque desconozco el significado porque no sé cual es el verbo :) un beijinho :)) y buen fin de semana :))

    ResponderExcluir
  44. Adrisol, gracias! Um saludo!

    Galicia, gracias por su atención!
    La palabra (verbo) de mi poema "Conjuguemos os Conjujes" significa el sonido de los gatos.
    Espero que regrese a mi blog.
    Gracias y un saludo!

    ResponderExcluir
  45. Miei ao ler-te aqui e sorri :D
    quero continuar a segui-lo neste blog, espero que também siga o meu e que possa dar sempre a sua opiniao.
    Abraço ai pro brasil! show de bola! ;)

    ResponderExcluir
  46. É, no mínimo, curiosa esta conjução felina. O miar pode ultrapassar os limites dos finos e extensos bigodes dos gatos. Basta imaginar esse miado em diferentes bocas e em loucos momentos. Muito bom!!!

    ResponderExcluir
  47. Invadindo a sua casa... Quero ler todos os comentários, por isso, voltarei amanhã. Mas não resisto a fazer um... risos...
    Quando eu era menina, no interior, a gente pegava uma "lotação" para ir ao colégio. Na volta, a meninada gostava de se sentar no último banco do ônibus - que era um único banco longo... - e, em cada curva, a brincadeira era fazer a gataria miar, porque a gente se espremia naquele grupo apertadíssimo.
    Inesquecível! E, todos miávamos.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  48. Cláudia, hoje venho aqui para responder a um comentário e sinto desejo de fazer-lhe uma visita. Estou indo. Até!

    Marcio, o que eu disse à Cláudia é o mesmo que direi a você. Irei ver o que anda fazendo. Abraço!

    Lily, invada, invada sempre, pois não há nada mais prazeroso para um blogueiro, ao ser visitado ter suas postagens mais antigas comentadas. Linda a experiência do miar da garotada que você compartilhou aqui com os transeuntes deste sítio. Abraço e muito obrigado!

    ResponderExcluir
  49. Rolando de rir, depois de uma "miadinha", claro! :P Bom dia procê e uma semana repleta de inspirações procê, beijokas e continue miando, digo, escrevendo! rsrsrsrrsrsrsrs

    Suyanne Correia
    @nannycorreia

    ResponderExcluir
  50. Amigo, hoje abandonei o sr. Bronson e junto com meus gatinhos, rolamos no chão miando muitooooooooooooooooo... Obrigada pelo riso que que fez acontecer aqui nesta noite de muita chuva e, anunciando um temporal daqueles...
    Miar é muito bommmmmmmm, o meu "Junior" e minha "julia" miam em coro aqui...Abraços e uma noite de sonhos felizes...

    ResponderExcluir

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails