domingo, dezembro 20, 2009

Jefhcardoso>>de blog em blog (20.12.2009)


Quem quiser saber no futuro de como foram estes anos que vivemos hoje, terá que ler os blogs dos anônimos (estou rindo agora). Nada contra os blogs dos famosos, porém, estes escrevem dentro dos moldes em que se espera que eles escrevam; a fama certamente lhes tolheu a liberdade na qual nós, anônimos, vivemos.

Detalhes de nossos tempos estão sendo escritos em uma escala jamais imaginada; mais que imagens fotográficas ou filmagens, textos são produzidos aos milhares.

As pessoas dizem: _Hoje estou triste... Ou: _Estou muito feliz... Ou ainda: _Acho isso daquilo, e aquilo daquele...E também: _O vestibular está me enlouquecendo...E: _Eu acredito em...Ou: _Eu não acredito...Dizem também: _Te amo mãe! E também dizem: _Te odeio, fulano, por... Há quem divulgue seus gostos culturais, suas críticas sociais, seu talento, sua arte, sua humanidade, seus medos, seus anceios...
Nunca o ser humano se expôs tanto em toda jovem história da humanidade. São milhares de pessoas pensando e registrando seus pensamentos para quem quiser ver.
Um exemplo de algo agradabilíssimo de ler foi uma carta pessoal que encontrei no (
http://diarioflutuante.blogspot.com/; postagem de 15.12.09), de autoria do jovem que se define por sonhador natural, Thiago Klein, em que escreve uma carta extremamente sensível dedicada a certa musa de sua vida. Outro exemplo de algo que vale grandemente a leitura é o texto em que a Lígia Laginha Loulé (http://trocandoalmas.blogspot.com/; postagem de 27.11.09) faz uma exposição biográfica de Bocage, com direito a poema do mesmo na introdução do texto.

O processo é o mais amplo e variado possível. Por exemplo: ocorre um fato de grande repercussão na mídia, os escritores caseiros (blogueiros) se informam, assimilam, escrevem e aguardam por comentários.
Há postagens sem qualquer comentário, às vezes são varias postagens a fio sem uma resposta sequer, como muitas das minhas, por exemplo, (sorrio); outras recebem apenas um comentário - e são tão legais os comentários - vêem cheios de zelo para mostrar que entenderam o escrito, que gostaram da escrita da pessoa, que gostam da pessoa; isso é fascinante!

É isso. Firmo ser verdadeiro o supracitado e quem visitar os links verá que vale a pena.
Abraço: Jefhcardoso>>de blog em blog.

(Foto de Bocage e fora encontrado no http://catedral.weblog.com.pt)

22 Comentários:

Blogger ana wagner disse...

Adorei sua crônica e seu blog em geral!
Agradeço sua simpática visita ao meu humilde cantinho.
Abraço,
Ana Wagner

20 de dezembro de 2009 11:56  
Blogger jefhcardoso disse...

Ana, quem agradece sou eu.
Espero que volte muitas vezes aqui.
Abraço: Jefhcardoso.

20 de dezembro de 2009 12:15  
Blogger Juliana Luiza disse...

Oi você comentou sobre o texto do meu blog...
A qual texto você se refere quando comenta de Castro Alves e um humanista espírita?

abraços e parabéns pelo seu blog

20 de dezembro de 2009 13:23  
Anonymous Anônimo disse...

Obrigada por a passadinha em meu blog. tambem te desejo sorte...
é muito bom ver amigos confiando em nosso trabalho!

20 de dezembro de 2009 13:56  
Anonymous Eärwen Tulcakelumë disse...

Gostei muito do teu espaço, colocação perfeita das palavras e idéias.
Agradeço tua visita e palavras deixadas em meu mundo.
Desejo que o espirito do Natal esteja presente nas pérolas que aqui deixo, proporcionando um Natal especial e um 2010 com muita luz e paz.
Com carinho
Eärwen

20 de dezembro de 2009 14:07  
Blogger jefhcardoso disse...

Me referi ao texto intitulado de “Castro Alves” que está datado de 27.10.09: Se fazem longínquos os dias que a tua luz brilhou neste mundo... . Mas,mesmo sem ter vivido tua época gloriosa, posso ainda ouvir tua voz firme e serena, a se perder num chorar naufrago e dolorido em prol da liberdade dos negros cativos... Mas, eterno menino, sei que tu vives.
Foi esta a postagem que me intrigou (sorrio).
Abraço: jefhcardoso.

20 de dezembro de 2009 14:25  
Blogger jefhcardoso disse...

Larissa, as respostas se interpuseram, mas tudo bem.
Sou eu quem lhe agradece por vir e me prestigiar com seu rosto em meu seleto grupo de nobres incentivadores.
Obrigado e abraço!

Jefhcardoso.

20 de dezembro de 2009 14:35  
Blogger jefhcardoso disse...

Eärwen, obrigado, muito obrigado; e desejo o mesmo a você.
Tudo de bom!
Abraço: Jefhcardoso.

20 de dezembro de 2009 14:39  
Blogger Myrian disse...

Concordo com o que fala,agora nesta época de Natal chove poesias e textos que falam sobre o dia, dia dos namorados, dia dos pais e das mães, a gente só le textos e mais textos dizendo eu te amo e sou feliz, parece que é só nos dias específicos.
Mas hoje em dia é quase necessário expor sentimentos em blogs, antigamente escrevíamos cartas a amigos, parece que tinhamos mais amigos reais do que agora, mais pessoas que nos ouvia, hoje escrevemos sentimentos, bradamos dores, queremos ser ouvidos por pessoas que nunca vão nos ver, mas com certeza vão nos entender pq sentem dor tb.Escrever é exorcitar a alma.
Abraços...Myrian http://almaencantada51.blogspot.com/2009/12/todo-dia-e-um-dia.html

20 de dezembro de 2009 16:09  
Blogger Juliana Luiza disse...

bom,escrevi esse texto também relembrando algumas psicografias de Castro Alves, como algumas que ele fez sob a pena de Chico Xavier.
Sou espírita e acredito que em algum lugar do infinito a alma continua...
Castro Alves segundo os espíritas, seria o mesmo Dirceu de Marília, Tomaz Antônio Gonzaga
abraços!

20 de dezembro de 2009 16:12  
Blogger jefhcardoso disse...

Belas palavras, Myrian!
Obrigado por vir.
Abraço: Jefhcardoso.

20 de dezembro de 2009 16:29  
Blogger jefhcardoso disse...

Juliana Luiza, obrigado por vir e explicar as razões de seu texto.
Isso foi muito atencioso de sua parte.
Obrigado: Jefhcardoso.

20 de dezembro de 2009 16:32  
Anonymous Anônimo disse...

Nossa Jehf, eu perdi muita coisa desde a última vez que você atualizou. Fiquei um bom tempo para ler tudo, mas valeu à pena, adorei o que você escreveu sobre os blogs anônimos e sobre os registros literários e emocionais que as pessoas tem feito. Adorei a poesia de Natal! Eu não conhecia! Pouca gente tem escrito sobre o natal, sobre o sentimento (seja ele falso ou não) das tradições de natal. A alguns anos as pessoas ainda "fingiam" gostar do natal, hoje em dia soh tem o caráter comercial mesmo, pelo menos na maioria. Foi bom você resgatar isso.
Os Textos do Benedito são ótimos, super criativo! Aliás, são maravilhosos! De verdade!
Fico te devendo uma releitura do "Cobrador", pois estou em atraso desde a terceira ou quarta parte.
De qualquer forma, deixo aqui meu registro de um feliz natal, que tudo de bom aconteça a você a aqueles que te cercam!
Grande Abraço!
Confira a tirinha de natal e a charge da copa do mundo de 2014 no ZEZITO. Provavelmente será a última do ano!
http://zehcalote.wordpress.com

20 de dezembro de 2009 21:00  
Blogger Sonhador por natureza disse...

Agradecido pela passagem em meu blog e a citação no seu. É bom ver gente apreciando o meu trabalho.
Um abraço!

20 de dezembro de 2009 23:58  
Blogger jefhcardoso disse...

Antes tarde do que nunca, Zehcalote.
Senti a falta de seu bom comentário, amigo. Sabe que é sempre muito bem vindo neste humilde lar.
Obrigado por suas incentivadoras palavras!
Desejo-te um feliz Natal também, amigo; para você e todos os seus!
Irei sim conferir sua tirinha natalina.
Forte abraço: Jefhcardoso.

21 de dezembro de 2009 00:25  
Blogger jefhcardoso disse...

Thiago, obrigado por vir.
Abraço: Jefhcardoso.

21 de dezembro de 2009 00:26  
Blogger Tati Rodrigues disse...

bom, acho que é educado iniciar com um 'obrigada pela visita' rs... e obrigada mesmo, não apenas por educação...

bom, de fato estou no fim (ufa) de uma fase ruim, mas que compartilho ali no meu espaço pq sei que outros tbm podem estar passando.
gostei muito do seu espaço, ainda não consegui ler muito, mas voltarei para ler com mais calma...

por enquanto, ficamos por aqui. até.

21 de dezembro de 2009 06:34  
Blogger jefhcardoso disse...

Bem, sou eu quem lhe agradece pela atenção.
Volte com tempo e fique à vontade, comente bastante (sorrio).
Abraço: Jefhcardoso.

21 de dezembro de 2009 10:35  
Blogger Priscila disse...

Retribui sua visita ao meu blog e fui muito, muito feliz!!! Sua crônica me fez imaginar como seria o blog de um certo Álvarez de Azevedo (risos), cuja obra só foi reconhecida após sua morte precoce...Pena não ter havido internet no século XIX...
Parabéns pelo seu blog! Voltarei com frequencia.
abraço

22 de dezembro de 2009 14:45  
Blogger Porpettinha disse...

Olá,Gostei do blog. Pretendo voltar...
Parabéns

23 de dezembro de 2009 06:45  
Blogger Malu disse...

Realmente Jefh. Estou pensando em escrever algo a esse respeito também. Todos querem escrever, todos querem um instante de atenção (não por carência). Todos querem ser ouvidos. Também gosto de andar por aí, visitando e seguindo aqueles blogs que acho interessante.
Tenho notado em alguns blogs que apesar da pessoas receber vários comentários elas sequer, volta ao blog para agradecer a visita. Lógico, não precisamos fazer isso sempre, mas, da mesma forma que queremos ser ouvidos precisamos ouvir também. E esse feedaback é muito importante.
Estou neste universo a pouco tempo e estou adorando. Como é gostoso compartilhar, interagir. Como vc disse, como é gostoso o zelo que muitos demonstram pelos nossos comentários. Isso é estimulante, faz vc querer escrever sempre e melhorar mais e mais.

Bem, por hoje é só. Depois conversamos mais.

Um abraço.

22 de fevereiro de 2011 06:29  
Blogger Adriana disse...

Jef, escrever e compartilhar nossos pensamentos é algo que beira o divino.Nem sempre somos compreendidos e/ou aceitos, mas essa é a maravilhosa diversidade cultural que nos rodeia.Cada qual tem seu papel nesse mundo e que o nosso não passe despercebido.
A palavra tem o poder de mudar uma vida.

Vou continuar lendo e escrevendo.
com carinho,
Drix

29 de agosto de 2011 14:24  

Postar um comentário

Comente. É isso que o autor espera de você, leitor.

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial